Sem Categoria

Como é a rotina de um ator?

Como é a rotina de um ator?

Um ator tem uma rotina diferente, já parou para pensar como ela funciona? Muitas pessoas associam o dia a dia dos atores e atrizes à vida glamorosa, cheia de eventos e paparazzi. Mas a verdade é que não é bem assim.

Alguns artistas vivem mesmo uma rotina de glamour, mas mesmo esses mais famosos precisam se esforçar para manter a qualidade de seus trabalhos e de sua vida.

Ser ator ou atriz é um modo de vida, que pressupõe uma forma diferente de olhar o mundo. E essa forma inclui muita belezura e amorosidade.

Ou seja, o trabalho do ator ou da atriz se estende além do teatro, ou dos estúdios de gravação. É bastante comum encontrar pela casa desses artistas obras de arte diversas, plantas, muitas cores e, claro, pilhas e mais pilhas de livros, porque a rotina desses profissionais ainda inclui muito estudo e pesquisa.

Mas, sabe o que é gratificante? Quando o trabalho a que você dedicou muitas horas do seu dia te deixa feliz, alegre e satisfeito. Isso não tem preço!

Quer entender melhor sobre isso? Então, acompanhe a seguir o conteúdo que preparamos para você conhecer mais sobre a rotina de um ator!

Rotina de um ator: entenda como é

Do dia a dia de um ator, faz parte o estímulo à imaginação e o despertar da sensibilidade. Por isso, o ator ou atriz está sempre observando a vida humana: a natureza e as pessoas. Pois, além de uma inspiração, esse é o seu material de criação, ou seja, por meio do que ele faz suas composições criativas.  

Além disso, o ator ou atriz tem sempre que preparar o seu corpo físico e emocional. Uma forma de fazer isso é dedicando algumas horas do seu dia ao relaxamento muscular e aos alongamentos.

Ainda, o ator ou atriz deve trabalhar para integrar o seu aparato físico e psíquico. Para tanto, observar a si mesmo e aos seus impulsos  são uma forma de perceber a espontaneidade de suas ações e treinar sua capacidade de improviso. 

E não é só isso, a rotina de ator está intimamente ligada ao cuidado com a saúde. Muita hidratação e uma alimentação equilibrada são hábitos diários que o ator ou a atriz tem.

Mas a interpretação é apenas uma das muitas atribuições que um profissional de teatro pode ter…

Muito além da atuação

Além dos ensaios e gravações, atores e atrizes também passam por outras atividades no dia a dia. Na rotina de um ator está inserido:

Vivenciar as circunstâncias do personagem

O processo de vivência do personagem exige muito do profissional, desde uma rigorosa disciplina com estudos das circunstâncias do papel até o conhecimento profundo de si mesmo. Isso tudo são fatores determinantes na hora de se colocar no lugar do personagem.

Trabalhar a autoestima

O ator sempre precisa estar motivado. Mas, não se preocupe, porque a própria rotina do teatro inclui exercícios que irão estimular isso. Por exemplo, a energia contagiante do coletivo de trabalho já vai ajudar a manter a autoestima elevada, o que ajudará na rotina de um ator.

Exercícios de concentração

Desde o primeiro dia de aula no curso de teatro, são trabalhados exercícios de concentração, pois isso será uma constante na rotina de um ator. O ator ou atriz tem sempre que estar inteiro em seu trabalho, seja na hora dos ensaios ou no momento de entrar em cena. Por isso, é fundamental realizar esses exercícios diariamente, que podem ser: meditação ou respirações profundas e ritmadas, entre outros.

Como um ator concilia trabalho e família?

Esse é um dos pontos cruciais na rotina de um ator que, se não for bem administrado, pode jogar toda a carreira desse profissional na lata de lixo. Por isso, antes de mais nada, busque o apoio de sua família, converse, explique  como é o trabalho de um ator ou atriz e como esse profissional constrói a sua rotina. Com certeza, eles ficarão felizes junto com você quando perceberem que isso te deixa feliz.

Então, a cada novo trabalho, os atores precisam ler muito, pesquisar,  discutir o texto em grupo e vivenciar as circunstâncias do seu personagem. Além de buscar conciliar vida profissional com pessoal.

Diferentes áreas para um ator

Após se formar em teatro, a atriz e o ator podem escolher diferentes áreas de atuação. E é isso que vai determinar a rotina de trabalho do profissional.

