All posts by Arnaldo F. Ramos

Entenda a importância de subir aos palcos todo semestre

Entenda a importância de subir aos palcos todo semestre

Subir aos palcos, social ou profissionalmente, é o exercício mais puro do teatro. É nesse momento que o ator coloca em prática tudo o que foi estudado e ensaiado: todas as referências, leituras e exercícios se manifestam de forma vívida.

Desde a preparação que antecede a subida ao palco, passando pelo contato com a temática e as investigações acerca dela, as atividades são voltadas para o crescimento do indivíduo não apenas como artista cênico, mas como pessoa. Nesse sentido, a apresentação é a “prova real” do que foi apreendido durante o processo. Assim, o teatro se manifesta amplamente, através de reflexão, criação, comunicação e atuação.

Já deu para perceber o quanto é importante se colocar diante dos holofotes e praticar a arte teatral, certo? Esse é o nosso assunto neste post! Que tal aprender mais sobre ele? Continue conosco nesta leitura!

Por que a apresentação é tão importante para a prática do teatro?

Quando se pensa na importância de subir aos palcos, há uma reflexão que nem sempre é feita: a relevância da pós-apresentação. Se, durante a cena, tudo o que foi investigado, criado e vivido é comunicado, ao final dela é hora de analisar e refletir o que foi realizado, possibilitando a troca de feedbacks entre os envolvidos.

A relação entre o momento pré e pós-ato é muito proveitosa. Você aborda a temática, sabe e sente como ela afeta a sua vida enquanto ator criador, além de experimentar formas, meios e diálogos e apropria-se do papel. Até que, enfim, chega a hora de expressar todo esse trabalho interno, além de utilizar recursos apreendidos e aplicar os esforços.

Vale ressaltar que o aprimoramento do ator reflete na forma como ele vai expressar o espetáculo. Assim, o nível de comunicação é elevado. Os espectadores, em contrapartida, recebem essa informação por meio de seus sentidos.

Esse é o grande momento de interação entre plateia e ator. É dessa forma que as transformações acontecem, manifestando a arte e o aprendizado em si.

Quais são as vantagens de subir aos palcos periodicamente?

Quem estuda teatro precisa subir ao palco pelo menos uma vez a cada semestre. Essa periodicidade se faz necessária por ser o espaço de tempo adequado para captar novas reflexões e técnicas, provando delas e anunciando o resultado em forma de mostra teatral.

Para que entenda mais a fundo a importância de subir aos palcos, detalhamos os 5 principais benefícios dessa prática.

Aplicar o que foi aprendido

Tudo aquilo que foi aprendido durante as aulas e ensaios são constatados no momento da apresentação. Ao se colocar diante do público, é hora de ver, ouvir e sentir o quanto você cresceu, além de analisar os pontos de melhoria.

Além disso, a arte teatral não gera crescimento apenas no âmbito profissional. Muito mais do que isso, ela dará senso crítico de análise, de modo que, ao se apresentar, você ganhará conhecimento sobre si mesmo e sobre os próximos desafios que desejará superar.

Entender a expressão total da arte

Além de notar o seu nível de desenvolvimento como ator, todos os outros elementos que envolvem uma peça são colocados em pauta, tais como o estudo para atuar, a iluminação, a sonoplastia, figurinos, cenários, entre outros.

As demandas, etapas e ações para a montagem de um espetáculo são pensadas para melhor impactar quem o assiste e participa dele. Ter contato e cooperação ativa nessas outras linguagens cênicas agregará para que tenha a noção da dimensão artística nos projetos.

Obter realização pessoal

Principalmente para os que se sentem tímidos ou introvertidos, apresentar uma peça é a prova de que o teatro tem um efeito positivo. Ao aplicar as técnicas que garantem o sucesso da peça, a importância das aulas de teatro ficará visível.

A sensação de que antes você não seria capaz de realizar uma apresentação e agora dominou o personagem, os tempos, o texto e as expressões nas falas, além da “alma” do espetáculo, traz um renovo sem igual. É desafiar a si mesmo e sair vitorioso de todas as formas: realização é a palavra ideal para definir esse sentimento.

Aproximação da prática profissional

Se você faz aula numa escola de teatro realmente séria, as apresentações, ao menos uma vez no semestre, são requeridas por todos os motivos apresentados. Seguindo essa linha de raciocínio, não podemos nos esquecer da aproximação da prática profissional, por mais que seu real objetivo com as aulas não seja especificamente obter essa formação.

A intenção das aulas é também, de certa forma, desenvolver a arte que há em você, a fim de torná-lo um ator excelente. Não há como medir o desempenho, senão por meio da apresentação. A periodicidade semestral aparece como uma solução para aproximar o aluno da vida profissional de um ator, ato que justifica a estadia em uma escola de teatro.

Vivência na criação de projetos artísticos

Além disso, no processo de montagem da apresentação, você se relaciona com as mais diversas áreas. Assim, seu leque de conhecimento se expande, dando a oportunidade de envolvimento com os múltiplos processos envolvidos no fazer teatral. Você entende a totalidade da construção.

Abrir os horizontes para o universo dos sons, imagens, figurinos, backstages, logística envolvida, divulgação das peças, formas de comunicação e expressão, entre tantos outros cenários possíveis, é o grande ganho real das apresentações. A partir daí, você faz novos contatos e amigos, despertando interesses que não seriam possíveis sem essa prática.

Como vencer o medo de se apresentar?

Ao fazer teatro, a sua caminhada está sendo auxiliada por pessoas comprometidas com o seu desenvolvimento. Portanto, foque nos exercícios e reflexões e tente não pensar demais sobre isso, pois você tem todo o suporte necessário para fazer acontecer e se beneficiar pessoalmente desse feito. Essa é a sua segurança.

Subir aos palcos é a forma de concretizar todo o seu aprendizado. Sendo assim, o pensamento é muito simples: a proposta da apresentação acontece por etapas e você está envolvido em todas elas. Você vai se sentir pronto quando estiver pronto, pois é um processo que demonstra seus frutos naturalmente.

Lembre-se, também, de que estamos aqui para tirar todas as suas dúvidas, além de auxiliar na sua caminhada teatral e pessoal: sempre preparamos conteúdos especiais, pensando nas suas necessidades e anseios. Que tal ser o primeiro a recebê-los? Não perca tempo, assine a nossa newsletter e fique por dentro!

A concentração na infância é uma das mais importantes capacidades individuais que deve ser incentivada nessa primeira etapa da vida.

Veja como o teatro ajuda a desenvolver concentração na infância

A concentração na infância é uma das mais importantes capacidades individuais que deve ser incentivada nessa primeira etapa da vida. O mundo moderno exige cada vez mais das pessoas. Ter uma base sólida ainda quando criança é essencial para que ela cresça capaz de ter foco, estudar, realizar suas tarefas e, no futuro, ser um excelente profissional.

Por isso, vale a pena ajudar os pequenos a desenvolver essa habilidade, incentivando algumas atividades que podem contribuir para esse fim. Dentre elas, uma excelente forma é por meio de aulas de teatro.

Além de contribuir para a capacidade de concentração, o teatro permite que a criança desenvolva habilidades importantes para sua vida, como a consciência corporal, a absorção do aprendizado e o autocontrole.

Curioso para saber como o teatro pode ajudar na concentração dos pequenos? A seguir, destacamos algumas atividades que são excelentes exemplos de que como a prática teatral pode contribuir. Acompanhe e boa leitura!

Promovendo e incentivando a leitura

Promover e incentivar a leitura são uma das práticas mais corriqueiras envolvendo as atividades teatrais. Interpretar um papel, um personagem ou uma cena exige que a criança se dedique a conhecer um novo mundo por meio da leitura.

Um exemplo prático de como a concentração na infância é estimulada por meio da leitura, é quando ela precisa estudar sua personagem — ler a respeito dele principalmente — para desempenhar da melhor forma possível seu papel.

É algo simples, mas, com o tempo, a criança desenvolve uma capacidade cada vez maior de reter informações.

Promovendo o reconhecimento grupal, individual e espacial

O teatro oferece às crianças a possibilidade de ampliar o nível pessoal de reconhecimento grupal, espacial e individual. Para compreender como o espaço deve ser aproveitado para a realização de uma cena e, até mesmo, estudar os movimentos do corpo — seu e dos outros — para melhorar as expressões de um personagem, é preciso ter atenção.

