Comunicação

Como uma peça de teatro pode provocar reflexões sobre a vida?

Como uma peça de teatro pode provocar reflexões sobre a vida?

A peça de teatro não só promove alegria no público como ela consegue colocar esse mesmo público para pensar sobre o que foi dito. Ao sair dali os telespectadores possuem uma nova perspectiva de visão de mundo. Por meio de reflexões do cotidiano que a peça de teatro proporciona.

Antes de mais nada, o teatro é a forma de expressão mais característica do ser humano. Desde quando foi descoberto antes de Cristo, no século IV, essa arte já era uma forma das pessoas se expressarem por meio do corpo e da fala.

Dessa maneira, se tornou bastante comum discutir assuntos do cotidiano nas apresentações teatrais como forma de aproximar a plateia dos atores.

Além disso, o teatro é também uma forma de expressão social e política. Portanto, podemos dizer que a peça de teatro vai além da arte e provoca reflexões sobre a vida naqueles que prestigiam esse serviço.

Mas, você sabe por que e como isso acontece? É o que vamos ver a seguir. Confira!

Papel do teatro na sociedade

Como já dissemos antes, desde que foi descoberto, o teatro já tem esse papel de despertar reflexões nas pessoas que prestigiam esse evento. E abre espaço para artistas diversos se expressarem. Não somente os atores com suas interpretações, mas os roteiristas, figurinistas, a sonoplastia, etc.

Em períodos de pouca liberdade de expressão, essa arte foi muito perseguida, justamente por provocar reflexões e promover o desenvolvimento intelectual dos espectadores.

Você se lembra da última vez que prestigiou uma peça de teatro e como aquilo mexeu com você?

O teatro mexe com as emoções e chama a atenção até daqueles que não parecem muito interessados, e desse modo procuram conhecer mais sobre o assunto tratado.

A peça de teatro como forma de refletir sobre os sentimentos da sociedade

Desde a sua origem antes de Cristo, o teatro já nasceu com essa missão, a de provocar a sociedade a refletir sobre tudo.

Há quem diga que o teatro nasceu exatamente para isso e tem cumprido até hoje muito bem esse papel. Produções teatrais vão muito além do viés artístico, se caracterizando como uma atividade intelectual.

Artistas usam seus espaços para provocar debater e trazer à tona problemas e dores sofridos pela sociedade, mesmo que, implicitamente. Seja uma manifestação política, social, convívio familiar, a dor de um romance ou uma perda.

É no palco onde tudo se liberta e, quanto mais dentro do contexto da sociedade, mais a história contada gera a identificação dos espectadores. Essa é a grande magia, a compreensão e interpretação individual por trás de todo espetáculo. E toda a reflexão e transformação que isso pode provocar!

Os palcos como forma de transpor as questões sociais

Especialistas acreditam que os melhores dramaturgos que souberam trazer aos palcos questões da sociedade, foram em primeiro lugar, os gregos e em seguida, os autores da atualidade.

Dessa forma, textos de autores como Shakespeare refletem discussões na sociedade até hoje.

Em se tratando de atualidade, não poderíamos deixar de trazer para um texto que fala sobre reflexão, os acontecimentos durante o golpe militar, há cerca de 50 anos, onde o teatro teve um importante papel na luta política.

Especialistas afirmam que o teatro desde essa época é e continua sendo um instrumento de reflexão e luta política, apesar de ter sofrido censura no golpe militar de 1964.

Além disso, ele continua sendo também uma fonte saudável de entretenimento, além de ajudar a movimentar a atividade econômica de um país.

E para encerrar, vamos deixar uma frase para você refletir a respeito da importância da peça de teatro sobre a sua vida.

Se já foi ao teatro, vai ser fácil realizar esse exercício, se não, abra um aplicativo de reprodução de vídeos agora e busque por uma peça de teatro.

Após assisti-la, faça um texto contando o que você sentiu e em que ponto ela mais mexeu com você e o fez pensar e refletir sobre o assunto.

Gostou desse conteúdo? Temos muito mais por aqui! Aproveite para ler também:

E se quiser saber mais sobre cursos e aulas de teatro, Clique aqui!

Atuar naturalmente: você sabe?

Atuar naturalmente: você sabe?

Para atuar naturalmente é preciso saber o que é necessário para se desenvolver no palco. Entenda mais sobre as técnicas teatrais nesse artigo.

Antes de mais nada, quem decide por essa carreira deve saber como tudo que almejamos na vida, não é uma tarefa fácil. Em primeiro lugar, alguns requisitos precisam ser preenchidos para se dar bem nessa escolha.

Entre eles estão: gostar muito de ler e estudar; possuir senso crítico sobre tudo; ser curioso e gostar muito do que faz.

Em seguida, se você possui algumas dessas habilidades, continue a leitura desse artigo, pois iremos lhe mostrar como atuar naturalmente vai fazer com que você ganhe a simpatia do público.

Como conseguir atuar naturalmente?

Essa é uma dúvida bastante comum entre quem está começando a estudar para se tornar ator ou atriz. Como atuar naturalmente? E foi pensando em como ajudar você que escrevemos esse artigo.

Separamos algumas dicas para ajudar você a atuar naturalmente e dessa maneira conquistar a confiança e simpatia do público.

Em primeiro lugar, tem uma atriz ou ator que você gosta bastante? Então, comece a seguir os passos desse artista. Passe a observar tudo o que ele ou ela faz. Assista tudo que tiver a participação desse profissional que você admira. Ou seja, novela, filmes, minisséries, teatro e etc.

Depois de observar todos os trejeitos, comece a imitar até incorporar o artista em você. E em especial preste muita atenção como ele interpreta seus papéis. além disso reserve diariamente um tempo para treinar.

Ao passar do tempo você vai perceber que de tanto treinar, vai agir de forma natural. Até como atuar naturalmente. Depois disso é só inserir a sua personalidade e alcançará o seu objetivo.

Mas, isso não é tudo! Para atuar naturalmente ainda é preciso, conhecer o roteiro profundamente, estudar de forma incansável o personagem, participar de oficinas da vida real, ou seja, buscar uma pessoa real que tem uma história semelhante ao personagem que irá interpretar e acompanhar a rotina dessa pessoa.

Agindo assim, você vai obter êxito na hora de atuar. E vai ver como o trabalho vai acontecer de forma natural. Porque você incorporou o personagem e mesmo que esqueça alguma fala, vai conseguir improvisar de forma que não atrapalhe o roteiro e nem prejudique os colegas de elenco.

Quais as melhores dicas para atuar melhor?

Leia o roteiro completo pelo menos duas vezes: é importante conhecer toda a peça ou filme no qual vai atuar e não somente as suas falas. Esse hábito é fundamental para que o ator consiga dar seguimento para a trama com a performance adequada em cada momento.

Conheça o desejo e características do seu personagem: tente entender seu personagem além do que está escrito no roteiro. É isso que faz com que o personagem funcione e você consiga agir com mais naturalidade, inclusive fazendo improvisações caso ache pertinente. Lembre-se que para representar outra pessoa é preciso conhecê-la a fundo.

Pergunte a visão que o diretor tem do personagem: essa é uma dica que complementa a anterior. Além da sua visão sobre o personagem, experimente ouvir a versão do diretor. Conte sobre as suas ideias e ouça o que ele tem a dizer.

Pratique as falas até que elas soem naturais: de preferência sem consultar o roteiro. Quanto antes decorar suas falas, mais rápido vai conseguir ensaiar as falas com mais naturalidade. Para construir seu personagem, brinque com as entonações até encontrar a que melhor se encaixa no perfil que está interpretando. Grave seus ensaios para poder assistir depois e captar pequenos erros ou novas ideias.