Nos palcos ou nas coxias, a profissão inclui:

  • Interpretação;
  • Cenografia (construção de cenários);
  • Direção;
  • Dramaturgia (escrever peças teatrais);
  • Dublagem;
  • Figurino e indumentária;
  • Iluminação;
  • Sonoplastia;
  • Produção;
  • Aulas em instituições privadas;
  • Ensino e pesquisa.

E aí, já sabe qual área do teatro quer seguir? Se você ainda tem mais dúvidas sobre a profissão, aproveite para ler esse conteúdo: O que faz quem é formado em teatro? Entre em contato conosco.

Primeira aula de teatro: tudo oque você precisa saber

Primeira aula de teatro: tudo oque você precisa saber

Devem ser grandes as expectativas numa primeira aula de teatro, e não é para menos. O desejo de fazer teatro e seguir a carreira artística, muitas vezes, está atrelado à vontade de brilhar em cena, seja nos palcos, na TV ou nas telonas.

Já no primeiro encontro os aspirantes a atores e atrizes irão receber altas doses de inspiração por meio da apresentação entre alunos e professores que é totalmente diferenciada dos cursos comuns.

Antes de mais nada, o nervosismo e ansiedade são compreensíveis nesse primeiro encontro, já que desde crianças as atrizes e atores fazem parte de nosso cotidiano e mesmo apesar de passar boa parte de nossas vidas mergulhados em seu universo, uma coisa é certa, ao nos decidir por fazer um curso de teatro, não sabemos nada do que acontece lá.

E foi pensando nisso, que decidimos escrever esse artigo para ajudar você!

O que se passa numa primeira aula de teatro?

Muitas pessoas ficam se perguntando sobre isso. Querem saber como são as aulas de teatro, o que se passa, como é a experiência. Então, vamos logo matar essa curiosidade!

  • Normalmente, em uma primeira aula de teatro acontece o seguinte:
  • Os alunos se apresentam guiados pelo professor;
  • Nessa primeira aula ocorrem dicas para estimular a criatividade;
  • E os alunos ainda são motivados a refletirem sobre as atividades de atuação e muito mais.

Esses são apenas o ponto inicial desse primeiro encontro. É claro que não dá para sair atuando já na primeira aula, mas uma boa base do que será aprendido no decorrer do curso é apresentado já no primeiro dia de aula de teatro.

Agora que você já sabe que a primeira aula de teatro é bastante interessante e diferente de tudo o que você já viu, que tal saber sobre as habilidades que são desenvolvidas durante o curso de teatro?

A princípio, um dos grandes diferenciais do curso de teatro para quem busca essa modalidade, está justamente nas habilidades que ele ajuda a desenvolver durante o período de estudos.

Há indícios de pessoas que buscam esse curso somente para aprimorar essas habilidades e nem pensam em seguir a carreira de atores e atrizes. Interessante, não?

Dito isso, vamos conhecer as principais habilidades que são: aprimoramento da comunicação verbal e corporal; melhor desenvolvimento para trabalhar em equipe; aprender a ser mais criativo e a ser espontâneo; combater a timidez; aumentar a autoestima; se tornar um ser humano mais empático; adquirir mais capacidade para lidar com conflitos, entre outros.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o curso de teatro e os benefícios que ele poderá proporcionar para a sua vida, é hora de escolher um bom curso de teatro.

Como escolher um bom curso de teatro?

Em primeiro lugar, é importante você decidir o que quer fazer. Seja um curso técnico ou uma faculdade de artes cênicas.

Decidido isso, procure uma escola de teatro mais próxima de você. Observe o horário de funcionamento, pois devido a pandemia muitas escolas estão proibidas de funcionar.

Pesquise sempre. Isso que você faz aqui já é um grande passo, pois mostra que começou pelo caminho certo, o da pesquisa.

Em seguida, assista a uma peça teatral. Com certeza na internet haverá muitas disponíveis, uma vez que os teatros também estão sem funcionar durante a pandemia.

Mas, isso não é empecilho para adiar o seu sonho. Se for isso mesmo que você deseja, vai dar um jeito.

Dito isso, procure saber se quem vai dar as aulas tem experiência e prática. Hoje em dia é fácil saber as qualidades profissionais de uma pessoa, basta digitar o nome dela no Google e muitas informações irão aparecer para você!