Ao participar de qualquer peça ou apresentação, a concentração na infância é desenvolvida de forma natural e quase que imperceptível para a criança. É um processo muito eficiente, pois ela nem percebe que suas capacidades de concentração estão sendo trabalhadas e não se sente desgastada por algum tipo de obrigação nesse sentido.

Desenvolvendo a memória

O desenvolvimento da concentração na infância é algo intimamente relacionado com a memória. E que lugar melhor para trabalhar esse aspecto que o teatro? Por mais simples que seja uma atividade teatral — teste para um papel, ensaios, apresentação — ela trabalhará a memória e a concentração.

A própria criança desenvolve a compreensão de que terá que memorizar falas, textos, comportamentos, lugares, objetos e, por si mesma, se dispõe a ter uma atenção a mais para esses aspectos. Quanto mais atenção e dedicação, mais o cérebro dos pequenos será condicionado a ter uma habilidade mais ampla para a retenção de informações.

Trabalhando a formação de cenas

Por meio da formação de cenas a criança tem uma excelente ferramenta para trabalhar a sua concentração. O mais interessante sobre esse processo é que ele a acompanha em todas as etapas de sua atividade.

No momento em que ela começa a estudar e conhecer um personagem, ela dá início a criação de uma imagem mental de como seria a realização prática daquela cena, como ocorreria determinado evento ou como o personagem se comportaria.

Além disso, a concentração é estimulada em um nível mais amplo, uma vez que ela terá que se voltar, em um momento ou outro, para a construção de histórias. Outro fator positivo sobre esse processo é que a criança entende desde cedo a importância de se colocar no lugar do outro e assimilar suas emoções e sentimentos. Os benefícios para as relações sociais são incalculáveis!

Trabalhando em grupo

A maior parte das atividades desenvolvidas dentro do teatro depende de um trabalho em grupo. Mas como isso pode ajudar na concentração na infância? É muito simples: a criança precisará estar atenta ao outro, nos seus movimentos, falas e comportamentos. Isso provoca nela, mesmo que inconsciente, a necessidade de observar o entorno.

Com isso, em pouco tempo ela estará cada vez mais condicionada a não apenas prestar atenção ao que importa, mas também a reter uma quantidade maior de informações. Transportando esse fator para outros âmbitos da vida, ela pode, inclusive, aumentar seu rendimento escolar!

Trabalhando o poder de observação

Um papel, uma cena, um personagem, uma história. Quase que tudo o que diz respeito ao teatro está relacionado à capacidade de observação. Desde o primeiro momento, a concentração na infância é estimulada de forma subjetiva e sensível na criança.

Isso quer dizer que, ao trabalhar o próprio poder de observação, os pequenos se atentam para coisas e particularidades que até então não seriam analisadas por eles e, em alguns casos, poderiam passar despercebidas. Devemos considerar que essa é uma habilidade que acompanhará a criança por toda sua vida.

Claro que as atividades relacionadas ao teatro e que contribuem positivamente sobre o tema tratado não se restringem apenas aos tópicos abordados acima. Elas vão muito além, podendo, inclusive, serem trabalhadas de forma individual, tendo em vista a necessidade ou característica especial da criança.

No mais, é fundamental que os pais acompanhem de perto o desenvolvimento da concentração na infância. Somente assim, eles poderão identificar quais são as habilidades que podem ser usadas para ajudá-los a se desenvolver ou ainda, quais são os aspectos que precisam ser trabalhados de forma mais intensa para que não venham a ser prejudicados no futuro.

Por fim, é importante lembrar que o mundo hoje oferece uma infinidade de distrações que podem comprometer o desenvolvimento da criança. Começar esse trabalho envolvendo a  concentração na infância é fundamental para que, desde cedo, a criança desenvolva essa percepção e tenha mais aptidão para se condicionar, entender e interagir com o mundo que a cerca.

Então, gostou de saber como o teatro para crianças pode ajudar na concentração na infância? Aproveite e se inscreva em nossa newsletter e confira todas as novidades em primeira mão!

O teatro pode influenciar diretamente na saúde e vivacidade, contribuindo para manter ótima disposição e espírito sempre jovem.

Entenda como o teatro ajuda a manter sua vivacidade

O teatro pode influenciar diretamente na saúde e vivacidade, contribuindo para manter ótima disposição e espírito sempre jovem. Além disso, o teatro é uma interessante atividade para o desenvolvimento do ser humano como um todo.

Se você ainda tem dúvidas e quer saber mais sobre o assunto, acompanhe nosso post e confira os benefícios proporcionados pela atividade teatral.

Desenvolve a consciência corporal

O teatro trabalha o condicionamento a prontidão física. Para o desenvolvimento de um papel cada personagem precisa desenvolver a sua expressão corporal. Durante o processo, o aluno segue num processo que aprimora a sua consciência corporal.

Afinal, mente e corpo precisam estar alinhados para dar o melhor de si nos palcos. Foco, disciplina e espírito jovem!

Melhora a qualidade de vida

Sentir-se sempre jovem e disposto depende muito da qualidade de vida de cada um. O  bem-estar é um conceito que define a saúde física e emocional. Como o teatro é uma atividade que traz prazer e diversão, você desenvolve uma melhora crescente e significativa quando o assunto é qualidade de vida.

Além de trabalhar a mente, você também melhora a sociabilidade e a adaptação. Afinal, você tem contato com muitas pessoas e isso impacta diretamente a sua capacidade de se relacionar com o próximo e a sociabilidade como um todo.

Assim, você sempre vai se sentir jovem e disposto a estar em novos ambientes e a conviver com novas ideias.

Estimula o pensamento novo

O desejo de pensar novo é uma das principais características de quem possui um espírito jovem. As novas ideias, as novas experiências, sentimentos e situações novas estimulam todo um novo processo corporal muito importante ao longo da vida.

Nossa personalidade e atitudes do dia a dia são moldados, direta ou indiretamente, pelos nossos pensamentos. Entretanto, muitas pessoas têm dificuldades para acessar novos formas de pensar e não sabem como recuperar o poder de “fazer o novo”.

O teatro é a arte ao vivo, é a arte que traz novos olhares para o mundo. Para estar presente no palco é necessário muito trabalho e pesquisa. Afinal, o teatro não é como um programa gravado, na qual tudo chega pronto, decora-se falas e os atores podem errar e começar tudo de novo com ajuda dos programas de edição.

Retarda o envelhecimento patológico

O envelhecimento patológico ocorre quando o organismo se deteriora mais rapidamente devido a doenças degenerativas e hábitos nocivos acelerados. De acordo com uma pesquisa publicada na revista Psycological Science,  atividades artísticas proporcionam uma melhora significativa nos sistemas do corpo como um todo.

Por conta disso, se você deseja sempre estar jovial e ativo, saiba que fazer aulas de teatro é uma ótima opção. Afinal, pessoas que praticam aulas de teatro estão em constante trabalho para melhorar a si próprio. O que tem impacto direto no humor e na percepção positiva sobre o mundo e os acontecimentos cotidianos.

O teatro diverte quem faz. Desperta emoções e pensamentos prazerosos que acabam interferindo diretamente no bem-estar psicofísico.

Ajuda a afirmar-se a si próprio

Investir em aulas de teatro, além de ser uma atividade complementar, também pode ser considerada uma forma de lazer. Por isso, é considerada uma ótima maneira de encontrar a si mesmo, seus propósitos de vida e a manter a vivacidade.

O teatro desperta a criatividade e a sensibilidade, instrumentos necessários para solucionar conflitos pessoais, profissionais e amorosos. Dessa forma, é essencial entregar-se de corpo e alma ao lado lúdico e cênico para que você consiga encontrar suas próprias verdades e pesquisar mais sobre quem você é e qual o seu lugar no mundo.

Uma das características da jovialidade é não ter medo de mudar e encarar novos desafios. Você precisa exercitar os prejulgamentos e a vergonha para poder aproveitar ainda mais tudo o que o teatro pode oferecer de melhor.

Lembre-se de que todas as pessoas passam por momentos difíceis e situações complicadas. Portanto, não tenha vergonha de si mesmo e saiba que você não está sozinho: o teatro está aí para ajudar a superar si mesmo.

É uma terapia de prazer

A depressão e o stress são uma das principais doenças do século XXI, que atingem adultos, jovens e crianças. De acordo com estudos recentes, em alguns casos, altos níveis de estresse e tensões intensas ocorridas desde a infância podem ocasionar o disparo da depressão na fase adulta.