Como ganhar a simpatia do público?

Para aprimorar essas habilidades de como atuar naturalmente e ganhar a simpatia do público é imprescindível investir em um bom curso de teatro. Ele vai determinar onde você vai chegar, pois de nada vai adiantar se você tem o talento, mas não tem um bom professor para guia-lo pelo melhor caminho.

Além disso, se tornar um profissional por meio da realização de um curso de artes cênicas, ainda tem o networking que a escola de teatro proporciona. Ali você vai ter contato com aspirantes a atores e com atores profissionais em busca de reciclagem e dessa convivência pode surgir uma boa proposta de trabalho.

Clique aqui e entenda mais sobre como o teatro pode te influenciar positivamente!

Qual a importância do teatro na vida das pessoas?

Qual a importância do teatro na vida das pessoas?

O teatro é importante na vida das pessoas, mas você sabe quais são os reais benefícios que essa arte proporciona ao ser humano?

Eu não sei se você sabe, mas desde a Grécia Antiga, no século IV a.C., quando surgiu o teatro, onde as pessoas iam assistir a espetáculos para adorar o deus Dionísio, o deus do vinho e da alegria.

Ainda nessa época, as pessoas se mobilizavam para assistir a peças teatrais ao ar livre e não pagavam nada por isso. Dessa maneira, era um momento de descontração em um período que não tinha muitas opções de lazer.

Desde então, o teatro se tornou uma opção de cultura, lazer, entretenimento e reflexão. Além de favorecer outros inúmeros benefícios, como por exemplo, melhorar o senso crítico sobre os acontecimentos no mundo.

A importância do teatro para a vida das pessoas existe desde antes de Cristo

Conhecido como a segunda arte e é um dos meios mais importantes de divulgação das Artes Cênicas. Os primeiros eventos envolvendo eram realizados no século IV antes de Cristo.

Os destaques para esses eventos na época se relacionavam a celebração e para isso eram realizadas danças para retratar o dia a dia da sociedade naquela época.

Já o teatro como conhecemos hoje foi trazido pelos gregos que realizavam cultos ao deus Dionísio, considerado senhor do vinho e das festas.

Com o passar do tempo, as apresentações foram deixando o amadorismo de lado, até o ponto em que os participantes ensaiavam para dançar, cantar e produzir diálogos entre si.

Mas, qual a real importância do teatro na vida das pessoas nos dias atuais?

A importância do teatro na vida das pessoas hoje em dia, está intimamente ligada ao fato de provocar uma visão mais ampla sobre tudo.

Além disso, proporciona que essa sociedade inserida nesse contexto, possua uma mente mais aberta aos interesses da sociedade como um todo.

Dessa maneira, o teatro forma pessoas mais sensíveis, respeitosas, além de colaborar bastante com a formação de pessoas menos preconceituosas, mais tolerantes e com uma visão mais inteligente sobre tudo.

Essa arte também tem seu papel fundamental no combate ao preconceito e à discriminação em todas as suas formas.

Veja alguns dos benefícios do teatro na vida das pessoas:

  • Estimula o autoconhecimento e a comunicação
  • Promove o autoconhecimento e aumenta a autoestima
  • Aumenta de autoestima
  • Favorece a interação entre alunos e fortalece as relações sociais
  • Melhora da timidez
  • Ajuda a criar/melhorar a consciência corporal
  • Acionamento de foco e memória
  • Ativação da criatividade
  • Eleva o interesse pela leitura e estimula a criatividade
  • Possibilita o surgimento de novas amizades
  • Desenvolve o trabalho em equipe
  • Aumenta o senso de responsabilidade e comprometimento

Saiba a verdadeira importância do teatro na vida das pessoas

Ao longo do tempo, o teatro se tornou uma grande fonte de cultura para as pessoas. Além disso as apresentações desenvolvidas com forte cunho filosófico estimulam o pensamento crítico de atores e de quem assiste as apresentações.

Por isso, o teatro se tornou uma grande ferramenta de comunicação para as massas. O poder do teatro foi descoberto ao longo dos anos e se tornou uma arma forte contra a ignorância e o combate ao preconceito de todas as formas.

A atuação transformadora de grupos de artes cênicas

Com isso, vários grupos tomaram ciência do grande peso cultural do teatro e por isso, utilizam grande parte de suas apresentações para tornar a sociedade mais reflexiva.

É bastante comum a montagem de peças teatrais sobre algum assunto em debate no momento. Como política, sociedade, preconceito, artes e muito mais.

Tudo isso com o objetivo de fazer a sociedade pensar e refletir, além de se divertirem, é claro. Aliás, é para isso que o teatro também serve, para proporcionar momentos de alegria e lazer para as famílias que ali estão em busca disso também.

E para encerrar, o teatro é peça chave de extrema importância para conscientizar sobre todas as demandas relacionadas à sociedade atual, pois cidadãos melhores e com pensamentos mais amplos são formados por esse meio.

Gostou desse artigo? Quer saber mais sobre o mundo das artes cênicas e como o teatro pode mudar a sua vida? Clique aqui!

Aulas de teatro: como aprender a atuar?

Aulas de teatro: como aprender a atuar?

Aprender a atuar está diretamente relacionado a importância da arte na vida das pessoas, por isso as aulas de teatro torna-se essenciais para aqueles que tem interesse.

Ter a interpretação como ofício exige conhecimentos específicos e certas responsabilidades, que vão além do simples fato de amar a profissão.

É claro que ser apaixonado pelo que se faz vai ajudar muito. Mas além disso, é preciso muito estudo, dedicação e disciplina. Muitas vezes, é preciso, inclusive, persistência, força de vontade e perseverança.

Continue lendo e saiba por onde começar para aprender a atuar:

Passos iniciais de quem quer aprender a atuar

Parece um pouco de exagero, mas não é. Dar vida a um personagem requer dedicação e muita preparação. Não somente para aprender os textos, como também para atuar de forma natural e verdadeira.

A naturalidade é algo importante que será aprendido durante as aulas de teatro, que podem ter duração de até 3 anos para o curso profissionalizante e 4 anos para a faculdade de Artes Cênicas.

Nesse sentido, além de se matricular em um curso de teatro, para ser um bom profissional é preciso ir além. O comprometimento fora da sala de aula implica, por exemplo, assistir a peças teatrais, gostar de estudar e ler bastante, não ter medo de arriscar, entre outros requisitos básicos para seguir nessa carreira.

Mas, sem sombra de dúvidas, o não menos importante é saber atuar, não é mesmo? Esse com certeza deve ser o principal objetivo de quem busca aulas de teatro.

Por isso, continue lendo e veja algumas dicas que preparamos para você.

Quatro dicas para aprender a atuar nas aulas

Para desenvolver uma boa atuação, você precisa dominar algumas técnicas que apesar de básicas, são essenciais para o desempenho de um bom trabalho. As mesmas são ensinadas nas aulas de teatro com a ajuda de um professor.

Veja quatro dicas que separamos aqui para você:

1 – Leia a peça muitas vezes para aprender a atuar

Parece óbvio, até porque para se apropriar das falas do personagem você vai precisar ler a peça muitas vezes. Mas, aí é que está o grande diferencial, nunca ache que já estudou o bastante, porque você sempre pode aprender algo diferente a cada nova leitura.

Por isso, além de ler a peça muitas vezes, conheça profundamente o universo do seu ator, o contexto em que foi escrita e sua linguagem. Agindo assim, com certeza será muito mais fácil vivenciar as circunstâncias de seu personagem e, mesmo que na hora da cena você fique nervoso, o trabalho não será prejudicado, pois você se dedicou antes e se sentirá mais seguro para improvisar.

