Tag Archives: autoconhecimento

Quer saber mais sobre do que se trata a autenticidade? Em nossa conversa, abordaremos diversos pontos desse atributo!

Entenda como o Teatro vai te tornar uma pessoa autêntica e porque isto é importante

Você sabe o que é preciso fazer para se tornar uma pessoa autêntica? A autenticidade é uma característica humana extremamente importante para as relações sociais, para o desenvolvimento de cada um de nós e ainda mais importante e valorizado no trabalho!

Em outras palavras, ser autêntico é ser quem você é, extrair o máximo da sua personalidade, suas aptidões e desenvolver-se sempre. Defender e transformar os seus pontos de vista de maneira autentica é uma virtude. Principalmente quando acontece sem ser desrespeitoso e sem causar sofrimento a outras pessoas.

Quer saber mais sobre do que se trata a autenticidade? Não tem problema! Em nossa conversa, abordaremos diversos pontos desse atributo e o explicaremos de modo mais aprofundado, mostrando também qual é o papel que o teatro tem na formação de pessoas autênticas. Boa leitura!

Quais são as principais características de uma pessoa autêntica?

Ser autêntico é, sem dúvidas, muito benéfico para a vida de qualquer pessoa. Mas afinal, como saber se eu tenho características e quais são os aspectos de quem é autentico? A seguir, veremos algumas das qualidades, indicadoras de que alguém está arrasando na autenticidade. Veja:

  • a pessoa aprende com os próprios erros;
  • há humildade e facilidade para reconhecer as falhas;
  • a autoestima está, na maioria das vezes, em nível elevado;
  • o indivíduo consegue observar o amplo espectro das situações;
  • o sujeito vive no presente;
  • esse alguém consegue enumerar objetivos e desejos facilmente;
  • há uma dose saudável de realismo;
  • existe empatia;
  • ocorre o respeito ao próximo e às diferenças;
  • a opinião própria é defendida;
  • ideais são muito importantes para esse indivíduo;
  • existe um senso de humor refinado, por vezes irônico;
  • há motivação e coragem para enfrentar os obstáculos do dia a dia.

Como vemos, as características de um verdadeiro autêntico são bastante variadas, não é mesmo? Por conta disso, desenvolvê-la pode ser uma incrível ferramenta para conquistar amizades, relacionamentos e até mesmo vagas de emprego muito mais vantajosas, que realmente combinam com o seu perfil e melhorarão a sua qualidade de vida.

Quais vantagens são trazidas para aqueles que são autênticos?

Agora que você já viu as principais qualidades de um autêntico, que tal conferir quais são as vantagens obtidas com a presença dessa habilidade no dia a dia? Veja a seguir!

Ser uma pessoa verdadeira

A autenticidade está muito ligada ao fato de sermos ‘’verdadeiros’’. Isso, é claro, não quer dizer apenas falar a verdade para os outros, mas também vivermos de acordo com aquilo em que acreditamos e sermos sinceros com nós mesmos. Muitas vezes, falar a verdade para si é ainda mais complicado do que assumi-la publicamente e por isso, ser autêntico é extremamente importante.

Ter mais coragem

Todos os dias, precisamos estar cobertos de coragem. Coragem de enfrentar o mundo, de lidar com os nossos problemas e falar aquilo que pensamos, além de, é claro, honrar as nossas palavras. A autenticidade faz com que você realmente apoie aquilo que acredita e tenha muito mais coragem para enfrentar o dia a dia caótico.

Não precisar fingir

Aproveitando o gancho dos últimos tópicos, podemos citar como outra vantagem da autenticidade o fato de não precisarmos fingir. Conquistar a autonomia e a confiança nos possibilita a dizermos a verdade e sermos honestos, vivendo nossas vidas do jeito que quisermos.

Atrair só quem realmente gosta de você

Muitas vezes, esse tipo de atitude pode fazer com que algumas pessoas se afastem. Isso pode ser visto como algo positivo, pois mostra aquilo que você realmente é e faz com que pessoas mais similares se aproximem, gerando relações mais produtivas. Além disso, a empatia e o respeito pelas diferenças permitem o contato com outras culturas de modo mais fácil.

Melhora do relacionamento com outras pessoas

Como vimos anteriormente, a aproximação com sujeitos que pensam como você e o respeito pela diversidade fazem com que indivíduos diferentes, mas ainda assim parecidos, se relacionem mais. Isso expande o seu ciclo de amigos para seres humanos que realmente se importam e serão companheiros essenciais na sua caminhada para alcançar os objetivos.

Ter mais autoconhecimento

Conhecer a si mesmo é algo que, infelizmente, poucas pessoas conseguem fazer de modo eficaz. Ser autêntico é, portanto, uma maneira de conquistar o autoconhecimento e desfrutar de todos os seus benefícios para a vida pessoal, profissional e acadêmica, sem ter medo de ser feliz e ser quem você realmente é.

Como o teatro pode ajudar alguém a se tornar uma pessoa autêntica?

O teatro é uma arte conhecida por desenvolver diversas habilidades fundamentais para a existência humana em sociedade, como a empatia, o respeito pelas diferenças e a autoconfiança. Todas essas características são direta ou indiretamente relacionadas ao conceito de autenticidade.

Desse modo, é fácil perceber que as aulas de artes cênicas podem nos ajudar a ser mais autênticos. Isso é possível graças ao contato muito intenso que temos com a nossa natureza humana, sua diversidade e todas as complexidades que a envolvem. O que proporciona um pensamento mais crítico e, ainda assim, mantendo o respeito ao modo de vida do próximo.