Portanto, investir em atividades que proporcionam alegria e descontração desde os primeiros anos de vida é fundamental para construir uma base emocional sólida, capaz de administrar possíveis conflitos, rejeições e traumas.

E, como dito anteriormente, o teatro é uma das melhores maneiras de aprimorar o seu estado psicofísico. Isto é mente emocional e corpo físico. Com técnicas de respiração e concentração adequadas é possível controlar a ansiedade, por exemplo.

A sociabilidade proporcionada pelas experiências em grupo também é uma ótima maneira de fazer novas amizades duradouras.

Pensando por esta perspectiva, vale dizer que um curso de teatro precisa ser desenvolvido por profissionais competentes, responsáveis e que compreendam as necessidades e individualidades de cada aluno.

Ao procurar uma escola de teatro é importante buscar instituições de referência no mercado, para que a experiência seja completa e realmente edificante. Afinal, você está fazendo um investimento em si próprio e tem objetivos e expectativas em relação às aulas de teatro.

E, lembre-se: você é o grande responsável pela sua vivacidade e bem-estar. Portanto, se não está satisfeito com a maneira como a vida tem se apresentado, não procrastine, não tenha medo de buscar novas experiências e mudar os rumos do seu caminho. A estrada da realização está disponível para todos. Basta ter iniciativa e força de vontade para que você consiga alcançar tudo aquilo que sempre sonhou!

Viu como um curso de teatro é uma ótima ferramenta para recuperar e ter ainda mais vivacidade na vida de uma forma que você nunca tinha pensado?!

O ingresso no curso iniciante de teatro vai colaborar com a expressão da sua identidade. Ter essa liberdade para ser você mesmo é essencial.

Como funciona o curso iniciante de teatro? Descubra!

Concentração, imaginação, atenção, comunicação e olhar sobre o ser humano: tudo isso é exercitado quando o assunto é arte. No caso do teatro, essa máxima se valida ainda mais nas interações durante os momentos de aprendizado. Pensando em promover essa experiência para si mesmas, muitas pessoas buscam por um curso iniciante de teatro.

Mesmo havendo curiosidade e vontade de ingressar no universo artístico, expandindo a visão de mundo, é muito comum que dúvidas sobre o andamento do processo atrapalhem o pontapé inicial.

Pensando nisso, hoje falaremos sobre este assunto, esclarecendo tudo o que você precisa saber. Vamos lá? Continue a leitura!

Por que é importante ingressar em um teatro escola para começar a atuar?

O teatro é uma arte coletiva. Sendo assim, o trabalho coletivo direcionado é a chave para a construção de valor individual para o processo. Independentemente do motivo pelo qual você deseja atuar, o contato com um teatro escola é fundamental para orientar o desenvolvimento de suas habilidades, estimulando o seu crescimento pessoal.

Qual é o papel do ensino teórico no teatro?

É na ação que se constrói o saber físico. Quem busca um curso iniciante de teatro, não necessariamente quer viver da representação, mas sim usar a prática como um meio de trabalhar alguma questão pessoal, melhorando sua comunicação, desempenho profissional e até mesmo a relação com as pessoas próximas.

Dessa forma, o foco não é abordagem histórica, por exemplo. É mais importante estar em contato com a essência do teatro, buscando por um ambiente saudável de incentivo ao desenvolvimento.

Ao buscar por uma instituição qualificada, além do bom posicionamento do mercado, trate de garantir que o curso atenda às suas expectativas nesse sentido.

Como funciona o curso para iniciante do Teatro Escola Macunaíma?

Baseado em jogos teatrais e cooperativos, o curso para Iniciante do teatro escola Macunaíma é uma referência quando o assunto é arte teatral. O foco está no universo lúdico. Inicialmente, é importante valorizar a experiência e vivência de cada aluno para além das teorias, a fim de que se desenvolvam de maneira única e autônoma.

As aulas acontecem 1 vez por semana, em diversos horários: durante a semana, só aos sábados ou somente aos domingos.

A duração é de um semestre com muita diversão 4 meses, mas quem tem o dia a dia menos corrido pode cursar um intensivo de 2 meses com a mesma grade de atividades do curso mais extenso: interação com o espaço e com o outro, além de improvisos e construção de cenas que se relacionam.

Como são as aulas?

Quem procura um ambiente alegre e divertido para incentivar o aprendizado pode considerar o curso como uma atividade em potencial para adentrar o mundo do teatro. O espaço traz um encontro que mescla diferentes histórias e olhares, uma vez que os jogos lúdicos despertam sentidos e percepções de quem participa. Você descobre no seu corpo o que é teatro. Além do mais a aventura é companheira de todas as aulas.

Nas aulas são trabalhados com vários temas específicos que se interconectam. A imaginação é fortalecida em um encontro, a concentração é abordada no outro momento. A criatividade, a alegria, e assim, mais tarde, a improvisação vem à tona, cada coisa em seu tempo.

Várias temáticas são exploradas em aula e, quando os professores percebem que os alunos estão mais confiantes e preparados, desafios entram em cena, literalmente.

Qualquer pessoa pode fazer?

O teatro é uma arte coletiva, nenhum conteúdo é maçante. A essência, desde os primórdios da atividade, é sobre respeitar o outro, praticar a escuta, estar realmente presente e ser participativo. As aulas começam com todos Iniciantes, isto é alunos que nunca pisaram no palco antes.

Despertar tanto os sentidos quanto o corpo não depende, necessariamente, da intenção de se tornar uma atriz ou ator profissional. Basta estimular com as técnicas certas. Na fase iniciante, há uma aula por semana, com duração de 3h30.

Valorizando a diversidade, o curso abrange pessoas de 14 a 60 anos, com pessoas com diferentes histórias de vida, num grupo que se forma com extrema diversão e aventura constante. As diferenças fazem parte do processo de aprendizado, harmonizando a atmosfera da aula no jogo teatral. Imagine um local onde você não vai sentir vontade de olhar seu celular durante quase 4h.

Quais são as vantagens de fazê-lo?

As pessoas buscam o curso Iniciante de teatro por muitos motivos. Enquanto alguns querem, de fato, buscar a atuação como uma opção de vida, alias o Macunaíma faz parte da história da formação de grandes nomes do teatro brasileiro, outros desejam investir no desenvolvimento pessoal que transcende os palcos. Além disso, há quem deseja realizar um sonho pessoal ou a busca por um espaço que faça se sentir livre.

O teatro empodera, dando forças para ser quem você é, mas também encoraja para transformar e viver o que cada um quer ser. Entre os benefícios de frequentar um teatro escola, podemos citar:

  • descoberta de uma nova visão sobre a própria vida;
  • exercício de autoconhecimento e autoaceitação;
  • sentir o acolhimento e pertencimento em relação ao grupo;
  • ter um tempo para sair da rotina, relaxar e se divertir;
  • contato com diversidade de experiências;
  • oportunidade de conhecer pessoas e fazer novas amizades para vida toda;
  • agregar conhecimentos sobre arte, se tornando alguém mais interessante;
  • potencialização da capacidade de trabalhar em equipe;
  • melhoria na autoconfiança e autoimagem;
  • aprendizado de técnicas de comunicação e expressão.

Uma escola de teatro é recomendada para quem quer realizar o sonho de subir aos palcos ou atuar de maneira profissional em outros meios de comunicação. E até mesmo para quem busca o desenvolvimento de habilidades pessoais, tais como: enfrentar problemas com a timidez e melhorar as relações com as pessoas ao redor, bem como extravasar as tensões e se comunicar melhor, inclusive aprimorando a fala em público.

Como saber se é a hora certa de ingressar nessa arte?

Você sente necessidade de se encontrar? Vê a arte como uma maneira de se aproximar de si mesmo e exercer um olhar diferenciado para as pessoas à sua volta? Essa vontade de interagir com a sua própria vida de um jeito singular é a motivação que você precisa.

O teatro é útil para desenvolver diversos aspectos intrínsecos ao ser humano, como vimos ao longo deste artigo. Além de trazer melhorias para a sua vida no sentido prático, a realização pessoal também é contemplada.

O ingresso no curso Iniciante de teatro vai colaborar com a expressão da sua identidade. Ter essa liberdade para ser você mesmo é essencial. Comece a assumir as suas escolhas a partir de agora, escolhendo integrar um ambiente que só vai agregar valor à sua jornada de vida.

