Tag Archives: estimulos

Mas afinal, quais são as vantagens que a criatividade traz para as crianças? O estímulo dessa habilidade pode auxiliar na vida adulta dos pequenos?

Como estimular a criatividade do seu filho? Veja estas 4 dicas!

Para você, seu filho pode ser considerado criativo? Muitos pais não sabem como estimular a criatividade infantil, adequadamente, ou não conhecem a importância do incentivo dessa característica, acreditando que as crianças são criativas por natureza.

Embora isso seja parcialmente verdadeiro, é inegável que a criatividade, assim como outras habilidades, deve ser incentivada para que ocorra um desenvolvimento completo e o domínio dela. Uma criança que vive sem estímulos tende a perder, pouco a pouco, a sua capacidade imaginativa.

Mas afinal, quais são as vantagens que a criatividade traz para as crianças? O estímulo dessa habilidade pode auxiliar na vida adulta dos pequenos? E, mais importante, como podemos incentivar o desenvolvimento criativo de nossos filhos? Confira a resposta para essas perguntas a seguir!

O que é a criatividade?

Não existe uma definição exata para o que é a criatividade. Essa habilidade pode ter definições diversas, que dependerão muito do ponto de vista e das experiências daquele que a explica.

No entanto, de modo resumido, é possível dizer que ela é uma habilidade que caracteriza pessoas que buscam ideias para a criação de novas coisas. Ela está intimamente ligada à percepção, à observação e até mesmo à autoestima das pessoas.

Embora seja desenvolvida naturalmente durante a infância, a criatividade precisa ser estimulada por meio de elogios, de atividades e do ambiente em que a criança está inserida. Dessa forma, o potencial criativo é ativado e levado para toda a vida.

Quais são os benefícios trazidos por essa habilidade?

Para os mais céticos e práticos, a criatividade pode ser vista como perda de tempo. Por muito tempo, os “sonhadores” foram vistos como pessoas que não estavam à altura de grandes nomes das ciências exatas. O que poucos sabem, no entanto, é que muitos gênios foram extremamente criativos e apaixonados pelas artes.

A criatividade auxilia no desenvolvimento psicológico e emocional, em vários graus diferentes. Crianças criativas são mais maduras emocionalmente, mais independentes e descobrem o mundo a partir de óticas completamente diversas. Confira algumas das vantagens trazidas pelo estímulo dessa característica:

  • facilidade na comunicação;
  • independência;
  • coragem;
  • ambição;
  • menores níveis de estresse;
  • facilidade em resolver problemas;
  • empatia;
  • autoconhecimento;
  • inteligência emocional;
  • raciocínio lógico;
  • inovação;
  • concentração;
  • memorização.

Como podemos ver, ser uma pessoa criativa auxilia em diversas áreas de nossas vidas. Por isso, incentivar a criatividade nas crianças as torna muito mais capazes para enfrentar o mundo, além de colocá-las em vantagem no mercado de trabalho, já que essa característica é hoje vista como um grande diferencial para os colaborados e lideres em geral.

Como estimular a criatividade das crianças?

Felizmente, o estímulo da criatividade em crianças não é nenhum bicho de sete cabeças.  Os pequenos são naturalmente imaginativos e só precisam de um pequeno empurrão de seus pais e familiares para desenvolver essa habilidade de forma saudável e completa. Confira algumas dicas para facilitar essa tarefa.

1. Elogie a criança

A construção da autoestima é fundamental para que crianças continuem exercitando sua criatividade. Por isso, sempre ofereça elogios para suas criações e mostre que elas são capazes.

2. Forneça o ambiente adequado

Florescer a criatividade em um ambiente ‘’pobre’’ é bastante complicado. Felizmente, é fácil fazer o enriquecimento ambiental para que os pequenos possam criar. Deixe materiais, como papéis e lápis de cor sempre à mão, além de fornecer brinquedos como blocos de montar. Não é necessário gastar muito para isso!

3. Participe e incentive

As crianças veem nos adultos o espelho daquilo que precisam ser. Por isso, seja participativo e mostre interesse. Faça sessões de teatro de fantoches, leia para seu filho e escreva histórias com ele. É uma ótima oportunidade de criar momentos em família!

4. Procure atividades enriquecedoras

Por fim, matricular a criança em atividades que estimulam a criatividade é uma ótima maneira de auxiliar nesse processo. Práticas como a dança ou teatro infantil são excelentes alternativas!

Gostou de saber como estimular a criatividade de seu filho? Agora que você já conhece todos os benefícios trazidos por essa habilidade e sabe como incentivá-la, não perca tempo e comece desde já a trabalhar essa característica!

Conhece alguém que também tem filhos pequenos? Então, que tal compartilhar este artigo em suas redes sociais para que outras famílias conheçam os benefícios da criatividade e saibam como estimulá-la entre as crianças.

 

Adquirimos conhecimentos importantes para a nossa vida adulta, mas não aprendemos a usar a criatividade em soluções para o nosso cotidiano.

Criatividade: seu valor no mercado de trabalho e como desenvolvê-la

Já parou para pensar que, à medida que vamos crescendo, praticamos menos a nossa criatividade? Na pré-escola, somos incentivados a desenhar, pintar e fazer trabalhos manuais. Quando avançamos em nosso currículo escolar, os únicos momentos criativos acontecem somente na disciplina de Artes. E no resto do tempo?

Adquirimos conhecimentos importantes para a nossa vida adulta, mas não aprendemos a usar a criatividade em soluções para o nosso cotidiano. Quando entramos no mercado do trabalho, sentimos a pressão para adaptar os recursos da empresa para resultados melhores e solucionar problemas que surgem de repente.