Dia a dia, o teatro trabalha as interações entre seres humanos por meio de situações hipotéticas ou da interpretação de fatos que realmente ocorreram em nossa história. Viver, ainda que momentaneamente, na pele de outras pessoas é fundamental para nos auxiliar na busca pela autenticidade e de muitas outras habilidades.

Agora que vimos como o teatro pode ajudar alguém a se tornar uma pessoa autêntica e dona de suas próprias ideias e opiniões, que tal dar uma chance a essa belíssima arte? Você pode desenvolver diversos talentos incríveis, conhecer novas pessoas e, de quebra, aprender muito mais sobre si mesmo. Não deixe essa oportunidade para depois!

Neste artigo, vamos contar alguns ganhos que podem ser obtidos por meio das aulas de atuação, para que você entenda os benefícios do teatro.

Conheça 3 dos principais benefícios do teatro para sua vida

O teatro é um lugar de aprendizado constante e experimentação, trazendo retornos positivos de diversas ordens. Quem já teve essa experiência sabe que os benefícios são inúmeros. Trata-se de um investimento pessoal que fará você desenvolver em muito suas habilidades sociais.

Neste artigo, vamos contar alguns ganhos que podem ser obtidos por meio das aulas de atuação. Abordaremos cada deles em detalhes para que você entenda os benefícios do teatro. Continue a leitura!

1. Redescubra quem você é

O teatro é algo que está intimamente ligado à construção da identidade e da personalidade. De certa forma, podemos ver nossa identidade por meio dele. Mais do que isso, podemos ver também que somos aquilo que não pensávamos para ir além, e assim, descobrir novos potenciais até então desconhecidos.

Nesse caso, não se trata de descobrir uma verdade fundamental ou essência do indivíduo. A grande sacada dessa experiência pode ser, justamente, o contrário disso. Compreender que não precisamos ser pessoas completas e perfeitas, mas que de uma forma prazerosa, podemos construir saídas positivas em cima dessas percepções.

O jogo teatral também aponta, ao longo do processo, para máscaras que usamos socialmente e pode levar a entender que, por trás de todas elas, talvez não exista um identidade fixa. O nosso ego é algo mais difuso do que imaginamos, é mais uma ficção de uma coerência do que uma identidade fixa e sólida.

O tempo inteiro estamos nos reinventando e tendo de se adaptar às mudanças ao redor, muitas vezes inconsciente e nem mesmo percebemos isto. O que pode ser difícil para muitos, pode ser mais fácil  quando temos um terreno de experimentação para isso.

2. Conheça uma forma de arte milenar e atual

A história da humanidade acompanha a história do teatro. Mesmo em sociedades distintas, sem contato entre si, é possível encontrar a encenação, que em muitos lugares se confundia com a própria religiosidade do grupo.

Essa tradição que atravessa os séculos é uma forma importante de entender a nós mesmos e a sociedade em que vivemos. Consumir e produzir teatro constrói outras perspectivas, necessárias sobre a realidade. É um exercício que traz a reflexão, a crítica, a desconstrução e também o divertimento, é claro.

Muitas das histórias que conhecemos e amamos da cultura popular têm origem no teatro, ou mesmo são uma releitura de peças célebres. Por que não entrar em contato com as fontes originais dessas histórias?

Além disso, é possível também conhecer muitos clássicos importantes da literatura e dramaturgia, e outros tantos textos modernos que contribuem para o desenvolvimento da nossa cultura. Alias são estes textos clássicos os grandes reveladores da identidade humana.

3. Desenvolva habilidades de comunicação

Um campo fértil para ser desenvolvido com o teatro é o da comunicação interpessoal. Além das peças em si, você também terá a chance de fazer nas aulas ótimos exercícios que envolvem a forma como nos expressamos e comportamos nas relações. No sentido mais amplo, você aprenderá técnicas sobre movimento, vocalização, expressão corporal etc.

Um motivo recorrente para os alunos buscarem essa formação é o trabalho com a timidez. E realmente funciona. Converse com algum amigo que tenha feito aula de teatro.

No teatro a prática é constante e necessária para o contínuo desenvolvimento. O estudante de teatro, assim como o profissional, está em constante aprimoramento pessoal.

Como você pôde ver, os benefícios do teatro são verdadeiramente impactantes na trajetória de uma pessoa. É uma vivência transformadora, que tem o potencial de te fazer crescer intelectualmente e emocionalmente.

Aposto que agora você vê o teatro com outros olhos, não é mesmo? Se você se interessou pelo assunto, veja também essa outra discussão sobre a  importância da criatividade no mercado de trabalho!

Mas afinal, quais são as vantagens que a criatividade traz para as crianças? O estímulo dessa habilidade pode auxiliar na vida adulta dos pequenos?

Como estimular a criatividade do seu filho? Veja estas 4 dicas!

Para você, seu filho pode ser considerado criativo? Muitos pais não sabem como estimular a criatividade infantil, adequadamente, ou não conhecem a importância do incentivo dessa característica, acreditando que as crianças são criativas por natureza.

Embora isso seja parcialmente verdadeiro, é inegável que a criatividade, assim como outras habilidades, deve ser incentivada para que ocorra um desenvolvimento completo e o domínio dela. Uma criança que vive sem estímulos tende a perder, pouco a pouco, a sua capacidade imaginativa.