Você não está sozinho nesse caminho. Conte com a experiência de quem é referencia no assunto deste 1974 para tomar a melhor decisão: entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar!

Elaboramos este post para voce conhecer os benefícios da arte e ver que podem fazer uma enorme diferença na sua vida. Entenda mais.

6 benefícios da arte que podem mudar a sua maneira de ver o mundo

Não é de hoje que nós conseguimos perceber os benefícios da arte. Desde a antiguidade, ela é utilizada como uma forma de expressão do homem, que registrava a história, a cultura, os sentimentos e as convicções de seu tempo. Por isso, ela também sempre foi vista como um instrumento de reflexão e transformação da nossa maneira de pensar e entender o mundo.

Na verdade, a arte está intimamente ligada à história e à evolução do ser humano, tanto que as expressões artísticas mais antigas da qual temos notícia são as pinturas rupestres do homem pré-histórico. Com o passar do tempo, no entanto, essas manifestações evoluíram, dando origem às artes que conhecemos atualmente.

Hoje, uma das expressões artísticas mais conhecidas pela humanidade é o teatro. Essa forma de manifestação cultural traz inúmeros benefícios para aqueles que a praticam, e com certeza, irá ampliar e melhorar a maneira como tais pessoas enxergam o mundo ao seu redor.

Por meio dessa prática, muitas pessoas conseguem ampliar seus horizontes, desenvolver habilidades interculturais e até acumular diversos ensinamentos.

Pensando nisso, elaboramos este post. Nele, você vai conhecer os benefícios dessa arte que podem fazer uma enorme diferença na sua vida. Ficou interessado? Então, prossiga a leitura!

1. Promove mais flexibilidade

Quando se decide praticar uma arte, é preciso estar ciente que isso se assemelha a participar de uma grande aventura. Afinal, as artes envolvem riscos e desafios. No teatro, por exemplo, um ator exerce enorme influencia sobre os seus pares e ao mesmo tempo precisa ter plena atenção ou que se chama visão periférica.

Nessas situações, o artista deve ser capaz de usar sua flexibilidade para contornar o imprevisto. Ou seja, ele deve transformar o erro em uma oportunidade de improvisação para criar uma estratégia que traga um resultado positivo.

O nosso dia a dia deve ser encarado da mesma forma, pois é extremamente importante preservar e lapidar a habilidade de se adaptar à situações inesperadas ou desagradáveis. Dessa forma, por meio da arte é possível perceber que os erros, os obstáculos e as dificuldades que fazem parte da vida. Essas são as barreiras que devemos transpor para encontrar e desenvolver nosso verdadeiro potencial.

2. Possibilita o acúmulo de ensinamentos

Ao longo da evolução da humanidade, nós criamos o hábito de contar histórias e, atualmente, o teatro é uma das artes usadas para narrar e representar várias delas, cada uma com objetivos diferentes.

Algumas narram contos fantasiosos, enquanto outras falam de momentos históricos e grandes personalidades do mundo. No entanto, elas sempre têm algo em comum: todas trazem uma lição, um ensinamento ou até um conselho de vida escondido ao longo da narrativa.

Por isso, essas narrativas conseguem nos mostrar como nossas escolhas e atitudes afetam o mundo em que vivemos e aqueles que estão ao nosso redor. Elas também nos dão a chance de refletir sobre quem somos no presente e quem queremos ser no futuro.

Assim, essa reflexão é capaz de promover mudanças significativas na forma como nos enxergamos e em nosso comportamento, transformando os ensinamentos acumulados em experiência de vida.

3. Fortalece nossas conexões com o mundo

A arte, em geral, é um trabalho de conexão com a alma, com o mundo e com aqueles que estão a sua volta. Ela estabelece uma troca de energia, de expressões, de sentimentos e sensações. É por meio dessa troca que conseguimos compreender o valor do outro e o que realmente consideramos importante em nossas vidas.

Da mesma forma, o teatro trabalha a conexão humana. Afinal, ele nos mostra o mundo pelos olhos do outro, permitindo que nos conectemos com sua mais profunda essência para entender seus anseios, desejos e sonhos. Com isso, essa arte eleva nossas conexões a um novo nível, no qual podemos perceber que não estamos sozinhos no mundo e que devemos lutar para torná-lo um lugar melhor para todos.

4. Amplia horizontes

A ampliação dos horizontes é, sem dúvida, um dos benefícios da arte que mais podem alterar o seu modo de ver o mundo. Isso porque ela não se prende a uma série de regras e diretrizes. Pelo contrário, ela é fluida e está em constante desenvolvimento. A arte traz inovação, renovação e ainda quebra barreiras muitas vezes consideradas inquebráveis.

Por isso, aqueles que se entregam às artes, em especial ao teatro, conseguem ter uma visão ampla do mundo e da vida. Com ela, é possível se desprender de velhos padrões e convicções.

Assim, o artista tem a capacidade de criar o que está além do cotidiano, de promover visões críticas sobre algum tema e até de propor reflexões por meio de sua arte.

5. Desenvolve habilidades interculturais

O teatro é, na verdade, um grande palco do mundo. Afinal, por meio dele, qualquer cultura, tradição e costume pode ser representado — visto que esse também é um meio que luta pela superação dos preconceitos. Devido a tal característica, essa arte nos permite desenvolver e aprimorar nossa habilidade intercultural.

Basicamente, essa habilidade está ligada ao respeito às diferenças de cada um. Com ela, conseguimos compreender e absorver experiências de contextos diferentes dos que estamos acostumados, extraindo ensinamentos diversos e zelando pelo bom convívio entre os povos — mantendo sempre em mente que nenhuma cultura é melhor ou pior que a outra.

6. Cria novas expectativas

Por fim, vamos destacar um dos mais fascinantes benefícios da arte: sua capacidade de despertar novas expectativas em nossas vidas. Afinal, ela se apresenta como um mundo novo, cheio de descobertas e possibilidades para serem exploradas. É por isso que quem mergulha nesse universo abre a mente para uma série de novas experiências.

Em suas mais variadas formas, a arte nos traz um infindável enriquecimento cultural, social e humano. Um exemplo é são as aulas de teatro, onde podemos vivenciar a arte de uma forma que nunca poderíamos ter tido acesso.

Por meio da arte, também encontramos diferentes crenças, pensamentos, experiências e personalidades, nos levando a entender o quanto a vida é rica e que deve ser desfrutada sem medos e amarras.

Como você pôde perceber, existem diversos benefícios da arte que são capazes de transformar nossa forma de ver o mundo. Mas, eles vão muito além disso, podendo contribuir também para o nosso desenvolvimento pessoal e intelectual, garantindo que nos tornemos pessoas mais felizes, sábias e completas. E então, está esperando o que para começar a mudar a sua forma de ver o mundo por meio da arte?

Gostou do nosso conteúdo sobre os benefícios da arte e quer saber mais sobre assuntos relacionados?

Quer saber mais sobre do que se trata a autenticidade? Em nossa conversa, abordaremos diversos pontos desse atributo!

Entenda como o Teatro vai te tornar uma pessoa autêntica e porque isto é importante

Você sabe o que é preciso fazer para se tornar uma pessoa autêntica? A autenticidade é uma característica humana extremamente importante para as relações sociais, para o desenvolvimento de cada um de nós e ainda mais importante e valorizado no trabalho!

Em outras palavras, ser autêntico é ser quem você é, extrair o máximo da sua personalidade, suas aptidões e desenvolver-se sempre. Defender e transformar os seus pontos de vista de maneira autentica é uma virtude. Principalmente quando acontece sem ser desrespeitoso e sem causar sofrimento a outras pessoas.

Quer saber mais sobre do que se trata a autenticidade? Não tem problema! Em nossa conversa, abordaremos diversos pontos desse atributo e o explicaremos de modo mais aprofundado, mostrando também qual é o papel que o teatro tem na formação de pessoas autênticas. Boa leitura!

Quais são as principais características de uma pessoa autêntica?

Ser autêntico é, sem dúvidas, muito benéfico para a vida de qualquer pessoa. Mas afinal, como saber se eu tenho características e quais são os aspectos de quem é autentico? A seguir, veremos algumas das qualidades, indicadoras de que alguém está arrasando na autenticidade. Veja:

  • a pessoa aprende com os próprios erros;
  • há humildade e facilidade para reconhecer as falhas;
  • a autoestima está, na maioria das vezes, em nível elevado;
  • o indivíduo consegue observar o amplo espectro das situações;
  • o sujeito vive no presente;
  • esse alguém consegue enumerar objetivos e desejos facilmente;
  • há uma dose saudável de realismo;
  • existe empatia;
  • ocorre o respeito ao próximo e às diferenças;
  • a opinião própria é defendida;
  • ideais são muito importantes para esse indivíduo;
  • existe um senso de humor refinado, por vezes irônico;
  • há motivação e coragem para enfrentar os obstáculos do dia a dia.