Agora, antes de terminar nosso conteúdo, vale lembrar alguns dos benefícios que o teatro pode proporcionar:

  • autoconhecimento;
  • autoestima;
  • melhora da timidez;
  • mais consciência corporal;
  • interação e fortalecimento de relações sociais;
  • mais foco e melhora da memória;
  • estímulo da criatividade.

Certamente, o seu primeiro contato com o teatro vai ser uma experiência diferente de tudo que você já viveu. Ainda tem dúvidas sobre isso? Então, agora que já sabe o que acontece na primeira aula, vem saber o que esperar dos próximos encontros no texto: Como são as aulas de teatro? Entre em contato conosco

O Desejo Pela Vida

O Desejo Pela Vida

Um novo tema de investigação do Macu

O novo tema de investigação do Macu, que irá orientar os projetos de pesquisa e criação do 2° semestre de 2021, é O Desejo Pela Vida– Olhar – Inspirar – Encantar – Caminhar. Impactados pelo efeito da pandemia, nossos últimos dois temas foram motivados pela necessidade de revermos nossas concepções e atitudes. E, por isso, nos levaram a debates e elaborações práticas bastante densas e reflexivas.  

Procuramos então agora fechar o ciclo aberto por O Despertar Para Uma Consciência Planetária, tema do 2º semestre de 2020, e Dos Sonhos Que Nos Movem, do 1º semestre de 2021.  Pois achamos importante, neste momento que se mantém assombroso, pararmos um pouco para olhar a vida e o que nela nos inspira, nos provoca encantamento e nos motiva a caminhar. 

Nossa inspiração

O ponto de partida para a proposição do tema veio da nossa inspiração pedagógica: Konstantin Stanislávski. Um recentíssimo documentário sobre o mestre, lançado em 2021 e produzido pelo Ministério da Cultura da Rússia, leva o título que escolhemos como tema para as nossas investigações: Stanislavsky. Lust for life (Stanislávski. O Desejo Pela Vida). Dirigido por Julia Bobkova e contando com participações como a de Nikita Mikhalkov, Oskaras Korsunovas e Meryl Streep, cada um expressa sua inesgotável admiração por Stanislávski.

Os vários depoimentos de importantes nomes do teatro russo e britânico revelam tamanha a influência de Stanislávski em seus trabalhos e, assim, evidenciam sua relevância no teatro moderno. Por meio desses relatos, revisita-se também o processo contínuo de pesquisa do próprio Stanislávski. Pois, ainda que de diferentes perspectivas, todos se voltam para o principal componente do fazer teatral stanislavskiano: o ser humano.

Problema certo

Além de uma inspiração, o documentário também é uma referência para os nossos processos cênicos. E, somado a ele, alguns outros livros, como O Trabalho do Ator – Diário de um Aluno, de Stanislávski, e o recém-lançado Stanislávski e o Trabalho do Ator Sobre Si Mesmo (Perspectiva/CLAPS, 2021), de Michele Almeida Zaltron. Esses materiais procuram alimentar nossos estudos e práticas, sob o ponto de vista do nosso tema: O Desejo Pela Vida– Olhar – Inspirar – Encantar – Caminhar.

A partir dos termos desse enunciado, estabelecemos uma questão para nos provocar: “Como desenvolver um olhar para a vida que inspire encantamento em nosso caminhar artístico-pedagógico?” Ao longo de nossa trajetória, sempre revisitamos essa pergunta, a fim de verificar qual caminho estamos trilhando.

No entanto, não temos a pretensão de respondê-la de um modo pragmático. E isso porque não vislumbramos um ponto fixo de chegada, mas esperamos poder despertar o encanto pela beleza da vida e, mais, da vida do espírito humano. Pretendemos estimular o desejo de aprender, pesquisar, criar, de viver o teatro! Como também de inspirar a alegria da descoberta e da expressão artística.

A Verdade

            Nossos temas sempre estabelecem uma conexão direta com um elemento do Sistema Stanislávski, sobre o qual nos debruçamos, não só em sala de aula, com os alunos e alunas, mas também no nosso processo de formação continuada enquanto educadores. E, neste semestre, nosso ponto focal é a Verdade.

Citando Stanislávski: “A criação deve conter alegria. Em que se encontra alegria? Antes de tudo, alegria está na Verdade. Tenho a convicção de que meu caminho é único, mas, justamente por ser verdadeiro, ele é muito longo”.