Mas afinal, quais são as vantagens que a criatividade traz para as crianças? O estímulo dessa habilidade pode auxiliar na vida adulta dos pequenos? E, mais importante, como podemos incentivar o desenvolvimento criativo de nossos filhos? Confira a resposta para essas perguntas a seguir!

O que é a criatividade?

Não existe uma definição exata para o que é a criatividade. Essa habilidade pode ter definições diversas, que dependerão muito do ponto de vista e das experiências daquele que a explica.

No entanto, de modo resumido, é possível dizer que ela é uma habilidade que caracteriza pessoas que buscam ideias para a criação de novas coisas. Ela está intimamente ligada à percepção, à observação e até mesmo à autoestima das pessoas.

Embora seja desenvolvida naturalmente durante a infância, a criatividade precisa ser estimulada por meio de elogios, de atividades e do ambiente em que a criança está inserida. Dessa forma, o potencial criativo é ativado e levado para toda a vida.

Quais são os benefícios trazidos por essa habilidade?

Para os mais céticos e práticos, a criatividade pode ser vista como perda de tempo. Por muito tempo, os “sonhadores” foram vistos como pessoas que não estavam à altura de grandes nomes das ciências exatas. O que poucos sabem, no entanto, é que muitos gênios foram extremamente criativos e apaixonados pelas artes.

A criatividade auxilia no desenvolvimento psicológico e emocional, em vários graus diferentes. Crianças criativas são mais maduras emocionalmente, mais independentes e descobrem o mundo a partir de óticas completamente diversas. Confira algumas das vantagens trazidas pelo estímulo dessa característica:

  • facilidade na comunicação;
  • independência;
  • coragem;
  • ambição;
  • menores níveis de estresse;
  • facilidade em resolver problemas;
  • empatia;
  • autoconhecimento;
  • inteligência emocional;
  • raciocínio lógico;
  • inovação;
  • concentração;
  • memorização.

Como podemos ver, ser uma pessoa criativa auxilia em diversas áreas de nossas vidas. Por isso, incentivar a criatividade nas crianças as torna muito mais capazes para enfrentar o mundo, além de colocá-las em vantagem no mercado de trabalho, já que essa característica é hoje vista como um grande diferencial para os colaborados e lideres em geral.

Como estimular a criatividade das crianças?

Felizmente, o estímulo da criatividade em crianças não é nenhum bicho de sete cabeças.  Os pequenos são naturalmente imaginativos e só precisam de um pequeno empurrão de seus pais e familiares para desenvolver essa habilidade de forma saudável e completa. Confira algumas dicas para facilitar essa tarefa.

1. Elogie a criança

A construção da autoestima é fundamental para que crianças continuem exercitando sua criatividade. Por isso, sempre ofereça elogios para suas criações e mostre que elas são capazes.

2. Forneça o ambiente adequado

Florescer a criatividade em um ambiente ‘’pobre’’ é bastante complicado. Felizmente, é fácil fazer o enriquecimento ambiental para que os pequenos possam criar. Deixe materiais, como papéis e lápis de cor sempre à mão, além de fornecer brinquedos como blocos de montar. Não é necessário gastar muito para isso!

3. Participe e incentive

As crianças veem nos adultos o espelho daquilo que precisam ser. Por isso, seja participativo e mostre interesse. Faça sessões de teatro de fantoches, leia para seu filho e escreva histórias com ele. É uma ótima oportunidade de criar momentos em família!

4. Procure atividades enriquecedoras

Por fim, matricular a criança em atividades que estimulam a criatividade é uma ótima maneira de auxiliar nesse processo. Práticas como a dança ou teatro infantil são excelentes alternativas!

Gostou de saber como estimular a criatividade de seu filho? Agora que você já conhece todos os benefícios trazidos por essa habilidade e sabe como incentivá-la, não perca tempo e comece desde já a trabalhar essa característica!

Conhece alguém que também tem filhos pequenos? Então, que tal compartilhar este artigo em suas redes sociais para que outras famílias conheçam os benefícios da criatividade e saibam como estimulá-la entre as crianças.

 

Se você está buscando maneiras de melhorar sua vida e ser uma pessoa mais focada, então veio ao lugar certo! É só continuar a leitura deste post!

Autoconhecimento e foco: como usá-los para melhorar a vida?

Para que você consiga fazer uma coisa de cada vez, é preciso se conhecer e entender como você funciona. O autoconhecimento é algo essencial para seu desenvolvimento — ao conhecer suas emoções e objetivos, fica mais fácil ter foco.

Conhecendo a si, é possível traçar metas alcançáveis e que respeitem seus limites, bem como trabalhar com seus pontos fracos e usá-los a seu favor.

Se você está buscando maneiras de melhorar sua vida e ser uma pessoa mais focada, então veio ao lugar certo! É só continuar a leitura deste post!

Entenda a relevância do autoconhecimento

Apesar de parecer um tema novo, o ato de conhecer a si já era discutido entre os gregos por volta do ano 650 a.C. Filósofos como Sócrates e Platão indicaram o autoconhecimento como a maior fonte de sabedoria possível.

Entender melhor como você é por dentro é reconhecer seus pontos fortes e seus pontos fracos — e, em vez de ignorar os pontos negativos, aceitá-los e aprender a trabalhar com eles. Com o tempo, passará a ser uma pessoa mais confiante e terá mais energia para continuar seu caminho rumo ao sucesso, tanto pessoal quanto profissional.

Crie metas possíveis

Quando falamos de metas possíveis, fazemos referência àquilo que você é capaz de realizar. É comum que as pessoas acabem confundindo sonhos com metas, por isso é tão frequente ver tanta gente frustrada.