Como vemos, as características de um verdadeiro autêntico são bastante variadas, não é mesmo? Por conta disso, desenvolvê-la pode ser uma incrível ferramenta para conquistar amizades, relacionamentos e até mesmo vagas de emprego muito mais vantajosas, que realmente combinam com o seu perfil e melhorarão a sua qualidade de vida.

Quais vantagens são trazidas para aqueles que são autênticos?

Agora que você já viu as principais qualidades de um autêntico, que tal conferir quais são as vantagens obtidas com a presença dessa habilidade no dia a dia? Veja a seguir!

Ser uma pessoa verdadeira

A autenticidade está muito ligada ao fato de sermos ‘’verdadeiros’’. Isso, é claro, não quer dizer apenas falar a verdade para os outros, mas também vivermos de acordo com aquilo em que acreditamos e sermos sinceros com nós mesmos. Muitas vezes, falar a verdade para si é ainda mais complicado do que assumi-la publicamente e por isso, ser autêntico é extremamente importante.

Ter mais coragem

Todos os dias, precisamos estar cobertos de coragem. Coragem de enfrentar o mundo, de lidar com os nossos problemas e falar aquilo que pensamos, além de, é claro, honrar as nossas palavras. A autenticidade faz com que você realmente apoie aquilo que acredita e tenha muito mais coragem para enfrentar o dia a dia caótico.

Não precisar fingir

Aproveitando o gancho dos últimos tópicos, podemos citar como outra vantagem da autenticidade o fato de não precisarmos fingir. Conquistar a autonomia e a confiança nos possibilita a dizermos a verdade e sermos honestos, vivendo nossas vidas do jeito que quisermos.

Atrair só quem realmente gosta de você

Muitas vezes, esse tipo de atitude pode fazer com que algumas pessoas se afastem. Isso pode ser visto como algo positivo, pois mostra aquilo que você realmente é e faz com que pessoas mais similares se aproximem, gerando relações mais produtivas. Além disso, a empatia e o respeito pelas diferenças permitem o contato com outras culturas de modo mais fácil.

Melhora do relacionamento com outras pessoas

Como vimos anteriormente, a aproximação com sujeitos que pensam como você e o respeito pela diversidade fazem com que indivíduos diferentes, mas ainda assim parecidos, se relacionem mais. Isso expande o seu ciclo de amigos para seres humanos que realmente se importam e serão companheiros essenciais na sua caminhada para alcançar os objetivos.

Ter mais autoconhecimento

Conhecer a si mesmo é algo que, infelizmente, poucas pessoas conseguem fazer de modo eficaz. Ser autêntico é, portanto, uma maneira de conquistar o autoconhecimento e desfrutar de todos os seus benefícios para a vida pessoal, profissional e acadêmica, sem ter medo de ser feliz e ser quem você realmente é.

Como o teatro pode ajudar alguém a se tornar uma pessoa autêntica?

O teatro é uma arte conhecida por desenvolver diversas habilidades fundamentais para a existência humana em sociedade, como a empatia, o respeito pelas diferenças e a autoconfiança. Todas essas características são direta ou indiretamente relacionadas ao conceito de autenticidade.

Desse modo, é fácil perceber que as aulas de artes cênicas podem nos ajudar a ser mais autênticos. Isso é possível graças ao contato muito intenso que temos com a nossa natureza humana, sua diversidade e todas as complexidades que a envolvem. O que proporciona um pensamento mais crítico e, ainda assim, mantendo o respeito ao modo de vida do próximo.

Dia a dia, o teatro trabalha as interações entre seres humanos por meio de situações hipotéticas ou da interpretação de fatos que realmente ocorreram em nossa história. Viver, ainda que momentaneamente, na pele de outras pessoas é fundamental para nos auxiliar na busca pela autenticidade e de muitas outras habilidades.

Agora que vimos como o teatro pode ajudar alguém a se tornar uma pessoa autêntica e dona de suas próprias ideias e opiniões, que tal dar uma chance a essa belíssima arte? Você pode desenvolver diversos talentos incríveis, conhecer novas pessoas e, de quebra, aprender muito mais sobre si mesmo. Não deixe essa oportunidade para depois!

Trabalhar as relações sociais na infância é de extrema importância para um desenvolvimento saudável.

Relações sociais na infância: saiba por que são essenciais e como o teatro ajuda

Trabalhar as relações sociais na infância é de extrema importância para um desenvolvimento saudável nessa faixa etária, que compreende o período que vai desde o nascimento até cerca de 12 anos de idade. Isso acontece porque o ser humano é extremamente social, mas a falta de estímulo pode torná-lo imaturo nesse quesito.

Por conta disso, é fundamental que ocorra, desde cedo, um incentivo para que as crianças trabalhem suas capacidades sociais. Isso faz com que elas se tornem, posteriormente, adultos mais inseridos na sociedade e com uma maturidade emocional muito maior — o que é um grande diferencial para os mais diversos âmbitos de nossas vidas.

Mas afinal, como podemos melhorar esse quadro e trabalhar o desenvolvimento das relações sociais com as crianças? Quais são os principais benefícios desse tipo de atitude?

Continue a leitura e, além de tirar suas dúvidas com relação ao tema, descubra qual é o papel do teatro nessa situação e como ele pode ajudar!

Qual é a importância do desenvolvimento das relações sociais?

Trabalhar as relações sociais é indispensável para a vida em sociedade. Crianças que têm um desenvolvimento saudável nessa área se tornam adultos muito mais calmos, pacíficos, democráticos e educados, que conseguem conviver com outras pessoas, e assim, muito mais preparados para enfrentar os desafios do mundo de uma maneira bem mais agradável.

Além disso, essas crianças são mais tolerantes e aprendem a ver a diversidade que nos ronda com uma naturalidade mais palpável. Conhecer o diferente e respeitá-lo é, sem dúvida, crucial para conviver entre as pessoas sem atritos ou problemas.

Outro ponto importante é o valor que isso traz para a vida de cada indivíduo. Saber lidar com as relações sociais é essencial para a vida pessoal e tido como um diferencial para o mercado de trabalho, que absorve pessoas empáticas com mais facilidade.

Como podemos trabalhar as relações sociais na infância?

Agora que entendemos um pouco mais sobre a importância do desenvolvimento das relações sociais na infância, que tal aprendermos algumas maneiras simples de trabalhar esse ponto? Todas estas dicas são facilmente realizáveis e não envolvem gastos ou nenhum tipo de trabalho extra, apenas mudanças em atitudes e hábitos. Vamos lá?

Aprenda a ouvir

Muitos de nós estamos habituados apenas a falar, mas não conseguimos ouvir o que o próximo tem a dizer de maneira efetiva. Lembre-se de que escutar não é o mesmo que realmente ouvir, processar e compreender as falas do próximo, certo?

Por isso, aprender a ouvir as crianças é um exercício que devemos fazer para que elas se tornem adultos tolerantes e que saibam escutar as opiniões divergentes, digeri-las e debatê-las de maneira saudável. Certamente, esse é um dos pilares da vida em sociedade.

Pratique a empatia

Aprender a ouvir nos leva diretamente para a empatia, nome dado à capacidade que temos de compreender sentimentos e opiniões dos outros e nos colocarmos em seus lugares, tentando observar a situação por meio de um viés diferente.

De certa maneira, os seres humanos são naturalmente empáticos. No entanto, a falta de incentivo pode fazer com que isso se perca no decorrer da vida. Por isso, invista em atividades que exercitem a empatia, como sessões de filmes com boas mensagens, atividades artísticas, respeito ao próximo, entre outros.

Sorria mais

A nossa expressão facial é determinante para o modo como as relações sociais se desenrolam. É claro que isso não quer dizer que devemos estar sempre sorrindo. Contudo, demonstrar alegria e deixar as portas abertas pode ser uma ótima maneira de nos relacionarmos melhor com as outras pessoas.

Para alcançar tal objetivo, é bem fácil. Sorria mais em seu dia a dia. O sorriso é contagiante e estar inserido em uma família que costuma ter essa atitude fará com que a criança se torne um adulto mais receptivo e aberto, além de favorecer a extroversão.