Não desejamos o que nos deixa tristes, agoniados ou angustiados. Pelo contrário, procuramos pelo que nos dá alegria, satisfação e prazer. E quando buscamos a arte, por meio do teatro, não estamos buscando outra coisa. Para Stanislávski, essa alegria, que deve estar contida na criação, “está na Verdade”.

A vida na arte e a arte na vida

Mas, que verdade é essa? Como nos diz Michele Almeida Zaltorn, “não é essa pequena verdade exterior, que conduz ao naturalismo, nem aquela verdade mutilada em cena”. Essa verdade, segundo a autora, “é a verdade elevada, artística e autenticamente orgânica da natureza, a verdade do próprio sentimento, a verdade da sensação”.

E o que é essa “verdade orgânica da natureza” senão a verdade da vida?  Com isso, mais uma vez retomamos a importância da relação entre arte e vida para Stanislávski. Em suas próprias palavras: “O segredo do meu método está claro. Não se trata de Ações Físicas em si, mas da verdade e da crença que essas ações nos ajudam a despertar e sentir.”

Por isso, cabe ainda nos perguntamos: O que nossas ações têm despertado em nós? O que nossas ações têm nos feito sentir? Esta pode ser uma forma desafiadora de olharmos a vida por meio da arte, como também de olharmos para a arte por meio da vida.

Conheça quais são as melhores técnicas para falar bem para a câmera! Separamos as melhores para que você consiga melhorar sua performance!

Técnicas para falar bem para a câmera

Se você é um ator que está para fazer um teste para a televisão, é algum empregado de uma empresa e terá que realizar uma videoconferência e, em ambos os casos, você está com receio, pois não sabe se comportar na frente da câmera, fique tranquilo, pois o objetivo deste texto é trazer algumas técnicas para que você possa por em prática e acabar com esse medo de câmera.

Para isso, é importante que você fique atento às dicas que são colocadas aqui e comece a praticá-las, pois, cada vez mais que você realizar qualquer coisa de frente para a câmera, mais intimidade você terá com ela e menor será o seu nervosismo diante dela.

Observe as dicas abaixo!

1 – Saiba quem você é

Estar na frente de uma câmera diz muito sobre quem é você. Por isso, é importante, antes de qualquer coisa, você ter a plena ciência de como se comporta, como você se posiciona. Uma boa ideia que você poderá ter é tirando a famosa “selfie”.

É através dela que você terá um olhar mais crítico sobre você, pois assim, você saberá qual é o seu melhor ângulo, a melhor posição para a sua cabeça, a sua postura de um modo geral. Com isso, você poderá corrigir aquilo que não gosta e se apresentar de uma forma melhor. A sua postura diz muito sobre você!

2 – Entenda o objetivo de falar para a câmera

Outra dica importante é você saber o motivo do qual você estará falando para a câmera. Isso porque, quando você tem um objetivo, não será qualquer coisa que te fará desistir. Portanto, pense no porque de falar em frente à câmera.

Se está na dúvida, o seu vídeo pode ser para incentivar as pessoas? Para falar sobre a rodada do campeonato de futebol? Apresentar alguma música que você compôs e tocou?

Independente de qual for o seu objetivo, você deverá pensar nele como ponto de partida e chegada.

3 – Cuidado com as mãos

Um cuidado de você deve ter é com as suas mãos. Existem pessoas que falam muito com as mãos, ou seja, elas gesticulam de forma abusiva, o que faz com que elas acabem chamando mais a atenção do que aquilo que a pessoa está querendo dizer. E, nesse caso, pode estar passando, mesmo que sem intenção, uma ideia errada daquilo que você realmente deseja apresentar.

Observe os seus gestos e veja se você tem algum cacoete. Se positivo, tente evitá-lo ou então, eliminá-lo de uma vez.

Quer saber sobre postura, observe os apresentadores de telejornais que, geralmente, possuem uma postura padrão quanto à apresentação.

4 – Relaxe

Não fique nervoso, pois isso só irá prejudicar. Mantenha a calma e seja sempre você. Não queira imitar ninguém, você tem o seu estilo e é com ele que você quer vencer na vida, não imitando alguém.

Use a sua própria voz, evite criar tonalidades para ficar melhor no vídeo, isso não existe. Fale normalmente. E preste sempre atenção no tom da sua voz.