Ao aprender mais sobre si, encontrar seus objetivos de vida deixa de ser uma tarefa tão difícil. A inteligência emocional ajuda você a enxergar as coisas com mais clareza, inclusive se você prefere desafios e aventura ou se precisa de algo mais concreto e confortável.

Uma boa opção é sentar e visualizar seu futuro, pensando em como sua vida será quando alcançar seus sonhos. Então, anote suas ideias e delineie o que será preciso fazer para conquistar seus objetivos, passando pelos menores passos até chegar aos maiores.

Observe um exemplo prático: você quer mudar de emprego — isso é uma intenção. Meta é aquilo que levará você à ação, ou seja, é o que será feito para que consiga essa mudança: um curso para se aperfeiçoar, por exemplo.

Entenda como ser uma pessoa mais focada

Vale ressaltar que há uma diferença entre foco e concentração: o foco é a tendência inata de nosso cérebro a dar atenção a alguma coisa, já a concentração é a habilidade que temos de manter o foco apenas em uma atividade durante um período mais longo.

Acompanhe, a seguir, algumas dicas para manter, de forma constante, o foco em seus objetivos:

  • defina suas prioridades e, então, analise as principais;
  • estabeleça um plano de ação concreto;
  • saia da sua zona de conforto, pois é fora dela que suas habilidades se desenvolverão;
  • substitua hábitos ruins por hábitos mais saudáveis;
  • revise seu plano de ação semanalmente e suas metas mensalmente para acompanhar sua evolução e fazer os devidos ajustes se necessário.

Como você percebeu, pela leitura deste post, manter o foco é algo que envolve um esforço diário — e que é indispensável para seu sucesso tanto na vida pessoal quanto na profissional. Toda mudança exige bastante disposição e paciência, pois ela acontece por meio de passos pequenos e cada pessoa tem seu ritmo próprio.

Agora que já entendeu a importância do autoconhecimento, aproveite para saber como a arte pode ajudar em sua concentração, e o teatro pode ser um grande aliado para melhorar seu foco!

Quer saber como desenvolver seu autoconhecimento?

Entenda a importância do autoconhecimento e melhore ainda mais

Reconhecer suas emoções e saber lidar com elas, conhecer suas habilidades potentes e deficiências à serem fortalecidas, trabalhar para a sua evolução — tudo isso faz parte da jornada para entendimento de si e a percepção de identidade e valor pessoal. A importância do autoconhecimento não é novidade para ninguém.

Seja para a vida pessoal ou profissional, o tema tem sido bastante discutido. E isso não acontece à toa, já que se conhecer é essencial para que se tenha mais autoconfiança e bons relacionamentos (tanto amorosos quanto de amizade).

Quer saber como desenvolver seu autoconhecimento? Então é só continuar a leitura deste artigo e conferir nossas dicas!

Questione-se

Tire um tempo para respirar, pare e pense no que você realmente quer. Quais são seus maiores anseios, metas, objetivos e propósitos? Faça perguntas fáceis e difíceis para sair de sua zona de conforto, pois é fora dela que encontrará mais força de vontade.

Lembre-se de ser honesto, pois não haverá ninguém para lhe julgar. Não existe uma resposta ideal, nem o que é certo ou errado, o objetivo é apenas conseguir se enxergar melhor para tentar encontrar um bom caminho para a sua evolução.

Anote suas ideias e sentimentos

Essa é uma parte importante do processo. Sempre que tiver uma ideia — como a solução para um problema —, escreva e faça uma pequena análise da situação. Isso ajuda a organizar seus pensamentos e, portanto, exercita sua criatividade.

Não se preocupe em escrever algo que seja digno de virar um livro ou ser publicado em um blog, o importante é ter suas ideias e o que sente em mãos. Dessa maneira, você se conectará mais com você, o que pode trazer à tona soluções que antes pareciam estar esquecidas em sua memória.

Esteja aberto a mudanças

Acredite, mudar de opinião ou de comportamento é um sinal de maturidade, não de fraqueza. Toda essa jornada envolve a desconstrução de velhos conceitos e faz parte do processo de questionamento e reflexão. Ser flexível e aceitar que as coisas (e as pessoas) mudam deixa tudo mais leve.

Faça terapia

Sabemos que o autoconhecimento não é uma tarefa fácil, portanto, não hesite em procurar a ajuda de um profissional — passar por isso sozinho não é aconselhável. A psicoterapia lhe ajudará a lidar com a ansiedade e todos os sentimentos que poderão surgir nesse processo.

Um terapeuta proverá orientação para que você aprenda a melhor maneira de refletir sobre si e como lidar com o mundo e todas as suas demandas. Ele poderá ser um excelente aliado em seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Tire um tempo para si

Nesse mundo agitado e em meio a uma rotina frenética e altamente conectada a tudo, tirar um momento para ficar sozinho é essencial para sua saúde física e psicológica. Aproveite para relaxar e ficar offline, ter hábitos mais saudáveis, ler um bom livro, praticar exercícios físicos e ouvir músicas que lhe fazem bem.

Colocar-se como prioridade não é um ato de egoísmo e sim de respeito consigo. Para conseguir realmente respeitar os outros, é necessário, antes de mais nada, respeitar a si e a seus limites. Saber quando dizer não e delegar tarefas é essencial para que seus objetivos e sonhos sejam alcançados com mais facilidade e sem tanto sofrimento desnecessário.

Agora que você já entendeu a importância do autoconhecimento, aproveite para nos seguir no Facebook e acompanhar nosso conteúdo por lá também!