2 – Pratique muito

Para aprender a atuar é preciso praticar. Comece treinando com peças curtas ou roteiros simples, para entendê-los com mais facilidade. Quando já tiver separado os fatos ou acontecimentos mais importantes do texto, experimente algumas ações sem utilizar a peça ou o roteiro! Procure também improvisar as situações usando as suas próprias palavras. Caso a peça tenha mais de um personagem, chame um amigo para improvisar com você, assim o diálogo sairá de forma mais natural, e você vai se acostumando com a atuação em grupo.

3 – Crie perguntas e respostas sobre o personagem

Para esse exercício, vale também a dica anterior e mais, entre de cabeça no projeto. Isso pode parecer simples, mas o ajudará de sobremaneira na hora de vivenciar as circunstâncias do personagem.

4 – Descubra o que move o personagem

O ator precisa saber qual o principal objetivo do personagem na na peça para que consiga representar com verdade. Por isso, é importante gostar de estudar, lembra que citamos isso no começo do artigo? Porque isso sempre estará presente nessa profissão. Enquanto estuda o texto, aproveite para pensar no que você faria no lugar do personagem. Essa é uma dica de ouro, pois é muito mais fácil representar a partir de si mesmo do que de outra pessoa. Dê vida ao personagem, experimentando segundo o seu objetivo.

Achou difícil ou é exatamente o que pensava sobre aprender a atuar?

Sete dicas para ajudar a decorar textos

Aprender a atuar envolve também, aprender o texto. Por isso, separamos 7 dicas rápidas. Veja:

  • Leia e releia
  • Entenda seu texto
  • Fale o texto com as suas palavras
  • Se aproprie de algumas falas do texto
  • Experimente algumas ações
  • Improvise as situações do texto
  • Relaxe!

Os benefícios das aulas de teatro

Além de aprender a atuar, o teatro proporciona inúmeros benefícios, tanto para o corpo quanto para a mente, além disso a dedicação do aluno torna-se essencial.

Entre os principais benefícios dessa modalidade, estão:  melhora de concentração, memória, aperfeiçoamento da leitura, aguaça a criatividade, desenvolvimento de habilidades relacionadas a empatia.

Além desses e outros inúmeros benefícios, há outras características não menos importantes, que farão toda a diferença na carreira desse profissional.

Entenda a importância de subir aos palcos todo semestre

Entenda a importância de subir aos palcos todo semestre

Subir aos palcos, social ou profissionalmente, é o exercício mais puro do teatro. É nesse momento que o ator coloca em prática tudo o que foi estudado e ensaiado: todas as referências, leituras e exercícios se manifestam de forma vívida.

Desde a preparação que antecede a subida ao palco, passando pelo contato com a temática e as investigações acerca dela, as atividades são voltadas para o crescimento do indivíduo não apenas como artista cênico, mas como pessoa. Nesse sentido, a apresentação é a “prova real” do que foi apreendido durante o processo. Assim, o teatro se manifesta amplamente, através de reflexão, criação, comunicação e atuação.

Já deu para perceber o quanto é importante se colocar diante dos holofotes e praticar a arte teatral, certo? Esse é o nosso assunto neste post! Que tal aprender mais sobre ele? Continue conosco nesta leitura!

Por que a apresentação é tão importante para a prática do teatro?

Quando se pensa na importância de subir aos palcos, há uma reflexão que nem sempre é feita: a relevância da pós-apresentação. Se, durante a cena, tudo o que foi investigado, criado e vivido é comunicado, ao final dela é hora de analisar e refletir o que foi realizado, possibilitando a troca de feedbacks entre os envolvidos.

A relação entre o momento pré e pós-ato é muito proveitosa. Você aborda a temática, sabe e sente como ela afeta a sua vida enquanto ator criador, além de experimentar formas, meios e diálogos e apropria-se do papel. Até que, enfim, chega a hora de expressar todo esse trabalho interno, além de utilizar recursos apreendidos e aplicar os esforços.

Vale ressaltar que o aprimoramento do ator reflete na forma como ele vai expressar o espetáculo. Assim, o nível de comunicação é elevado. Os espectadores, em contrapartida, recebem essa informação por meio de seus sentidos.

Esse é o grande momento de interação entre plateia e ator. É dessa forma que as transformações acontecem, manifestando a arte e o aprendizado em si.

Quais são as vantagens de subir aos palcos periodicamente?

Quem estuda teatro precisa subir ao palco pelo menos uma vez a cada semestre. Essa periodicidade se faz necessária por ser o espaço de tempo adequado para captar novas reflexões e técnicas, provando delas e anunciando o resultado em forma de mostra teatral.

Para que entenda mais a fundo a importância de subir aos palcos, detalhamos os 5 principais benefícios dessa prática.

Aplicar o que foi aprendido

Tudo aquilo que foi aprendido durante as aulas e ensaios são constatados no momento da apresentação. Ao se colocar diante do público, é hora de ver, ouvir e sentir o quanto você cresceu, além de analisar os pontos de melhoria.

Além disso, a arte teatral não gera crescimento apenas no âmbito profissional. Muito mais do que isso, ela dará senso crítico de análise, de modo que, ao se apresentar, você ganhará conhecimento sobre si mesmo e sobre os próximos desafios que desejará superar.

Entender a expressão total da arte

Além de notar o seu nível de desenvolvimento como ator, todos os outros elementos que envolvem uma peça são colocados em pauta, tais como o estudo para atuar, a iluminação, a sonoplastia, figurinos, cenários, entre outros.

As demandas, etapas e ações para a montagem de um espetáculo são pensadas para melhor impactar quem o assiste e participa dele. Ter contato e cooperação ativa nessas outras linguagens cênicas agregará para que tenha a noção da dimensão artística nos projetos.

Obter realização pessoal

Principalmente para os que se sentem tímidos ou introvertidos, apresentar uma peça é a prova de que o teatro tem um efeito positivo. Ao aplicar as técnicas que garantem o sucesso da peça, a importância das aulas de teatro ficará visível.

A sensação de que antes você não seria capaz de realizar uma apresentação e agora dominou o personagem, os tempos, o texto e as expressões nas falas, além da “alma” do espetáculo, traz um renovo sem igual. É desafiar a si mesmo e sair vitorioso de todas as formas: realização é a palavra ideal para definir esse sentimento.

Aproximação da prática profissional

Se você faz aula numa escola de teatro realmente séria, as apresentações, ao menos uma vez no semestre, são requeridas por todos os motivos apresentados. Seguindo essa linha de raciocínio, não podemos nos esquecer da aproximação da prática profissional, por mais que seu real objetivo com as aulas não seja especificamente obter essa formação.

A intenção das aulas é também, de certa forma, desenvolver a arte que há em você, a fim de torná-lo um ator excelente. Não há como medir o desempenho, senão por meio da apresentação. A periodicidade semestral aparece como uma solução para aproximar o aluno da vida profissional de um ator, ato que justifica a estadia em uma escola de teatro.

Vivência na criação de projetos artísticos

Além disso, no processo de montagem da apresentação, você se relaciona com as mais diversas áreas. Assim, seu leque de conhecimento se expande, dando a oportunidade de envolvimento com os múltiplos processos envolvidos no fazer teatral. Você entende a totalidade da construção.

Abrir os horizontes para o universo dos sons, imagens, figurinos, backstages, logística envolvida, divulgação das peças, formas de comunicação e expressão, entre tantos outros cenários possíveis, é o grande ganho real das apresentações. A partir daí, você faz novos contatos e amigos, despertando interesses que não seriam possíveis sem essa prática.

Como vencer o medo de se apresentar?