Incentive boas maneiras

Para um convívio saudável em sociedade, algumas regrinhas são fundamentais. As principais delas envolvem boas maneiras, atitudes que já fazem parte do nosso senso comum e que são tidas como corretas e respeitosas a todos.

Incentivar isso é relevante para garantir que a criança se torne um bom cidadão, que respeita os outros e o ambiente em que está inserido. Para tanto, o exemplo precisa vir de casa, e incentivar hábitos como não jogar o lixo no chão, não desrespeitar as pessoas e sempre ser paciente trará belos frutos para o adulto que aquela criança se tornará.

Invista em brincadeiras saudáveis

Atividades lúdicas são aquelas que fazem com que as crianças aprendam ao mesmo tempo em que se divertem. Sem sombra de dúvidas, essa é uma das melhores formas de fazer com que os pequenos associem os fatos e os fixem em seus cérebros — os quais estão constantemente formando novas ligações e relações.

Invista em brincadeiras tidas como saudáveis, que estimulem a cidadania e as relações sociais. Lembre-se de que o caráter daquele indivíduo está sendo formado e qualquer estímulo negativo pode se tornar permanente.

Cuide da qualidade de vida

Mensurar a qualidade de vida pode ser, de modo geral, algo um tanto quanto complicado. Porém, ela pode ser definida como uma métrica que nos diz se estamos realmente felizes com o modo que vivemos.

A qualidade de vida na infância é primordial para criar indivíduos respeitosos e que saibam lidar bem com relações sociais. Assim sendo, alimentação balanceada, boas horas de sono, educação e brincadeiras fazem com que a criança seja feliz e se desenvolva de forma adequada.

Qual é o papel do teatro em meio a tudo isso e como ele pode ajudar?

O teatro é uma das mais completas atividades lúdicas de que temos notícia e, felizmente, ele também está relacionado ao estímulo e ao trabalho das relações sociais em qualquer faixa etária. Em vista disso, pode tranquilamente ser utilizado na educação infantil para o desenvolvimento de habilidades sociais.

Desde os primórdios, as artes cênicas são tidas como uma atividade excelente para desvendar um pouco mais sobre a psique humana, estudando-a na prática por meio de personagens ou histórias, sejam elas reais ou não. Esse tipo de atitude faz com que nos tornemos pessoas muito mais empáticas e inseridas na sociedade.

Além disso, o ambiente teatral é uma ótima alternativa de local para que as crianças estabeleçam laços e façam novas amizades, conhecendo pessoas de várias etnias e culturas e aprendendo a ser mais tolerantes com a diversidade.

Como vimos, as relações sociais na infância são essenciais para criar cidadãos mais integrados na sociedade e, consequentemente, mais conscientes de sua cidadania. Isso é um incrível diferencial tanto para o âmbito profissional quanto para o pessoal, criando relacionamentos mais saudáveis em qualquer situação de nossas vidas. O teatro é, portanto, um excelente ambiente para desenvolver essa qualidade!

Gostaria de tirar alguma dúvida sobre o tema ou discutir qualquer outro assunto relacionado ao teatro? Conheça mais sobre as aulas de teatro para crianças. Esperamos por você!

Vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir.

8 técnicas de teatro que vão te impulsionar no trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige habilidades pessoais diferenciadas que normalmente não são obtidas na formação acadêmica. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que as técnicas de teatro podem ajudar e muito nesse sentido.

Não, você não leu errado! As aulas de teatro extrapolam os limites da atuação em palco. As mesmas técnicas ensinadas aos aspirantes à arte cênica são altamente eficazes para o desenvolvimento das competências pessoais.

Neste artigo vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir de forma eficaz para o desenvolvimento das capacidades essenciais.

Habilidades e competências exigidas

Há algum tempo, cursos e qualificações acadêmicas eram o principal diferencial para competir por vagas de trabalho e promoções. Dessa forma, os profissionais graduados e especializados em suas respectivas áreas conseguiam as melhores colocações, oportunidades e salários.

Embora o conhecimento técnico ainda seja imprescindível, cada vez mais os recrutadores buscam habilidades diferenciadas, que valorizam o profissional e os ajudam a lidar melhor com a clientela e o público-alvo das empresas.

Além dos conhecimentos específicos exigidos na área de atuação, o profissional também precisa ter uma série de outras competências para se diferenciar ainda mais no competitivo mundo corporativo. Veja a seguir, algumas das principais habilidades valorizadas:

  • empatia;
  • comunicação;
  • argumentação;
  • proatividade;
  • trabalho em equipe;
  • criatividade;
  • senso crítico;
  • liderança.

As empresas consideram que os profissionais que dominam tais habilidades são mais produtivos e fáceis de lidar, contribuindo para um ambiente de trabalho harmonioso.

Como é possível observar, as habilidades requeridas estão diretamente ligadas aos aspectos pessoais e emocionais — são traços de personalidade e competências que dependem em sua maioria, das vivências individuais e educação que são obtidas no âmbito familiar.

As técnicas de teatro trabalham todos esses aspectos, sendo possível desenvolvê-los e incorporá-los na atuação profissional.

Técnicas de teatro para o desenvolvimento pessoal

O teatro é uma das artes que mais desenvolve as capacidades humanas. Logo, é um dos melhores ambiente para desenvolver a si próprio.

Veja a seguir as principais técnicas de teatro que podem ajudar nos relacionamentos interpessoais e proporcionar um diferencial para os profissionais.

1. Empatia

A empatia é uma das competências sociais mais valorizadas pelo mercado de trabalho. É a capacidade que um indivíduo tem de se colocar no lugar do outro, ouvindo-o com interesse verdadeiro e compreendendo as suas necessidades.

É por meio dessa habilidade que os profissionais conseguem absorver a cultura da empresa e adequar-se aos valores estabelecidos, mantendo boas relações interpessoais. Por esse motivo, é uma das qualidades que mais atrai e retém talentos.

O profissional que apresenta essa habilidade consegue desempenhar atividades essenciais que agregam valor à empresa. Por meio do autoconhecimento e controle emocional é possível:

  • compreender as dificuldades dos colegas de trabalho;
  • valorizar a diversidade;
  • ser flexível;
  • identificar os pontos fracos e reforçar as aptidões dos subordinados;
  • perceber e atender as necessidades dos clientes.

As aulas de teatro desenvolvem a empatia de maneira muito interessante. Pois para interpretar um personagem é necessário conseguir entender o outro, saber se colocar no lugar do outro, compreender e respeitar a diversidade.

O teatro também impulsiona o indivíduo perceber a si e o outro, como agentes de mudanças sociais.

2. Comunicação

O domínio da comunicação é de fundamental importância, tanto para lidar com clientes quanto com os superiores e colegas de trabalho. Essa habilidade também é exigida para proferir palestras e apresentar produtos ou serviços.

Dessa forma, um profissional de sucesso necessita se expressar de forma clara, com um tom de voz adequado, ter um bom vocabulário e saber ouvir com interesse.

Nas aulas de teatro, esses aspectos são desenvolvidos o tempo todo! De maneira lúdica e divertida. Exercícios de voz, expressão corporal, leitura de textos e interação com os demais alunos na representação de personagens. Veja seguir os principais aspectos desenvolvidos:

  • melhora da autoestima — conscientização corporal;
  • dicção — permite que a fala seja transmitida ao público com mais clareza;
  • criatividade — por meio da linguagem cênica ensina a ultrapassar situações desafiadoras;
  • comunicação não verbal — trabalha a postura correta (o corpo fala) e o olhar assertivo, objetivando convencer os ouvintes;
  • projeção da voz — ensina como projetar sem comprometer a saúde vocal;
  • redução da timidez e medo de falar em público — exercita a expressão e a improvisação;
  • respiração — estratégias para manter o fôlego e melhorar o condicionamento físico e a articulação da fala.

3. Argumentação

A argumentação é uma habilidade fundamental não só para líderes como para qualquer profissional em situações que exigem um posicionamento forte para indicar a melhor forma de realizar um trabalho e obter bons resultados.

Em reuniões, é comum ocorrer colocações de ideias diferentes. Saber argumentar defendendo um ponto de vista é um diferencial que imprime competência profissional. As empresas valorizam funcionários que defendem o que acreditam de maneira sensata e racional, sabendo ouvir e se colocando no momento apropriado.