Você sabe o que é inteligência emocional? Entenda a importância

Você sabe o que é inteligência emocional? Entenda a importância

Sentimentos são parte importante de quem somos e, por isso, exercem um papel crítico em todas as áreas de nossas vidas. O renomado psicólogo e autor Daniel Goleman explica o que é inteligência emocional: a capacidade que uma pessoa tem de reconhecer e gerenciar as próprias emoções.

Portanto, podemos dizer que um indivíduo emocionalmente inteligente tem as seguintes características: estabilidade, persistência, resiliência, flexibilidade, autoconfiança e empatia. Esta última qualidade vem do fato de que ele consegue reconhecer, também, as emoções daqueles que o cercam.

Quer saber mais sobre esse conceito, como identificar se você tem tal característica e a melhor maneira de colocá-la em prática? Então, é só continuar a leitura deste artigo, pois temos todas as respostas!

Qual é a diferença entre QI e QE?

Primeiramente, vamos às siglas: QI é o quociente de inteligência e QE é o quociente emocional. Testes de QI têm o objetivo de medir a capacidade que uma pessoa tem de processar informações e, por muito tempo, foram utilizados para saber se ela poderia ser bem-sucedida.

No entanto, segundo Goleman, nem sempre o QI é o fator mais importante para o sucesso, pois de nada adianta ser muito inteligente se você não sabe gerenciar bem suas emoções. Vale ressaltar, ainda, que QI e QE se complementam (e não são fatores opostos).

Como identificar se você tem inteligência emocional?

No livro Inteligência Emocional, Daniel Goleman elenca os aspectos principais que a compõem. Veja se você tem algum deles:

  • conhecimento das próprias emoções: ter consciência de si;
  • controle de seus sentimentos: saber guiá-los conforme cada situação;
  • automotivação: saber utilizar suas emoções para atingir seus objetivos;
  • reconhecimento das emoções dos outros (empatia);
  • boa relação interpessoal.

O que pode ajudar a desenvolver essas características?

Sabemos que a estrada para a conquista da inteligência emocional pode ser longa e tortuosa; portanto, saiba que o importante é conseguir dar um passo de cada vez. Confira, agora, alguns passos a serem seguidos para atingir esse objetivo:

  • observe e analise seu comportamento: perceba como suas atitudes impactam seu dia e suas relações;
  • aprenda a lidar com emoções negativas: é preciso saber dominar esse tipo de sentimento e não permitir que controlem você;
  • realize atividades prazerosas: essa é uma ótima maneira de relaxar e lidar com sentimentos ruins;
  • trabalhe sua autoconfiança e autoestima: a inteligência emocional ajuda a acreditar em seu potencial e em suas habilidades;
  • não tenha medo de se expressar nem de dizer não: é importante falar sobre o que você sente, bem como respeitar seus limites;
  • exercite o respeito pelo próximo: reconheça que todos nós temos limitações, necessidades, direitos e deveres;
  • foque no longo prazo: a jornada do autoconhecimento é longa, então não espere resultados imediatos.

Lembre-se de ser paciente e gentil consigo, pois esse também é um passo importante para o desenvolvimento pessoal e profissional. Na medida em que for avançando, você terá relacionamentos mais verdadeiros e duradouros e, quem sabe, poderá se tornar um ótimo líder.

Então, agora que já sabe o que é inteligência emocional e entendeu sua importância, compartilhe este artigo em suas redes sociais. Assim, você poderá ajudar outras pessoas a saberem mais sobre o assunto!

Como fazer teatro pode modificar aspectos da minha vida pessoal?

Saiba como fazer teatro pode ajudar em sua vida pessoal

Imagine um lugar onde você pode ser o que quiser. Se jogar, se libertar das amarras psíquicas e sociais, fazer amigos e, ainda, estimular o corpo e a mente de forma integral. E mais! Imagine que esse lugar será responsável por momentos de bem-estar, além de lhe proporcionar um maior conhecimento de si mesmo. Se você pensou em aulas de teatro, acertou! Já parou para pensar em como estudar teatro pode mudar a sua vida?

O teatro é uma das manifestações artísticas mais poderosas, principalmente por ser uma das mais completas. Em uma encenação é possível sentir e observar toda uma composição artística criada pela trilha sonora, pelas as artes plásticas do figurino, a composição cênica, a encenação , a dramaturgia — por meio das falas dos atores —, a expressão psicofísica da interpretação e, também, a ordem lógica para montar todo um encadeamento que tenha sentido.

O teatro ao encontro com a Teoria das Múltiplas Inteligências, desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, que diz que nosso cérebro possui diferentes áreas desenvolvidas, não só as inteligências cognitivas, como a matemática, mas, também, as atividades lúdicas e artísticas. Por isso, a arte cênica é tão importante para o desenvolvimento humano.

Você deve estar se perguntando: como fazer teatro pode modificar aspectos da minha vida pessoal? Continue a leitura do artigo e descubra todos os benefícios que o teatro pode fazer por você!

Promoção do autoconhecimento

Quem faz teatro desenvolve muito o autoconhecimento, isto é, sabe mais sobre si mesmo e, por isso, se torna uma pessoa mais confiante. Como o instrumento de trabalho no palco de um ator é o seu próprio corpo e, em cena, ele não pode contar com mais ninguém mais, aprender a ter segurança e administrar suas emoções é fundamental.