Ao fazer teatro, a sua caminhada está sendo auxiliada por pessoas comprometidas com o seu desenvolvimento. Portanto, foque nos exercícios e reflexões e tente não pensar demais sobre isso, pois você tem todo o suporte necessário para fazer acontecer e se beneficiar pessoalmente desse feito. Essa é a sua segurança.

Subir aos palcos é a forma de concretizar todo o seu aprendizado. Sendo assim, o pensamento é muito simples: a proposta da apresentação acontece por etapas e você está envolvido em todas elas. Você vai se sentir pronto quando estiver pronto, pois é um processo que demonstra seus frutos naturalmente.

Lembre-se, também, de que estamos aqui para tirar todas as suas dúvidas, além de auxiliar na sua caminhada teatral e pessoal: sempre preparamos conteúdos especiais, pensando nas suas necessidades e anseios. Que tal ser o primeiro a recebê-los? Não perca tempo, assine a nossa newsletter e fique por dentro!

A comunicação oral é a pedra angular do desenvolvimento da civilização humana. Para entender melhor os benefícios que o teatro pode trazer para você!

Comunicação oral: entenda a importância e saiba como desenvolvê-la com o teatro

A comunicação oral é a pedra angular do desenvolvimento da civilização humana. Ainda que a linguagem não verbal tenha sido um ponto de guinada extremamente importante no desenvolvimento, foi a partir da língua falada e da expressão que se começou a construir as relações e o aprendizado.

Por isso, saber se expressar oralmente é muito importante para qualquer pessoa. E a capacidade de se comunicar não tem correlação direta com ser introspectivo ou extrovertido, mas sim com a habilidade de transmitir a informação da melhor maneira possível, entre aquilo que se pensa e sente.

Afinal, há pessoas que falam muito, mas se comunicam mal. E há aqueles que falam pouco, mas são excelentes comunicadores. O importante é que a mensagem saia do emissor para o receptor com o mínimo de ruído possível em estado fluido. Em outras palavras, seja o mais compreensível e interessante possível.

A timidez e a dificuldade em expressar pensamentos, sentimentos e conhecimento podem atrapalhar muito de quem precisa falar em público. Mas existem diversas formas de lidar com esse problema, sendo uma das mais completas a atividade teatral.

Para entender melhor a importância de se comunicar bem e os benefícios que o teatro pode trazer para você, continue acompanhando nosso artigo!

Por que se comunicar bem?

Muitas pessoas acreditam que comunicar-se bem é um talento natural que abre muitas oportunidades na vida pessoal e profissional. Embora a segunda parte seja verdadeira, a comunicação é, como toda habilidade, possível de ser aprendida e aprimorada. São diversos os motivos para investir no desenvolvimento dessa habilidade. Veja!

Melhoria das relações interpessoais

Faz parte da sabedoria popular, além de ser conselho de todo e qualquer especialista em terapia e psicologia, que a base de qualquer relacionamento interpessoal bem-sucedido é a comunicação. Logo, aprender a expressar-se devidamente garante uma melhor chance de relacionar-se com sucesso, quer seja no campo afetivo, que seja no campo profissional.

A falta de comunicação, ou comunicação deficiente, é a maior causa de problemas nas relações interpessoais. Desenvolver essa habilidade para saber, inclusive, o momento de ouvir, a hora de falar e como se expressar pode ser o grande diferencial que fará os relacionamentos progredirem.

Progressão na carreira

Existe uma diferenciação importante entre os caçadores de talentos e os gestores de recursos humanos entre as hard-skills e as soft-skills. As hard-skills são o núcleo duro das habilidades requeridas para uma determinada vaga, como ter conhecimento em direito, saber fazer análise estatística etc. Já as soft-skills são habilidades comuns, valorizadas em qualquer vaga, como organização e comunicação.

Portanto, independentemente da carreira escolhida, a comunicação é um valor agregado que interessa a qualquer empresa ou instituição, quer seja em relação aos empregados que estão no mesmo nível hierárquico quer seja em relação aos superiores ou subordinados.

Aumento da autoestima

A boa comunicação oral ajuda a elevar a autoestima. Isso porque a pessoa aprende a lidar melhor com o outro e consigo mesma, ao saber transparecer suas emoções. Como a comunicação é uma via de mão dupla, fica mais fácil compreender a outra pessoa, colocar a vida em perspectiva e ser mais empático.

Facilidade em conquistar objetivos

Quem sabe o que quer e dizer isso de forma clara tem um caminho mais fácil na conquista de seus objetivos profissionais e pessoais. Fica mais fácil explicar o que se deseja e formular esse anseio, o que dá uma visão mais completa e prática. Além disso, a boa comunicação é a chave para uma melhor convivência em todos os aspectos da vida — o que também ajuda no crescimento pessoal e profissional.

Como o teatro pode ajudar?

Dentre as atividades possíveis para melhorar a comunicação, o teatro é a que trabalha mais áreas de maneira profunda e duradoura. Isso porque, nele, a comunicação se dá em todos os âmbitos possíveis: verbal, não verbal e corporal. Ao ensaiar e encenar uma personagem, o ator ou atriz adquire um profundo desenvolvimento pessoal que vão ajudá-los a melhorar a comunicação oral.

Melhora a dicção

Dentro da parte de oratória, o teatro ajuda a melhorar a dicção com exercícios e acompanhamento de atores profissionais nos cursos ministrados. Afinal, a dicção na atividade teatral é extremamente importante e deve ser precisa. Dizer as palavras com clareza é uma importante parte da comunicação oral.

Ensina a projeção da voz

Quando em uma peça, a pessoa que encena precisa ser ouvida em todo o auditório, sem, no entanto, gritar. Isso se chama projeção de voz e exige treino e conhecimento. A projeção de voz tem aplicabilidades diversas, em palestras, carreiras jurídicas, reuniões, atendimento e outras várias profissões.

Desenvolve a capacidade argumentativa

O teatro desenvolve a concentração, a imaginação e o improviso. Afinal, ler, entender, decorar e lidar com um roteiro em cena exige todas essas habilidades. Essas são as mesmas habilidades exigidas quando se fala em capacidade argumentativa. Assim sendo, a atividade teatral ajuda na argumentação, que, por sua vez, é uma das aplicações diretas da boa comunicação oral.

Amplia o vocabulário

Ao ter contato com os mais diversos temas, por meio dos roteiros e das peças, desenvolve-se igualmente o vocabulário. Interpretar profissões diferentes, pessoas de outros países, outras idades e épocas acaba trazendo para o ator esse conhecimento agregado.

O domínio da língua dá maior segurança na hora da comunicação, o que aumenta essa habilidade. Também desenvolve áreas importantes da mente e o pensamento rápido. Ou seja, o aumento do vocabulário auxilia, inclusive, na própria argumentação.

Controla a timidez

Outra vantagem do teatro é que ele lida diretamente com o público. Assim, é possível romper a barreira da timidez, da vergonha e conseguir se colocar diante de uma plateia para representar um papel. Isso pode ser aplicado nos círculos sociais, no trabalho, em conferências e toda sorte de situações em que se tenha que lidar com audiência.

Em suma, para pessoas cuja comunicação oral está atrapalhando o desenvolvimento pleno de suas vidas, seja nas relações pessoais seja no emprego, procurar por um curso de teatro pode ser exatamente o que está faltando.

Não perca mais tempo. Descubra essas e outras possibilidades que a atividade teatral tem para você. Bem vindo a bordo! Fale conosco agora mesmo!

Uma ótima opção para quem busca desenvolver a oratória é investir em aulas de teatro. Além de melhorar sua expressão, tera novos amigos!