A importância das aulas de teatro para o desenvolvimento da argumentação já é reconhecida na área jurídica, tendo em vista que o ganho de uma causa depende intrinsecamente da arte de argumentar.

Utilizando exercícios teatrais você irá desenvolver enormemente seu poder de argumentação e pensamento analítico. Entender as questões de um ponto de vista critico construtivo. Para os mais tímidos estes são excelentes exercícios.

4. Proatividade

As empresas valorizam profissionais com iniciativa, que se adiantam em realizar trabalhos além dos exigidos. A proatividade é uma habilidade que está ligada diretamente à personalidade.

O indivíduo proativo desenvolve o trabalho que lhe cabe com uma visão geral, ou seja, tudo o que pode impactar para um melhor resultado da equipe. Ele analisa e interfere indicando correções de possíveis falhas no processo.

Pessoas tímidas e inseguras, mesmo tendo essa competência, apresentam dificuldades em expressá-la. Ficam com receio de serem mal interpretadas e terem suas opiniões refutadas.

As técnicas teatrais contribuem para o desenvolvimento dessa habilidade, com diversos exercícios.

Dessa forma, o teatro pode ajudar um profissional a ser proativo, confiante e assertivo conseguindo expressar as ideias de acordo com o perfil do ouvinte e ainda, compreender as formas de expressão do outro.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das principais características necessárias para as novas demandas corporativas. Mesmo que uma função seja extremamente individualizada, sempre é parte integrante de uma equipe.

Dessa forma, é importante interagir com os colegas de trabalho, oferecendo ajuda no que for necessário e solicitando auxílio quando houver alguma dificuldade.

Nas aulas de teatro, os jogos e as atividades são uma ponte para as relações interpessoais. A interação entre personagens de um texto, os momentos de vivencias lúdicas e a criação em conjunto estimulam esse aspecto.

Todas as atividades teatrais aprimoram as relações sociais, a partir do conhecimento de si e do outro. A atuação também auxilia a praticar o trabalho em equipe, com motivação e compromisso, já que esse é um aspecto de suma importância para um ator.

O trabalho em equipe pode ainda ser observado no empenho e envolvimento dos atores de uma peça teatral, como resultado de um esforço conjunto que requer muita determinação, disciplina e atividades direcionadas ao alcance de uma mesma meta.

6. Criatividade

O mundo tecnológico reduz cada vez mais as vagas de trabalho e é possível que dentro de alguns anos, muitas profissões sejam substituídas por máquinas. A criatividade é uma das mais importantes competências e com extremo valor para as empresas.

Os robôs não possuem ideias inovadoras. Portanto, um profissional criativo terá mais oportunidades no mercado de trabalho. A capacidade para encontrar soluções rápidas e originais, contribuindo para a elaboração de produtos e serviços diferenciados, agrega um grande valor às habilidades profissionais.

A autonomia para elaboração de uma peça teatral e a busca soluções criativas tiram o aluno dos pensamentos comuns e o transportam para soluções de problemas diferentes do cotidiano. Dessa forma, a criatividade é estimulada por novas vivências e necessidade de improvisações que exigem rapidez de raciocínio.

7. Pensamento crítico

Profissionais com senso crítico sempre se destacam no mercado de trabalho e a tendência é que essa competência seja cada vez mais exigida. Saber analisar situações e tomar decisões é um importante traço de liderança muito requisitado pelas empresas.

O curso de teatro desenvolve o senso crítico ao extremo! O contato com a diversidade cultural das peças teatrais permite novas conexões cerebrais e exercitam o pensamento analítico.

8. Liderança

A liderança deixou de ser uma denominação para identificar pessoas que mandavam em outras e passou a ser entendida como uma capacidade de trabalho em equipe. A nova visão é caracterizada pelo trabalho colaborativo para atingir um objetivo comum em atendimento às necessidades da empresa. Para tanto, é necessário envolver e motivar as pessoas com carisma e saber priorizar tarefas, com claras definições de expectativas quanto aos resultados.

No ambiente de teatro são trabalhadas importantes habilidades e competências requeridas pela liderança. As atividades envolvidas nos processos das aulas de teatro possibilitam exercitar os seguintes aspectos:

  • disposição para assumir riscos;
  • liberdade de expressão — desenvolvimento de talentos diversificados;
  • orçamento e cronograma — exercita o trabalho com limites;
  • unidade organizacional — coesão do elenco para atingir uma mesma meta.

Como pudemos observar, são muitas as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O preparo para atendimento às exigências vai muito além da formação acadêmica. As técnicas de teatro se apresentam como uma forma eficaz e prazerosa para o desenvolvimento das múltiplas inteligências e potencialidades do ser humano. O que possibilita o aprimoramento do indivíduo para ser um profissional crítico, sensível, flexível, confiante e com capacidade de se expressar corretamente.

Gostou de saber sobre as principais técnicas de teatro que podem auxiliar no desenvolvimento das competências e habilidades profissionais? Para saber mais sobre os benefícios das aulas veja aqui.

Pensando no valor de ensinar arte dramática para as criancas enquanto atravessam a experiência da educação infantil!

Teatro junto com a educação infantil: entenda a importância para seu filho

Trabalhar o teatro em conjunto com a educação infantil é uma prática extremamente benéfica para as crianças. Suas propostas são um terreno de experimentação para eles, tornando-os indivíduos mais preparadas para lidar com a sociedade e seus dilemas.

As primeiras fases da vida são muito propícias para o contato com essa arte. São épocas que demandam um trabalho direto com a criatividade, no sentido de experimentar diferentes contextos e papéis e preparar-se para os desafios inesperados. Além disso, o movimento e a expressão corporal — outros aspectos cruciais dessa época vida —, são diretamente tratados nesses contextos.

Existem características de diferentes áreas que podem ser trabalhadas em aulas de atuação. As vantagens de frequentar aulas assim podem ser sentidas pelo resto da vida de seu filho, tornando-o muito mais preparado para exercer a profissão que escolher e também para lidar melhor com suas questões pessoais.

Pensando no valor de ensinar arte dramática para esses indivíduos enquanto atravessam a experiência da educação infantil, vamos descrever em detalhes alguns dos benefícios trazidos por ela! Vamos lá?

Promove o aumento da criatividade

Desnecessário dizer que a criatividade é um dos aspectos principais no trabalho com a arte dramática. Já é do senso comum que as pessoas que trabalham com esse campo tendem a ser mais criativas e comunicativas.

Para além do estereótipo, há um certo sentido nessa noção. O teatro traz pontos de vista novos sobre o mundo e sobre si mesmo, aumentando em muito o potencial criativo. Além da distribuição de papéis e ensaio para peças, ali serão feitos inúmeros exercícios que têm em comum a prática da criatividade.

Nesse sentido, entenda que tudo aquilo que é trabalhado nas aulas não fica restrito àquele espaço. O mercado de trabalho busca cada vez mais pessoas que consigam dar soluções criativas para os problemas e demandas cada vez mais complicadas.

O conhecimento técnico não deixa de ser necessário. Mas ele resolve apenas parte da questão: é fundamental também saber aplicá-lo de acordo com cada contingência. Mesmo porque as formações tradicionais fornecem um conhecimento que pode ser alcançado igualmente por todos, mas a força verdadeiramente criativa é algo mais difícil de ser encontrado. Por isso tão valorizada!

Ainda assim, vale lembrar que ser criativo não é um dom ou talento inato. Trata-se uma habilidade que pode ser aperfeiçoada e lapidada com a prática constante. Infelizmente, muitos pais não enxergam todo o potencial de trabalhar com seu filho esse aspecto vital na socialização e no meio profissional.

Melhora a interpretação de texto

Os ganhos no campo da interpretação de texto são expressivos. No teatro, entra-se em contato com textos de diferentes origens, que poderão ser interpretados pela criança à sua própria maneira imaginativa. Essa atitude, sempre estimulada pelos professores, traz a importância de fazer valer o seu ponto de vista para agir no mundo.

A interpretação de texto é uma habilidade que transcende a compreensão de palavras. Ela nos ensina a observar o significado do nosso entorno de uma maneira mais apurada e compreender os fenômenos sociais com maior crítica.

Muitas vezes, somos ensinados desde crianças a compreender o mundo de forma unívoca e absoluta. O teatro e a consequente experiência com a interpretação de texto teatral nos leva além, e faz perceber que existem sempre várias leituras possíveis sobre a mesma situação.

Fortalece a autonomia e a autoria

Vale ressaltar também o estímulo trazido pelo teatro na educação infantil para o pensamento autônomo e independência crítica. A sociedade tem normas e regras massificadas, que sufocam a experiência do sujeito e muitas vezes causam um engessamento.

Na vida social, bem como na escola e vida adulta, interpretamos vários papéis impostos. Diversas vezes nos ajudam na sobrevivência e conduta do dia a dia. Porem, podem nos machucar tão profundamente que só quando formos adultos seremos capazes de perceber e identificar suas terríveis consequências, já que muitas vezes renunciamos a nossa autenticidade.

O teatro ensina que outras vias são possíveis, na medida em que ele nos autoriza a ter autonomia para ter autoria sobre nossos projetos o que consequentemente nos leva a saber gerenciar melhor nossas responsabilidades. Além é claro, de nos ensinar a buscar por nossas próprias respostas. A questão da autenticidade é um exemplo interessante sobre esse processo. Por meio do teatro desenvolvemos a autonomia com maior criatividade e autoria pessoal para assim definir maior autenticidade nas nossas ações. Isto transcende a atuação e influencia a maneira como nos expressamos em qualquer contexto social e profissional de maneira autentica e em acordo com o contexto social.

Fornece um espaço para expressão corporal

O corpo é uma estrutura que pode ser compreendida em diversos níveis. Na educação formal e no cotidiano, não costumamos prestar atenção a certas nuances que podem ser tratadas e desenvolvidas em aulas de atuação.

Existe uma potência no corpo para além de suas funções básicas de movimentação, nutrição, saúde etc. Esse é um espaço também de conhecimento e de expressão subjetiva. Ter um conhecimento sobre a forma como nos posicionamos, no sentido mais estrito do termo, nos faz transitar pelo mundo de maneira mais tranquila.

Outras aulas mais “convencionais” podem ser pouco estimulantes para o aprendizado. No contexto das aulas de teatro, tudo será elaborado pensando também no prazer e divertimento dos que compõem tais classes. Portanto, é uma chance também de trazer entretenimento lúdico para seu filho enquanto aprende.

Desenvolve as habilidades de comunicação do seu filho

Comunicar-se é uma habilidade essencial em nossa cultura. É cada vez mais necessário que saibamos nos expressar e ser bem entendidos. Da mesma forma, aqueles que têm mais desenvoltura nessa área conseguem ter posições mais vantajosas em sua experiência de vida e carreira profissional.

Quem atua sabe dizer bem como essa atividade traz segurança para falar e se expressar. Ou seja, o aprendizado que acontece nesses cursos tem impacto direto sobre a vivência externa de atores e atrizes.

Lembre-se que matricular seu filho em um curso assim não significa que ele deve almejar uma carreira artística. Na verdade, trata-se de vivenciar um momento de trocas e de deslocamentos, extremamente benéfico para o resto da sua vida.

Muitas crianças têm dificuldade de comunicar o que pensam e de se socializar, por inúmeras razões. O teatro tem o potencial de ajudar a tratar — ou mesmo resolver —, muitos problemas nesse sentido. Ali será um espaço seguro e confortável, onde ela terá a chance de treinar sua expressão e trabalhar suas dificuldades sem julgamentos.

Como você pôde perceber, praticar o teatro no contexto da educação infantil traz impactos valiosos na formação de seu filho. Mais do que um espaço lúdico, nele é possível obter enormes ganhos que efetivamente o farão crescer enquanto pessoa. Muitos dos que têm tal experiência na infância carregam-na com carinho e grande virtude em sua vida adulta, e isso não é por acaso.

Você sabia que a atuação poderia ser tão importante? Assine nossa newsletter e entre em contato com outros conteúdos de qualidade sobre essa arte!

Discutiremos os principais aspectos da timidez infantil e mostraremos como ela pode ser trabalhada com a criançada.

Timidez Infantil: Entenda Como o Teatro Pode Ajudar

Quando falamos sobre timidez infantil, é comum pensarmos nessa característica como um defeito. Para muitos, ser tímido representa uma desvantagem em relação aos outros, especialmente na infância, e pode fazer com que as crianças se desenvolvam “inadequadamente”.

No entanto, todos temos personalidades e características diversas, que nos tornam pessoas completamente únicas. Elas podem incluir traços como a alegria, criatividade, a honestidade, a bravura e, claro, a timidez. Essas particularidades podem ser negativas ou positivas, dependendo do contexto e do ponto de vista.

Pensando nisso, criamos um artigo especial para debater as particularidades da timidez infantil. Ao longo de nossa conversa, discutiremos os principais aspectos dessa característica e mostraremos como ela pode ser trabalhada com a criançada. Além disso, falaremos sobre como trabalhá-la da forma correta, para que não traga prejuízos para o desenvolvimento. Boa leitura!

O que é a timidez?

A timidez é um traço de personalidade caracterizado pelo acanhamento, especialmente em público. Por isso, os tímidos têm mais dificuldade de realizar tarefas que envolvam trazer o foco para si e evitam situações em que estão no centro das atenções.

A palavra vem do latim e significa ‘ter medo’. Por isso, temer momentos mais sociais é comum para os tímidos, além do receio de ouvir opiniões negativas ou até mesmo a dificuldade em ouvir a palavra ‘não’.

Como a timidez infantil pode ser benéfica?

Vista por muitos como um grande defeito, a timidez pode ser uma das características de personalidade mais benéficas.

Na grande maioria das vezes, os tímidos são mestres na arte da observação e participam das situações de modo mais intimista, as vivenciando a partir de outra perspectiva. Por isso, não é incomum que eles notem coisas que outros deixaram passar. Além disso, boa parte das pessoas tímidas é extremamente prestativa e empática, se colocando muito mais no lugar de outras pessoas.

Isso faz com que a timidez seja uma vantagem em muitos ambientes, como o acadêmico e o profissional, desde que bem trabalhada. Muitos recrutadores buscam justamente as características que os tímidos possuem.

Quando devo me preocupar com a timidez infantil?

Infelizmente, nem tudo são flores. Assim como qualquer outra característica, a timidez pode ser bastante prejudicial em alguns casos e contextos. Um dos maiores exemplos de efeitos negativos causados por esse traço é o isolamento social.

Por medo de julgamentos, também é muito comum que crianças tímidas desenvolvam problemas na autoestima e se tornem inseguras, guardando suas opiniões para si e deixando de se expressar da maneira desejada.

Por isso, ao notar problemas no relacionamento de seu filho com os amiguinhos, insegurança excessiva, isolamento ou até mesmo perceber sentimentos de autodepreciação (bastante caracterizado por frases como ‘eu não consigo’), é hora de procurar auxílio e estimular a criança para evitar problemas.

Quais são os melhores métodos para trabalhar a timidez?

Para garantir o desenvolvimento adequado das crianças e evitar problemas no futuro, é necessário realizar estímulos positivos para trabalhar essa característica da melhor forma, respeitando as particularidades, o tempo e o limite de cada criança. Para tal, investir em educação artística pode ser uma boa alternativa.

Aulas de música, dança ou teatro são ótimas opções para garantir que a expressão e a criatividade das crianças sejam sempre estimuladas. Além disso, as aulas teatrais são conhecidas por trabalhar diversas habilidades essenciais para os ajudar os mais tímidos, como:

  • Expressividade;
  • autoconfiança;
  • autoestima;
  • autoconhecimento;
  • oratória;
  • expressão corporal;
  • trabalho em equipe.

Com isso, as crianças tímidas aprendem a conviver melhor com essa característica e conseguem se inserir no contexto social, participando de atividades de modo natural, se divertindo e fazendo novos amigos.

A longo prazo, isso é extremamente benéfico, pois ajuda no desenvolvimento sem prejuízos e possibilita a criação de um adulto mais forte, confiante e sociável, independentemente de ser ou não tímido ao atingir a idade adulta.

Como podemos perceber, a timidez infantil pode ser um traço de personalidade bastante vantajoso para o desenvolvimento das crianças, desde que ela seja trabalhada da maneira correta. Por isso, não se preocupe e estimule a individualidade de seu filho, sempre respeitando seus limites!

Gostou deste artigo? Então, fica aqui a dica de uma escola de teatro para quem quer ajudar o desenvolvimento dos pequeninos. Assine nossa newsletter! Para acessá-la, basta acessar a página inicial e, assim, você receberá todos nossos conteúdos diretamente em seu e-mail!