Quanto mais o ator se trabalha, mais consegue interpretar nas circunstâncias exigidas pela personagem e assim, transmitir verdade por meio de sua atuação. Quanto mais a plateia fica envolvida com o seu trabalho, mais o artista se sente gratificado por ter trabalhado o desenvolvimento das ações físicas que compões sua personagem.

Aumento de autoestima

A descoberta de novas competências, principalmente por meio de uma arte tão completa, faz com que o aluno de teatro adquira certas habilidades que não possuía, ou aprimore algumas habilidades que não dominava.

Isso faz com que o aluno olhe para si mesmo, tome consciência de seu potencial e passe a gostar do que vê. A pessoa que estuda teatro desenvolve sua autoestima e percebe que tem capacidade para ir além. Consequentemente, sua autoconfiança se sobressai e adquire-se um maior poder de decisão e uma postura mais positiva diante de situações da vida diária.

Melhora da timidez

É difícil imaginar, mas a maioria dos estudantes de teatro alega que são tímidos, e por esse motivo, procuram um curso de artes cênicas. Se esse é o seu caso, não deixe a timidez te afastar do palco.

Quando as pessoas tímidas decidem encarar o desafio de se unir a um grupo de teatro, elas costumam se sair muito melhor do que os ditos extrovertidos. Introvertidos são inteligentes, buscam sempre se melhorar e acabam encontrando no teatro a forma ideal de expressão pessoal.

Criação de consciência corporal

O ator é o seu próprio instrumento de trabalho, logo precisa cuidar e desenvolver suas movimentações da melhor forma possível. Todo o trabalho de interpretação realizado durante a peça promove em um aluno de teatro a consciência corporal como ele nunca experimentou antes.

É possível notar a melhora da dicção e de movimentos corporais que ficam mais expansivos e naturais com o passar do tempo. O estudante de artes cênicas rompe suas limitações  e recebe grande ajuda no aperfeiçoamento da sua consciência motora.

Fortalecimento de relações sociais

Por mais que o ator tenha a si mesmo como instrumento de trabalho e, por esse motivo, seu desenvolvimento pessoal é potencializado, é preciso lembrar que ele não está sozinho no palco. Fazer teatro é trabalhar em equipe. Mesmo estando em um monólogo, um ator nunca está só. Por isso, aprender a interagir socialmente de forma efetiva trará benefícios tanto pessoais quanto profissionais.

Há equipes que trabalham em conjunto por um longo período de tempo, formadas por atores, diretor, cenógrafo, figurinista, assistentes de palco, entre outros profissionais. Portanto, a atividade teatral proporciona a interação social de forma natural. Há comunicação e convivência com pessoas de diferentes personalidades e visão de mundo, que viveram outras experiências e que, juntas, contribuem para o desenvolvimento pessoal de cada um.

Acionamento de foco e memória

Manter o foco e a concentração são habilidades pouco desenvolvidas e muito requeridas hoje. Nesse sentido, o teatro pode ajudar e muito. O ato de trabalhar com textos longos para que na encenação tudo saia correto faz com que a memória seja ativada e o foco seja requerido, principalmente no momento da cena.

Além disso, o teatro é uma atividade coletiva, em que um depende do outro para que tudo transcorra em perfeição. Esse senso de responsabilidade ajuda o aluno a manter a sua atenção totalmente centrada na encenação até que ela termine.

Por mais que foco, concentração e memória sejam acionados durante a atividade teatral, vale lembrar que treinar essas habilidades será extremamente benéfico para o aluno no futuro, em quaisquer outras tarefas que ele venha a desenvolver.

Ativação da criatividade

Para se tornar mais criativo, nada melhor do que sair da rotina e poder ser, mesmo que por algumas horas, pessoas diferentes: seja um rei, um mágico, um mendigo, uma cortesã, uma costureira, uma freira ou um soldado. Uma das grandes magias do teatro é proporcionar que o aluno adquira conhecimento e diversos pontos de vista por meio da variedade de personagens que ele pode interpretar.

Dessa forma, o estudante pode passar por várias experiências e formas de vida distintas e acaba melhorando o seu próprio repertório, tornando-se uma pessoa mais flexível, interessante, inteligente e autoconfiante.

Percebeu como fazer teatro pode transformar pessoas, trazendo benefícios que ajudam na sua vida pessoal em diversos aspectos? Não poderia ser diferente, pois estamos falando de uma arte milenar que ajudou na disseminação e construção da narrativa como a conhecemos hoje.

Se você quiser conhecer mais benefícios do teatro e ter acesso a outros conteúdos como este, assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

Como o teatro pode ajudar no processo de autoconhecimento.

Os benefícios do teatro e como ele ajuda no autoconhecimento

Nós já conversamos algumas vezes sobre os inúmeros benefícios do teatro, não é mesmo? As habilidades que são trabalhadas nas aulas são diversas e agregam conhecimentos que podem ser utilizados em diversas áreas de nossa vida, fora e dentro dos palcos.

No entanto, pouco se fala sobre o autoconhecimento, ponto imprescindível para que possamos evoluir como seres humanos e crescer cada vez mais, além de melhorar consideravelmente os nossos relacionamentos e nossos desempenhos acadêmicos e profissionais.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e descubra exatamente quais são os conceitos do autoconhecimento e como o teatro pode nos ajudar nessa questão.

O que é o autoconhecimento?

É um termo autoexplicativo, muitíssimo utilizado no ramo da psicologia, e que significa exatamente o que seu nome indica: é o ato de conhecermos a nós mesmos. Parece confuso? Felizmente, seus conceitos são, na realidade, muito simples.