Entenda como o teatro pode ajudar a ter uma oratória melhor e quais os benefícios

A boa oratória é a ferramenta ideal para quem busca desenvolver diversas habilidades, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Em poucas palavras, podemos definir oratória como a arte de falar em público de forma clara, simples, estruturada e objetiva. Ou seja, ter uma oratória eficiente não significa, apenas, “falar bem”. Também é preciso ter uma postura adequada e saber utilizar a linguagem de acordo com a necessidades do ouvinte.

Uma ótima opção para quem busca desenvolver a habilidade é investir em aulas de teatro. Assim, além de melhorar a capacidade de expressão, você terá oportunidade de fazer novos amigos, conhecer diferentes pessoas e desfrutar de um universo culturalmente enriquecedor.

Acompanhe o post a seguir e saiba mais sobre os benefícios em desenvolver uma boa oratória!

Superação de medos

Pessoas que trabalham a oratória tem autoestima mais elevada, tornam-se mais sociáveis e superam seus medos com maior facilidade. Afinal, segundo pesquisa elaborada pelo jornal britânico Sunday Times, o medo de falar em público é maior do que o medo da morte e o medo de falir.

Características de liderança

Todo líder deve ter uma fala clara e objetiva. Gestores e cargos de confiança demandam habilidade com obrigação de desenvolver habilidades de oratória. Afinal, não é possível comandar outras pessoas sem expressão e domínio da linguagem adequadas ao ambiente corporativo.

Expressão de ideias

Quem tem uma boa oratória também consegue expressar melhor as ideias. Muitas vezes, passamos por situações onde gostaríamos de expor nossa opinião mas, por falta de domínio oral, não conseguimos passar a mensagem como desejamos.

Essa é uma situação muito comum, tanto no ambiente corporativo quanto na vida pessoal que pode ser facilmente resolvida com um trabalho de desenvolvimento da oratória.

Poder de persuasão

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a persuasão não é um dom inato. Assim como a oratória, ela é algo que pode ser desenvolvido com prática diária e muito treino.

De uma forma geral, a maioria dos profissionais necessita desenvolver a fala no ambiente de trabalho, como professores, profissionais de vendas, gestores, oradores, representantes e palestrantes.

Ao desenvolver a oratória, consequentemente, você terá maiores condições de utilizar o poder de persuasão e convencer outras pessoas.

Transmissão de credibilidade

Ao ter mais domínio da fala, você conseguirá transmitir conhecimentos com muito mais facilidade e, consequentemente, passará mais credibilidade para o interlocutor.

Por isso, um curso de teatro é perfeito para você que deseja aprimorar o poder de comunicação. A aula para iniciantes, por exemplo, é formada por um grupo de alunos que nunca tiveram experiência no palco.

O objetivo da aula é ajudar os alunos a descobrir seus potenciais, extravasar a criatividade, exercer seu poder de comunicação e receber a formação da arte essencial para todos que desejam usar esses conhecimentos para impulsionar e agregar mais valor às suas vidas.

E, você? Gostou do nosso conteúdo sobre a importância de desenvolver a oratória?

Trabalhar as relações sociais na infância é de extrema importância para um desenvolvimento saudável.

Relações sociais na infância: saiba por que são essenciais e como o teatro ajuda

Trabalhar as relações sociais na infância é de extrema importância para um desenvolvimento saudável nessa faixa etária, que compreende o período que vai desde o nascimento até cerca de 12 anos de idade. Isso acontece porque o ser humano é extremamente social, mas a falta de estímulo pode torná-lo imaturo nesse quesito.

Por conta disso, é fundamental que ocorra, desde cedo, um incentivo para que as crianças trabalhem suas capacidades sociais. Isso faz com que elas se tornem, posteriormente, adultos mais inseridos na sociedade e com uma maturidade emocional muito maior — o que é um grande diferencial para os mais diversos âmbitos de nossas vidas.

Mas afinal, como podemos melhorar esse quadro e trabalhar o desenvolvimento das relações sociais com as crianças? Quais são os principais benefícios desse tipo de atitude?

Continue a leitura e, além de tirar suas dúvidas com relação ao tema, descubra qual é o papel do teatro nessa situação e como ele pode ajudar!

Qual é a importância do desenvolvimento das relações sociais?

Trabalhar as relações sociais é indispensável para a vida em sociedade. Crianças que têm um desenvolvimento saudável nessa área se tornam adultos muito mais calmos, pacíficos, democráticos e educados, que conseguem conviver com outras pessoas, e assim, muito mais preparados para enfrentar os desafios do mundo de uma maneira bem mais agradável.

Além disso, essas crianças são mais tolerantes e aprendem a ver a diversidade que nos ronda com uma naturalidade mais palpável. Conhecer o diferente e respeitá-lo é, sem dúvida, crucial para conviver entre as pessoas sem atritos ou problemas.

Outro ponto importante é o valor que isso traz para a vida de cada indivíduo. Saber lidar com as relações sociais é essencial para a vida pessoal e tido como um diferencial para o mercado de trabalho, que absorve pessoas empáticas com mais facilidade.

Como podemos trabalhar as relações sociais na infância?

Agora que entendemos um pouco mais sobre a importância do desenvolvimento das relações sociais na infância, que tal aprendermos algumas maneiras simples de trabalhar esse ponto? Todas estas dicas são facilmente realizáveis e não envolvem gastos ou nenhum tipo de trabalho extra, apenas mudanças em atitudes e hábitos. Vamos lá?

Aprenda a ouvir

Muitos de nós estamos habituados apenas a falar, mas não conseguimos ouvir o que o próximo tem a dizer de maneira efetiva. Lembre-se de que escutar não é o mesmo que realmente ouvir, processar e compreender as falas do próximo, certo?

Por isso, aprender a ouvir as crianças é um exercício que devemos fazer para que elas se tornem adultos tolerantes e que saibam escutar as opiniões divergentes, digeri-las e debatê-las de maneira saudável. Certamente, esse é um dos pilares da vida em sociedade.

Pratique a empatia

Aprender a ouvir nos leva diretamente para a empatia, nome dado à capacidade que temos de compreender sentimentos e opiniões dos outros e nos colocarmos em seus lugares, tentando observar a situação por meio de um viés diferente.

De certa maneira, os seres humanos são naturalmente empáticos. No entanto, a falta de incentivo pode fazer com que isso se perca no decorrer da vida. Por isso, invista em atividades que exercitem a empatia, como sessões de filmes com boas mensagens, atividades artísticas, respeito ao próximo, entre outros.

Sorria mais

A nossa expressão facial é determinante para o modo como as relações sociais se desenrolam. É claro que isso não quer dizer que devemos estar sempre sorrindo. Contudo, demonstrar alegria e deixar as portas abertas pode ser uma ótima maneira de nos relacionarmos melhor com as outras pessoas.

Para alcançar tal objetivo, é bem fácil. Sorria mais em seu dia a dia. O sorriso é contagiante e estar inserido em uma família que costuma ter essa atitude fará com que a criança se torne um adulto mais receptivo e aberto, além de favorecer a extroversão.

Incentive boas maneiras

Para um convívio saudável em sociedade, algumas regrinhas são fundamentais. As principais delas envolvem boas maneiras, atitudes que já fazem parte do nosso senso comum e que são tidas como corretas e respeitosas a todos.

Incentivar isso é relevante para garantir que a criança se torne um bom cidadão, que respeita os outros e o ambiente em que está inserido. Para tanto, o exemplo precisa vir de casa, e incentivar hábitos como não jogar o lixo no chão, não desrespeitar as pessoas e sempre ser paciente trará belos frutos para o adulto que aquela criança se tornará.