Muitos profissionais sentem um bloqueio na hora de pensar diferente, acreditando que criatividade é somente para desenvolver trabalhos artísticos. Na verdade, trata-se de ter soluções criativas e saber improvisar para lidar com situações desafiadoras. É aí que percebemos o quanto precisamos desse mecanismo, mas não sabemos como conseguir.

Como, então, exercitar a criatividade? Temos algumas dicas para você. Confira!

Estimule a sua mente

Para começar, leia. Não somente os livros ou revistas que você seja acostumado, mas experimente leituras desafiantes, com pontos de vista e histórias novas para a sua realidade. Podem ser livros relacionados à sua profissão, mas também obras que sejam de outra área de conhecimento.

A música também é uma grande aliada para desenvolver a criatividade. Reúna as canções que mais gosta e descubra novos ritmos. Você pode até montar uma playlist na hora de explorar novas ideias. Realize, também, trabalhos manuais como artesanato, pintura ou bordado. A sua mente fica mais relaxada e propensa a fazer conexões atrás de novas ideias.

Assistir filmes e séries não pode ficar de fora. Há quem pense que tirar um momento para assistir um episódio de seriado é perda de tempo. Não seja assim. Depois de um dia de muito trabalho, o cérebro precisa descansar. É justamente nessa hora de relaxamento que ele vai conhecer novas referências. Procure, também, variar os gêneros do que você assiste.

Expresse os seus sentimentos

Nunca pensou que essa poderia ser uma maneira de exercitar a criatividade? Vamos explicar. Para expressar o que sente, é preciso entrar em contato com as suas emoções e entender o que se passa dentro de si. Para isso, as aulas de teatro são imprescindíveis.

Ao expor o que sente, por meio de gestos, expressões e linguagens, você vai começar a criar. Além disso, o teatro também trabalha a improvisação, que é uma ferramenta maravilhosa para encontrar soluções em situações inesperadas. Um cliente tem uma reclamação e ninguém sabe como resolver? Você estará mais apto para pensar em algo depressa.

Essa experiência também trabalha a desinibição. Aprender a se soltar vai deixar você mais relaxado em momentos decisivos, o que pode facilitar a sua capacidade de apresentar ideias inovadoras.

Saia da sua zona de conforto

A essa altura, já deve ter percebido que as atividades mencionadas acima sempre pedem situações novas, não é? Isso porque é fundamental sair da sua zona de conforto para ter novas ideias. Normalmente, a criatividade não é uma inspiração que cai dos céus sem o menor esforço.

É preciso que a sua mente trabalhe, adquira novas referências e pense de uma forma diferente. Se você precisa encontrar uma maneira nova de resolver um problema, é preciso começar a ver as coisas por um novo ângulo. Para isso, saia da rotina! Escolha algo diferente para almoçar, faça um passeio em um lugar que nunca tenha ido ou procure uma combinação diferente de roupas.

E você pode ir mais além. Se puder, viaje! Faça roteiros inesperados, teste novos idiomas e descubra novas culturas. Será enriquecedor e proporcionará ideias mais originais. Claro que não é preciso vivenciar novas experiências a todo momento, caso contrário, o seu cérebro poderá ficar sobrecarregado com tantos estímulos.

Conheça novas pessoas

Vamos continuar a expandir nossos horizontes? Que tal conhecer novas pessoas? Pode soar estranho a princípio, mas uma conversa pode gerar reflexões que nunca pensamos antes. Fazer amizades com pessoas diferentes, mas com muito conteúdo, vai fazer você pensar além do óbvio.

Afinal, é ótimo ter amigos que concordem com nossos pontos de vista, mas imagine como será construtivo conhecer novas visões de mundo! Claro que não é preciso forçar amizade com gente que brigaria com você, mas abrir a mente para ouvir a história de outro ser humano pode fazer maravilhas para a criatividade.

Além de praticar a empatia, você passa a enxergar o mundo sob outros olhares, o que pode ser essencial para desenvolver ideias para novos produtos ou propor serviços inovadores para clientes.

Cuide mais do seu corpo

Não esperava por essa? Não é só a mente que precisa de exercício. O corpo necessita desempenhar atividades físicas para liberar endorfina, o hormônio que propicia a sensação de felicidade. Assim, você fica mais relaxado para pensar em novos desafios. Comece uma academia ou faça caminhadas ao ar livre.

Para que o seu organismo entre em equilíbrio, também vai precisar de uma nutrição adequada. Não adianta fazer exercícios e se entupir de alimentos prejudiciais que deixam a sua digestão lenta e o corpo mais preguiçoso. Siga um cardápio que atenda às suas necessidades nutricionais, além de comer alimentos com vitamina C e antioxidantes, para o melhor funcionamento dos neurônios.

Quando começar a ter ideias mais originais, anote tudo e faça mapas mentais para organizar os pensamentos. Pensar de uma nova maneira é uma ferramenta extremamente útil no ambiente de trabalho. Na hora de resolver problemas, não apenas o conhecimento acumulado será necessário, mas também a capacidade de encontrar soluções de forma inovadora.

Essa habilidade é muito valorizada nos profissionais atualmente e pode ser a saída para se manter bem em tempos de crise. Mas se uma ideia não deu certo, nada de desanimar! É preciso praticar a criatividade, tentar várias vezes, misturar imaginação com realismo, até funcionar. Várias grandes ideias precisaram de muitos rascunhos até decolarem de vez.

Desenvolver a criatividade também será essencial para trabalhar a própria mente. O seu cotidiano poderá ficar muito mais interessante! Quer ver mais conteúdos como esse em suas redes sociais? Curta a nossa página no Facebook!