Sua ilustração mais popular é a utilização da “Alegoria da Caverna”, uma passagem poderosa presente em “A República”, obra aclamadíssima do filósofo grego Platão. Aqui, eles nos apresenta a um grupo de prisioneiros que vivem, desde o momento em que nasceram, acorrentados no interior de uma caverna.

A única companheira desses homens é uma fogueira, responsável pela iluminação da parede logo à frente deles e pela única ideia que eles possuem do mundo lá fora: a projeção de imagens e sombras refletidas por estátuas que representam formas humanas.

A grande sacada de Platão é a hipótese do que aconteceria caso um dos homens pudesse sair da caverna e ver o mundo exterior. Ele ficaria estupefato a princípio, mas aos poucos absorveria as informações e aprenderia com elas. Em seguida, ao voltar, o prisioneiro seria ridicularizado por seus companheiros ao narrar tudo o que vira em sua aventura.

Moral da história? Nós só acreditamos naquilo que podemos ver e sentir, ou seja, em nossas próprias experiências, que moldam o modo como vemos o mundo. Por isso, o autoconhecimento é fundamental para que possamos viver em sociedade, interpretando melhor as vivências e aplicando-as em nosso dia a dia.

Qual é a sua importância?

Como podemos perceber com a história contada acima, as experiências são essenciais para que nós possamos nos conectar com o mundo exterior, interior e, consequentemente, conhecer melhor a nós mesmos. O questionamento traz conhecimento e sem o autoconhecimento é impossível evoluir.

A raiz do autoconhecimento é a compreensão de nossas necessidades, desejos, falhas e sonhos, sendo um caminho chave para a busca da plenitude. Afinal, como nos adaptar às mudanças e buscar algo para nós quando sequer sabemos o que este algo é?

Com o aprimoramento pessoal, desenvolvemos e exercitamos também a nossa inteligência emocional, nome dado à capacidade de monitorar e controlar as emoções com racionalidade e sabedoria. Desta forma, passamos a lidar ainda melhor com a sociedade e o mundo que nos rodeia, pontos extremamente importantes para qualquer pessoa, e que podem ser um diferencial em ambientes profissionais e pessoais.

O autoconhecimento nos permite refletir sobre diversas questões imprescindíveis para melhorar o nosso relacionamento com familiares, amigos e colegas de trabalho, como:

  • quais são os meus pontos fortes?;
  • quais são as minhas fraquezas?;
  • o que me deixa ansioso?;
  • o que me deixa relaxado?;
  • quais são os meus gatilhos emocionais?;
  • o que me deixa inspirado?;
  • o que me deixa menos produtivo?;
  • como eu lido com conflitos e figuras de autoridade?;
  • as pessoas compreendem o que eu quero dizer?;
  • como posso me comunicar de forma mais efetiva?;
  • como lido com críticas e como posso melhorar?

Respondendo essas e outras questões, aprendemos a lidar melhor com situações do cotidiano e reagir com mais sabedoria às mudanças as quais estamos constantemente expostos todos os dias. A sabedoria emocional, sem dúvidas, facilita as relações humanas em todos os aspectos.

Quais são os benefícios do teatro para o seu desenvolvimento?

Agora que sabemos o que é o autoconhecimento e a sua importância para o desenvolvimento de nossa inteligência emocional e para o fortalecimento dos laços que criamos com outros indivíduos, falaremos um pouco sobre o papel do teatro nesse processo. Vamos lá?

Ajuda a identificar novas habilidades

As aulas de teatro nos colocam, mesmo que por meio da encenação e leitura, em contato com diversas situações inusitadas e que estão completamente fora de nossa realidade.

Com isso, pouco a pouco descobrimos novas habilidades e particularidades até então desconhecidas por nós mesmos. Bacana, não é mesmo?

Aumenta a autoestima e a segurança

As artes cênicas são famosas pelo seu imenso trabalho no desenvolvimento e aprimoramento pessoal. O que inevitavelmente leva a maior  auto aceitação e  autoestima daqueles que a praticam. Ainda falando sobre as situações diferentes que são vivenciadas durante as cenas, podemos adicionar que elas também nos ensinam a lidar melhor com os obstáculos de forma mais criativa.

Além disso, as aulas trabalham pontos como postura, entonação vocal e consciência corporal, nos permitindo conhecer melhor nosso próprio corpo e nos deixando ainda mais seguros de nossas escolhas.

Favorece o desenvolvimento da autodisciplina

Embora super divertidas e relaxantes, as aulas teatrais exigem de seus estudantes. Para ser bem-sucedido na área, queira você se tornar ator ou não, é necessário desenvolver disciplina.

Por isso, aprendemos a não deixar a procrastinação se aproximar do nosso dia a dia e a controlar melhor nosso tempo e tarefas. Isso permite que possamos dedicar mais tempo a nós mesmos, nos conhecendo ainda melhor.

Possibilita a vivência de novas experiências

Entrar em contato com novas histórias, situações e ambientes é um ótimo exercício de empatia e autoconhecimento. Toda essa gama de diversidade é um prato cheio para que possamos vivenciar, de certa forma, experiências completamente únicas e que nunca poderíamos vivenciar em nosso dia a dia comum.

Outro ponto bastante interessante é a possibilidade de fazer novas amizades com pessoas que também não teríamos a oportunidade de conhecer fora do âmbito teatral. Os amigos também são cruciais na jornada em busca do autoconhecimento!