Invista em brincadeiras saudáveis

Atividades lúdicas são aquelas que fazem com que as crianças aprendam ao mesmo tempo em que se divertem. Sem sombra de dúvidas, essa é uma das melhores formas de fazer com que os pequenos associem os fatos e os fixem em seus cérebros — os quais estão constantemente formando novas ligações e relações.

Invista em brincadeiras tidas como saudáveis, que estimulem a cidadania e as relações sociais. Lembre-se de que o caráter daquele indivíduo está sendo formado e qualquer estímulo negativo pode se tornar permanente.

Cuide da qualidade de vida

Mensurar a qualidade de vida pode ser, de modo geral, algo um tanto quanto complicado. Porém, ela pode ser definida como uma métrica que nos diz se estamos realmente felizes com o modo que vivemos.

A qualidade de vida na infância é primordial para criar indivíduos respeitosos e que saibam lidar bem com relações sociais. Assim sendo, alimentação balanceada, boas horas de sono, educação e brincadeiras fazem com que a criança seja feliz e se desenvolva de forma adequada.

Qual é o papel do teatro em meio a tudo isso e como ele pode ajudar?

O teatro é uma das mais completas atividades lúdicas de que temos notícia e, felizmente, ele também está relacionado ao estímulo e ao trabalho das relações sociais em qualquer faixa etária. Em vista disso, pode tranquilamente ser utilizado na educação infantil para o desenvolvimento de habilidades sociais.

Desde os primórdios, as artes cênicas são tidas como uma atividade excelente para desvendar um pouco mais sobre a psique humana, estudando-a na prática por meio de personagens ou histórias, sejam elas reais ou não. Esse tipo de atitude faz com que nos tornemos pessoas muito mais empáticas e inseridas na sociedade.

Além disso, o ambiente teatral é uma ótima alternativa de local para que as crianças estabeleçam laços e façam novas amizades, conhecendo pessoas de várias etnias e culturas e aprendendo a ser mais tolerantes com a diversidade.

Como vimos, as relações sociais na infância são essenciais para criar cidadãos mais integrados na sociedade e, consequentemente, mais conscientes de sua cidadania. Isso é um incrível diferencial tanto para o âmbito profissional quanto para o pessoal, criando relacionamentos mais saudáveis em qualquer situação de nossas vidas. O teatro é, portanto, um excelente ambiente para desenvolver essa qualidade!

Gostaria de tirar alguma dúvida sobre o tema ou discutir qualquer outro assunto relacionado ao teatro? Conheça mais sobre as aulas de teatro para crianças. Esperamos por você!

Vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir.

8 técnicas de teatro que vão te impulsionar no trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige habilidades pessoais diferenciadas que normalmente não são obtidas na formação acadêmica. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que as técnicas de teatro podem ajudar e muito nesse sentido.

Não, você não leu errado! As aulas de teatro extrapolam os limites da atuação em palco. As mesmas técnicas ensinadas aos aspirantes à arte cênica são altamente eficazes para o desenvolvimento das competências pessoais.

Neste artigo vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir de forma eficaz para o desenvolvimento das capacidades essenciais.

Habilidades e competências exigidas

Há algum tempo, cursos e qualificações acadêmicas eram o principal diferencial para competir por vagas de trabalho e promoções. Dessa forma, os profissionais graduados e especializados em suas respectivas áreas conseguiam as melhores colocações, oportunidades e salários.

Embora o conhecimento técnico ainda seja imprescindível, cada vez mais os recrutadores buscam habilidades diferenciadas, que valorizam o profissional e os ajudam a lidar melhor com a clientela e o público-alvo das empresas.

Além dos conhecimentos específicos exigidos na área de atuação, o profissional também precisa ter uma série de outras competências para se diferenciar ainda mais no competitivo mundo corporativo. Veja a seguir, algumas das principais habilidades valorizadas:

  • empatia;
  • comunicação;
  • argumentação;
  • proatividade;
  • trabalho em equipe;
  • criatividade;
  • senso crítico;
  • liderança.

As empresas consideram que os profissionais que dominam tais habilidades são mais produtivos e fáceis de lidar, contribuindo para um ambiente de trabalho harmonioso.

Como é possível observar, as habilidades requeridas estão diretamente ligadas aos aspectos pessoais e emocionais — são traços de personalidade e competências que dependem em sua maioria, das vivências individuais e educação que são obtidas no âmbito familiar.

As técnicas de teatro trabalham todos esses aspectos, sendo possível desenvolvê-los e incorporá-los na atuação profissional.

Técnicas de teatro para o desenvolvimento pessoal

O teatro é uma das artes que mais desenvolve as capacidades humanas. Logo, é um dos melhores ambiente para desenvolver a si próprio.

Veja a seguir as principais técnicas de teatro que podem ajudar nos relacionamentos interpessoais e proporcionar um diferencial para os profissionais.

1. Empatia

A empatia é uma das competências sociais mais valorizadas pelo mercado de trabalho. É a capacidade que um indivíduo tem de se colocar no lugar do outro, ouvindo-o com interesse verdadeiro e compreendendo as suas necessidades.

É por meio dessa habilidade que os profissionais conseguem absorver a cultura da empresa e adequar-se aos valores estabelecidos, mantendo boas relações interpessoais. Por esse motivo, é uma das qualidades que mais atrai e retém talentos.

O profissional que apresenta essa habilidade consegue desempenhar atividades essenciais que agregam valor à empresa. Por meio do autoconhecimento e controle emocional é possível:

  • compreender as dificuldades dos colegas de trabalho;
  • valorizar a diversidade;
  • ser flexível;
  • identificar os pontos fracos e reforçar as aptidões dos subordinados;
  • perceber e atender as necessidades dos clientes.

As aulas de teatro desenvolvem a empatia de maneira muito interessante. Pois para interpretar um personagem é necessário conseguir entender o outro, saber se colocar no lugar do outro, compreender e respeitar a diversidade.

O teatro também impulsiona o indivíduo perceber a si e o outro, como agentes de mudanças sociais.

2. Comunicação

O domínio da comunicação é de fundamental importância, tanto para lidar com clientes quanto com os superiores e colegas de trabalho. Essa habilidade também é exigida para proferir palestras e apresentar produtos ou serviços.

Dessa forma, um profissional de sucesso necessita se expressar de forma clara, com um tom de voz adequado, ter um bom vocabulário e saber ouvir com interesse.

Nas aulas de teatro, esses aspectos são desenvolvidos o tempo todo! De maneira lúdica e divertida. Exercícios de voz, expressão corporal, leitura de textos e interação com os demais alunos na representação de personagens. Veja seguir os principais aspectos desenvolvidos:

  • melhora da autoestima — conscientização corporal;
  • dicção — permite que a fala seja transmitida ao público com mais clareza;
  • criatividade — por meio da linguagem cênica ensina a ultrapassar situações desafiadoras;
  • comunicação não verbal — trabalha a postura correta (o corpo fala) e o olhar assertivo, objetivando convencer os ouvintes;
  • projeção da voz — ensina como projetar sem comprometer a saúde vocal;
  • redução da timidez e medo de falar em público — exercita a expressão e a improvisação;
  • respiração — estratégias para manter o fôlego e melhorar o condicionamento físico e a articulação da fala.

3. Argumentação

A argumentação é uma habilidade fundamental não só para líderes como para qualquer profissional em situações que exigem um posicionamento forte para indicar a melhor forma de realizar um trabalho e obter bons resultados.

Em reuniões, é comum ocorrer colocações de ideias diferentes. Saber argumentar defendendo um ponto de vista é um diferencial que imprime competência profissional. As empresas valorizam funcionários que defendem o que acreditam de maneira sensata e racional, sabendo ouvir e se colocando no momento apropriado.

A importância das aulas de teatro para o desenvolvimento da argumentação já é reconhecida na área jurídica, tendo em vista que o ganho de uma causa depende intrinsecamente da arte de argumentar.

Utilizando exercícios teatrais você irá desenvolver enormemente seu poder de argumentação e pensamento analítico. Entender as questões de um ponto de vista critico construtivo. Para os mais tímidos estes são excelentes exercícios.

4. Proatividade

As empresas valorizam profissionais com iniciativa, que se adiantam em realizar trabalhos além dos exigidos. A proatividade é uma habilidade que está ligada diretamente à personalidade.

O indivíduo proativo desenvolve o trabalho que lhe cabe com uma visão geral, ou seja, tudo o que pode impactar para um melhor resultado da equipe. Ele analisa e interfere indicando correções de possíveis falhas no processo.

Pessoas tímidas e inseguras, mesmo tendo essa competência, apresentam dificuldades em expressá-la. Ficam com receio de serem mal interpretadas e terem suas opiniões refutadas.

As técnicas teatrais contribuem para o desenvolvimento dessa habilidade, com diversos exercícios.

Dessa forma, o teatro pode ajudar um profissional a ser proativo, confiante e assertivo conseguindo expressar as ideias de acordo com o perfil do ouvinte e ainda, compreender as formas de expressão do outro.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das principais características necessárias para as novas demandas corporativas. Mesmo que uma função seja extremamente individualizada, sempre é parte integrante de uma equipe.

Dessa forma, é importante interagir com os colegas de trabalho, oferecendo ajuda no que for necessário e solicitando auxílio quando houver alguma dificuldade.

Nas aulas de teatro, os jogos e as atividades são uma ponte para as relações interpessoais. A interação entre personagens de um texto, os momentos de vivencias lúdicas e a criação em conjunto estimulam esse aspecto.

Todas as atividades teatrais aprimoram as relações sociais, a partir do conhecimento de si e do outro. A atuação também auxilia a praticar o trabalho em equipe, com motivação e compromisso, já que esse é um aspecto de suma importância para um ator.

O trabalho em equipe pode ainda ser observado no empenho e envolvimento dos atores de uma peça teatral, como resultado de um esforço conjunto que requer muita determinação, disciplina e atividades direcionadas ao alcance de uma mesma meta.

6. Criatividade

O mundo tecnológico reduz cada vez mais as vagas de trabalho e é possível que dentro de alguns anos, muitas profissões sejam substituídas por máquinas. A criatividade é uma das mais importantes competências e com extremo valor para as empresas.

Os robôs não possuem ideias inovadoras. Portanto, um profissional criativo terá mais oportunidades no mercado de trabalho. A capacidade para encontrar soluções rápidas e originais, contribuindo para a elaboração de produtos e serviços diferenciados, agrega um grande valor às habilidades profissionais.

A autonomia para elaboração de uma peça teatral e a busca soluções criativas tiram o aluno dos pensamentos comuns e o transportam para soluções de problemas diferentes do cotidiano. Dessa forma, a criatividade é estimulada por novas vivências e necessidade de improvisações que exigem rapidez de raciocínio.

7. Pensamento crítico

Profissionais com senso crítico sempre se destacam no mercado de trabalho e a tendência é que essa competência seja cada vez mais exigida. Saber analisar situações e tomar decisões é um importante traço de liderança muito requisitado pelas empresas.

O curso de teatro desenvolve o senso crítico ao extremo! O contato com a diversidade cultural das peças teatrais permite novas conexões cerebrais e exercitam o pensamento analítico.

8. Liderança

A liderança deixou de ser uma denominação para identificar pessoas que mandavam em outras e passou a ser entendida como uma capacidade de trabalho em equipe. A nova visão é caracterizada pelo trabalho colaborativo para atingir um objetivo comum em atendimento às necessidades da empresa. Para tanto, é necessário envolver e motivar as pessoas com carisma e saber priorizar tarefas, com claras definições de expectativas quanto aos resultados.

No ambiente de teatro são trabalhadas importantes habilidades e competências requeridas pela liderança. As atividades envolvidas nos processos das aulas de teatro possibilitam exercitar os seguintes aspectos:

  • disposição para assumir riscos;
  • liberdade de expressão — desenvolvimento de talentos diversificados;
  • orçamento e cronograma — exercita o trabalho com limites;
  • unidade organizacional — coesão do elenco para atingir uma mesma meta.

Como pudemos observar, são muitas as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O preparo para atendimento às exigências vai muito além da formação acadêmica. As técnicas de teatro se apresentam como uma forma eficaz e prazerosa para o desenvolvimento das múltiplas inteligências e potencialidades do ser humano. O que possibilita o aprimoramento do indivíduo para ser um profissional crítico, sensível, flexível, confiante e com capacidade de se expressar corretamente.

Gostou de saber sobre as principais técnicas de teatro que podem auxiliar no desenvolvimento das competências e habilidades profissionais? Para saber mais sobre os benefícios das aulas veja aqui.

Vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro para ajudar em seu desenvolvimento.

8 técnicas de teatro que vão impulsionar, até os mais tímidos, no trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige habilidades pessoais diferenciadas que normalmente não são obtidas na formação acadêmica. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que as técnicas de teatro podem ajudar e muito nesse sentido. Até para os mais tímidos!

Não, você não leu errado! As aulas de teatro extrapolam os limites da atuação em palco. As mesmas técnicas ensinadas aos aspirantes à arte cênica são altamente eficazes para o desenvolvimento das competências pessoais quando envolve pessoas tímidas.

Neste artigo vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir de forma eficaz para o desenvolvimento das capacidades essenciais.

Habilidades e competências exigidas

Há algum tempo, cursos e qualificações acadêmicas eram o principal diferencial para competir por vagas de trabalho e promoções. Dessa forma, os profissionais graduados e especializados em suas respectivas áreas conseguiam as melhores colocações, oportunidades e salários.

Embora o conhecimento técnico ainda seja imprescindível, cada vez mais os recrutadores buscam habilidades diferenciadas, que valorizam o profissional e os ajudam a lidar melhor com a clientela e o público-alvo das empresas.

Além dos conhecimentos específicos exigidos na área de atuação, o profissional também precisa ter uma série de outras competências para se diferenciar ainda mais no competitivo mundo corporativo. Veja a seguir, algumas das principais habilidades valorizadas:

  • empatia;
  • comunicação;
  • argumentação;
  • proatividade;
  • trabalho em equipe;
  • criatividade;
  • senso crítico;
  • liderança.

As empresas consideram que os profissionais que dominam tais habilidades são mais produtivos e fáceis de lidar, contribuindo para um ambiente de trabalho harmonioso.

Como é possível observar, as habilidades requeridas estão diretamente ligadas aos aspectos pessoais e emocionais — são traços de personalidade e competências que dependem em sua maioria, das vivências individuais e educação que são obtidas no âmbito familiar.

As técnicas de teatro trabalham todos esses aspectos, sendo possível desenvolvê-los e incorporá-los na atuação profissional.

Técnicas de teatro para o desenvolvimento pessoal

O teatro é uma das artes que mais desenvolve as capacidades humanas. Logo, é um dos melhores ambiente para desenvolver a si próprio.

Veja a seguir as principais técnicas de teatro que podem ajudar nos relacionamentos interpessoais e proporcionar um diferencial para os profissionais.

1. Empatia

A empatia é uma das competências sociais mais valorizadas pelo mercado de trabalho. É a capacidade que um indivíduo tem de se colocar no lugar do outro, ouvindo-o com interesse verdadeiro e compreendendo as suas necessidades.

É por meio dessa habilidade que os profissionais conseguem absorver a cultura da empresa e adequar-se aos valores estabelecidos, mantendo boas relações interpessoais. Por esse motivo, é uma das qualidades que mais atrai e retém talentos.

O profissional que apresenta essa habilidade consegue desempenhar atividades essenciais que agregam valor à empresa. Por meio do autoconhecimento e controle emocional é possível:

  • compreender as dificuldades dos colegas de trabalho;
  • valorizar a diversidade;
  • ser flexível;
  • identificar os pontos fracos e reforçar as aptidões dos subordinados;
  • perceber e atender as necessidades dos clientes.

As aulas de teatro desenvolvem a empatia de maneira muito interessante. Pois para interpretar um personagem é necessário conseguir entender o outro, saber se colocar no lugar do outro, compreender e respeitar a diversidade.

O teatro também impulsiona o indivíduo perceber a si e o outro, como agentes de mudanças sociais.

2. Comunicação

O domínio da comunicação é de fundamental importância, tanto para lidar com clientes quanto com os superiores e colegas de trabalho. Essa habilidade também é exigida para proferir palestras e apresentar produtos ou serviços.

Dessa forma, um profissional de sucesso necessita se expressar de forma clara, com um tom de voz adequado, ter um bom vocabulário e saber ouvir com interesse.

Nas aulas de teatro, esses aspectos são desenvolvidos o tempo todo! De maneira lúdica e divertida. Exercícios de voz, expressão corporal, leitura de textos e interação com os demais alunos na representação de personagens. Veja seguir os principais aspectos desenvolvidos:

  • melhora da autoestima — conscientização corporal;
  • dicção — permite que a fala seja transmitida ao público com mais clareza;
  • criatividade — por meio da linguagem cênica ensina a ultrapassar situações desafiadoras;
  • comunicação não verbal — trabalha a postura correta (o corpo fala) e o olhar assertivo, objetivando convencer os ouvintes;
  • projeção da voz — ensina como projetar sem comprometer a saúde vocal;
  • redução da timidez e medo de falar em público — exercita a expressão e a improvisação;
  • respiração — estratégias para manter o fôlego e melhorar o condicionamento físico e a articulação da fala.

3. Argumentação

A argumentação é uma habilidade fundamental não só para líderes como para qualquer profissional em situações que exigem um posicionamento forte para indicar a melhor forma de realizar um trabalho e obter bons resultados.

Em reuniões, é comum ocorrer colocações de ideias diferentes. Saber argumentar defendendo um ponto de vista é um diferencial que imprime competência profissional. As empresas valorizam funcionários que defendem o que acreditam de maneira sensata e racional, sabendo ouvir e se colocando no momento apropriado.

A importância das aulas de teatro para o desenvolvimento da argumentação já é reconhecida na área jurídica, tendo em vista que o ganho de uma causa depende intrinsecamente da arte de argumentar.

Utilizando exercícios teatrais você irá desenvolver enormemente seu poder de argumentação e pensamento analítico. Entender as questões de um ponto de vista critico construtivo. Para os mais tímidos estes são excelentes exercícios.

4. Proatividade

As empresas valorizam profissionais com iniciativa, que se adiantam em realizar trabalhos além dos exigidos. A proatividade é uma habilidade que está ligada diretamente à personalidade.

O indivíduo proativo desenvolve o trabalho que lhe cabe com uma visão geral, ou seja, tudo o que pode impactar para um melhor resultado da equipe. Ele analisa e interfere indicando correções de possíveis falhas no processo.

Pessoas tímidas e inseguras, mesmo tendo essa competência, apresentam dificuldades em expressá-la. Ficam com receio de serem mal interpretadas e terem suas opiniões refutadas.

As técnicas teatrais contribuem para o desenvolvimento dessa habilidade, com diversos exercícios.

Dessa forma, o teatro pode ajudar um profissional a ser proativo, confiante e assertivo conseguindo expressar as ideias de acordo com o perfil do ouvinte e ainda, compreender as formas de expressão do outro.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das principais características necessárias para as novas demandas corporativas. Mesmo que uma função seja extremamente individualizada, sempre é parte integrante de uma equipe.

Dessa forma, é importante interagir com os colegas de trabalho, oferecendo ajuda no que for necessário e solicitando auxílio quando houver alguma dificuldade.

Nas aulas de teatro, os jogos e as atividades são uma ponte para as relações interpessoais. A interação entre personagens de um texto, os momentos de vivencias lúdicas e a criação em conjunto estimulam esse aspecto.

Todas as atividades teatrais aprimoram as relações sociais, a partir do conhecimento de si e do outro. A atuação também auxilia a praticar o trabalho em equipe, com motivação e compromisso, já que esse é um aspecto de suma importância para um ator.

O trabalho em equipe pode ainda ser observado no empenho e envolvimento dos atores de uma peça teatral, como resultado de um esforço conjunto que requer muita determinação, disciplina e atividades direcionadas ao alcance de uma mesma meta.

6. Criatividade

O mundo tecnológico reduz cada vez mais as vagas de trabalho e é possível que dentro de alguns anos, muitas profissões sejam substituídas por máquinas. A criatividade é uma das mais importantes competências e com extremo valor para as empresas.

Os robôs não possuem ideias inovadoras. Portanto, um profissional criativo terá mais oportunidades no mercado de trabalho. A capacidade para encontrar soluções rápidas e originais, contribuindo para a elaboração de produtos e serviços diferenciados, agrega um grande valor às habilidades profissionais.

A autonomia para elaboração de uma peça teatral e a busca soluções criativas tiram o aluno dos pensamentos comuns e o transportam para soluções de problemas diferentes do cotidiano. Dessa forma, a criatividade é estimulada por novas vivências e necessidade de improvisações que exigem rapidez de raciocínio.

7. Pensamento crítico

Profissionais com senso crítico sempre se destacam no mercado de trabalho e a tendência é que essa competência seja cada vez mais exigida. Saber analisar situações e tomar decisões é um importante traço de liderança muito requisitado pelas empresas.

O curso de teatro desenvolve o senso crítico ao extremo! O contato com a diversidade cultural das peças teatrais permite novas conexões cerebrais e exercitam o pensamento analítico.

8. Liderança

A liderança deixou de ser uma denominação para identificar pessoas que mandavam em outras e passou a ser entendida como uma capacidade de trabalho em equipe. A nova visão é caracterizada pelo trabalho colaborativo para atingir um objetivo comum em atendimento às necessidades da empresa. Para tanto, é necessário envolver e motivar as pessoas com carisma e saber priorizar tarefas, com claras definições de expectativas quanto aos resultados.

No ambiente de teatro são trabalhadas importantes habilidades e competências requeridas pela liderança. As atividades envolvidas nos processos das aulas de teatro possibilitam exercitar os seguintes aspectos:

  • disposição para assumir riscos;
  • liberdade de expressão — desenvolvimento de talentos diversificados;
  • orçamento e cronograma — exercita o trabalho com limites;
  • unidade organizacional — coesão do elenco para atingir uma mesma meta.

Como pudemos observar, são muitas as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O preparo para atendimento às exigências vai muito além da formação acadêmica. As técnicas de teatro se apresentam como uma forma eficaz e prazerosa para o desenvolvimento das múltiplas inteligências e potencialidades do ser humano. O que possibilita o aprimoramento do indivíduo para ser um profissional crítico, sensível, flexível, confiante e com capacidade de se expressar corretamente.

Gostou de saber sobre as principais técnicas de teatro que podem auxiliar no desenvolvimento das competências e habilidades profissionais? Para saber mais sobre os benefícios das aulas veja aqui.