Auxilia no descobrimento de novos gostos e interesses

Por fim, retomaremos o tópico das novas habilidades introduzindo uma nova perspectiva: a descoberta de novos gostos e interesses. Afinal de contas, todos precisamos nos divertir um pouco, certo?

O teatro — não só as aulas, mas o ambiente e as pessoas nele inseridas — abre portas para um mundo de possibilidades e descobertas, despertando a paixão por diversos temas com os quais dificilmente teríamos contato fora dos palcos.

Vale a pena lembrar que o autoconhecimento é um trabalho contínuo, já que estamos constantemente em evolução. Por isso, é importante estar sempre aberto a novos aprendizados, para facilitar ainda mais o processo iniciado com as aulas de teatro!

Já deu para notar o quão potente o teatro é para o autoconhecimento, não é mesmo? Que tal dar uma chance para essa arte e fazer algumas aulas? As vantagens vão muito além do aprendizado de um novo ofício: são ensinamentos para toda a vida!

Para ficar por dentro de todas as nossas novidades, curta a nossa página no Facebook e receba todas as notícias diretamente na sua timeline!

Maneiras de melhorar sua autoestima e ser mais feliz

Conheça maneiras de melhorar a autoestima e ser mais feliz

Ser feliz e ter qualidade de vida é uma condição primordial para a nossa existência. Um dos fatores mais importantes para conquistarmos estes estados de plenitude é cultivar a nossa autoestima. Mas você saber o que este termo significa?

Autoestima é a capacidade de se perceber, de olhar para si e identificar as suas qualidades, o seu valor, os seus atributos morais e éticos. Assim, é possível desenvolver um sentimento de amor próprio e fazer de tudo para manter esse estado de espírito, pois ele traz um bem-estar psíquico que reflete em todos os aspectos da vida da pessoa.

Porém, algumas pessoas têm certa dificuldade em ter autoestima por diversos motivos que, muitas vezes, fogem de seu controle. Entre esses motivos podemos citar a culpa, a rejeição, a carência, o sentimento de inferioridade, a frustração, a timidez, a insegurança, os traumas de infância, entre outros sentimentos.

Se você quer saber como melhorar a autoestima, acompanhe as nossas dicas e comece a praticar a partir de agora. Vamos lá?

Desenvolva a autoconfiança

Ter confiança em si é uma atitude que deve fazer parte da rotina de quem precisa melhorar a autoestima. Partindo do pressuposto de que somos todos falhos pelo fato de sermos humanos, estamos juntos no mesmo barco aprendendo como nos tornar pessoas melhores.

Com base nesse preceito, você pode, em tudo que faz, sempre, investir com o seu melhor. Com caráter, ética e disciplina é possível ter estrutura emocional para seguir adiante em qualquer tarefa. Portanto, confiar em si mesmo é uma pratica á ser exercitada para que os seus efeitos estejam cada vez mais perto do ideal.

Cuide de si e de suas emoções

Curar as feridas que ficam insistindo em dar sinal de vida é primordial para reforçar a confiança e o amor em nós mesmos. Seja o que for que tenha acontecido, saiba que você fez o melhor que podia ser feito na época. Olhe para a situação, respire, por pior que seja, sempre temos a oportunidade de aprender com cada situação da vida. Quais são os aprendizados que a vida me trouxe? O que eu preciso me transformar? Procure cultivar os estímulos que potencializam a sua transformação, ao invés de culpabilizar os outros. Isto irá ajudar a fortalecer seu estado emocional.

Fazer terapia, conversar com um amigo querido, escolher com cuidado os alimentos, passar mais tempo com os familiares, ler um bom livro, ir ao cinema, praticar atividades físicas — de preferência ao ar livre — são formas de cuidar da sua saúde física e emocional para ficar bem consigo e ter estrutura para lidar com sentimentos ruins.

Tenha metas a serem cumpridas

Exercite escrever em um papel metas claras de curto, médio e longo prazo. Em uma pesquisa da Universidade de Harvard que durou 10 anos, verificou-se que apenas 3% das pessoas escrevem metas claras em um papel. E depois destes 10 anos, este grupo de 3%, tinha realizado 10 vezes mais do que os outros 97%. Portanto, é um hábito importante e  acessível a todos. Escreva e deixe em um local visível para você. Isto potencializa sua execução. Quando cumprir cada etapa, comemore! Isto é muito importante para fortalecer a autoestima!  E já passe para o próximo passo para continuar no foco.

Cada etapa conquistada tem sabor de vitória, e quanto mais visualizamos nosso avanço, mais autoconfiantes e disciplinados ficamos, e, consequentemente, mais elevamos a autoestima.

Invista no autoconhecimento

De nada adianta ter metas, cuidar de si e ser autoconfiante sem antes ter autoconhecimento. E não é tarefa fácil olhar para si, justamente pelo motivo de estarmos sempre acostumados a olhar para o outro.

Se concentrar em descobrir os seus gostos e anseios, os aspectos mais íntimos de sua personalidade, o modo de ser, agir e pensar, é um exercício que deve ser feito diariamente.

Encontrar atividades que desenvolvam o autoconhecimento também é um aspecto importante. Aulas de teatro, por exemplo, são uma boa opção, pois quem faz teatro aumenta a sua percepção de mundo, além de conquistar amigos com o mesmo interesse.

O divertimento e o lúdico trabalhado no teatro causa uma sensação de bem-estar, principalmente por promover o sentimento da auto aceitação. Dessa forma, que tal entrar para um curso de teatro?

Agora que você ampliou os seus saberes de como melhorar a autoestima, compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais!