Tag Archives: estudo

Como podemos apoiar os filhos que desejam seguir carreira na área das artes cênicas? Você descobrirá algumas dicas para ajudar o seu filho nessa empreitada.

Meu filho quer ser ator, como ajudá-lo e quais as possibilidades profissionais?

Quando pequeno, o que você sonhava em ser quando crescer? Independentemente disso ter ou não se tornado realidade, uma coisa é certa: cada criança tem um desejo completamente único. E se você está lendo este artigo agora, provavelmente o sonho de seu filho é ser ator quando atingir a idade adulta, certo?

Pode parecer um pouco estranho, e é comum que você esteja até um tanto quanto preocupado. No entanto, a carreira de ator é extremamente abrangente, e apoiar o sonho de seu filho trará imensos benefícios para a formação dele, ainda que no futuro ele mude de ideia e deseje seguir outros rumos.

A razão para isso é bem simples: as aulas de teatro auxiliam no desenvolvimento de uma série de habilidades fundamentais para qualquer tipo de profissão e também para a formação da personalidade das crianças, que se tornam mais extrovertidas, criativas, empáticas e observadoras.

Mas afinal, como podemos apoiar as crianças que desejam seguir carreira na área das artes cênicas? A seguir, você descobrirá algumas dicas simples para ajudar o seu filho nessa empreitada. Vamos lá? Boa leitura!

Leve a criança para eventos e peças teatrais

O primeiro passo para demonstrar todo o seu apoio aos sonhos de seu filho é levá-lo, sempre que possível, às atrações da área. Assistir às peças teatrais infantis, com certeza, será um grande passeio em família e deixará a criança ainda mais animada pelo que está por vir!

Inscreva o seu filho em aulas de teatro

O segundo passo é, sem dúvidas, inscrever a criança em aulas de teatro. Nesse momento, ele aprenderá os principais conceitos da arte e fará uma série de dinâmicas com o objetivo de trazer mais desenvoltura e aprimorar o talento que ele possui.

Ajude o pequeno a desenvolver a autoconfiança

A autoconfiança é uma das principais características de um bom ator. Essa habilidade é constantemente trabalhada nas aulas, mas também é papel dos pais e responsáveis desenvolvê-la, seja por meio de elogios, do incentivo à autonomia ou do reconhecimento dos pontos fortes da criançada.

Incentive o estudo de aulas de canto

Por fim, é muito importante que os pais estimulem também o desenvolvimento de outras habilidades que podem ser úteis para a futura carreira de seus filhos. As aulas de canto, por exemplo, são uma boa alternativa para trazer mais conhecimento para a criançada e ajudá-la a desenvolver diferenciais para o ramo das artes cênicas.

Já deu para perceber que possível ajudar seu filho a ser ator, certo? Ainda que ele mude de ideia no futuro, tenha em mente que esse auxílio não será em vão, já que o teatro é uma arte muito vantajosa para as mais diversas áreas da vida de uma pessoa.

O mais importante é sempre procurar uma escola que seja referência em ensino e que possa realmente auxiliar o seu filho a se tornar não só um ator melhor, mas um ser humano muito mais completo e inserido na sociedade!

Ficou com alguma dúvida sobre o curso de teatro ou sobre a carreira em geral? Não se preocupe! Entre em contato! Acesse aqui e tire todas as suas dúvidas. Aguardamos a sua mensagem!

Devo aprender inglês para ser ator?

Devo aprender inglês para ser ator?

O inglês é uma das línguas mais faladas do mundo e extremamente importante em carreiras tradicionais, como administração, economia ou até mesmo jornalismo. Mas, e nas artes cênicas?

É preciso aprender inglês para ser ator? Porque um ator deveria dominar essa língua para perseverar em sua carreira? Se você está começando na carreira e já ouviu muitas vezes que precisa dominar a língua, mas sabe exatamente os motivos, esse texto é para você.

Aqui mostraremos as razões para que você aprenda inglês e como pode melhorar o idioma.

Devo aprender inglês para ser ator?

Conseguir papéis fora do país

O sonho de todo ator é conseguir firmar sua carreira no exterior, estrelando as grandes produções de Hollywood. Mas, para perseverar no cinema norte-americano é preciso, além de ser um bom ator, dominar o inglês.

Por isso, se você deseja vencer nos Estados Unidos ou até começar a participar de produções independentes na Europa é preciso dominar o inglês.

Caracterizar personagens estrangeiros com perfeição

Dominar o inglês é benéfico não apenas para conseguir papéis fora do Brasil, mas também em território nacional.

Em filmes, peças de teatro e novela é comum vermos personagens estrangeiros interpretados por brasileiros. Quando o personagem é inglês e o ator que o interpreta não domina o idioma, a caracterização fica pobre, sem as referências culturais necessárias para que nos identifiquemos com ele.

O mesmo acontece com um estrangeiro, que interpreta um brasileiro, mas não conhece nada sobre nosso idioma ou cultura. Tudo fica raso e artificial, e isso prejudica e muito a caracterização do personagem.

Possibilidade de intercâmbio cultural

Um ator que aprenda inglês tem a oportunidade de realizar intercâmbios culturais em comunidades de atores, participar de workshops, cursos especializados para as artes cênicas ou, ainda, pós-graduação ou ingressar em uma faculdade que o ajude a aprimorar seus talentos nos palcos ou em frente às telas.

Como melhorar meu inglês?

Como pudemos ver, o inglês é importante não apenas para quem tem uma carreira tradicional, mas também para os atores. Por isso, é fundamental encontrar formas para dominar o idioma.

A mais tradicional é ingressar em um curso. Atualmente, existem cursos voltados para artes cênicas, onde o ensino do idioma engloba peças, filmes e outras manifestações culturais que podem ajuda a compor o personagem.

Um programa de intercâmbio é outro caminho para o ator que deseja aprimorar seu inglês. Passar alguns meses em colônias ou países que costumam receber estudantes é uma boa alternativa.

Agora, se você não puder pagar por um intercâmbio, pode aprimorar seu inglês sem sair do Brasil. Além das aulas que frequenta, assista muitos filmes e séries em inglês, ouça músicas e tente ler o máximo possível, em inglês.

Participar de grupos de estudo e se inscrever em eventos onde seja possível se comunicar apenas em inglês também é uma boa possibilidade para quem não pode, por enquanto, sair do país para viver uma experiência em outro idioma.

Agora que você já sabe a importância de aprender inglês, basta escolher a melhor forma para estudar e se dedicar. Você consegue!

Acompanhe neste post dicas imbatíveis para você dar conta ao mesmo tempo do emprego, estudos e das competências a serem aprendidas com as artes. Confira!

Como conciliar arte e trabalho?

Na vida, se a gente não encontra algo que nos dê prazer e desenvolva nossas habilidades, é possível que esta não pareça fazer sentido. Há pessoas que se aproximam do mundo das artes, especialmente o teatro, como forma de fazer a vida valer a pena. No entanto, é comum que a pessoa já tenha outros afazeres, como obrigações profissionais e acadêmicas.

Nesse caso, é possível conciliar estudos, arte e trabalho? É claro que sim! Basta saber como organizar a rotina para poder ajustar os horários para dar conta de tudo. Escolher uma escola de artes que seja flexível também ajuda bastante nesse processo.

Quer saber mais? Acompanhe este post e conheça dicas imbatíveis para você dar conta ao mesmo tempo do emprego, estudos e das competências a serem aprendidas com as artes. Confira!

Crie um cronograma semanal para dividir o tempo

Todo mundo já sabe que um dia tem 24 horas e uma semana sete dias. Apesar disso, poucas pessoas conseguem aproveitar todo esse tempo de maneira produtiva. Infelizmente, não podemos esticar o tempo, mas podemos fazer chegar perto disso. Como? Elaborando um cronograma semanal.

Esse tipo de estratégia permite separar cada compromisso da semana por tempo de realização. Para criar o seu planejamento, você deve listar todas atividades para esse período. Isso inclui a jornada de trabalho e estudo, o tempo que você precisa para se dedicar a sua arte e até mesmo aquelas idas ao supermercado — ou seja, tudo que você pretende fazer durante a semana.

Depois de reunir essas informações, você pode criar uma planilha. Nela, você deve distribuir suas atividades em dias e horários (lembrando que é interessante reservar pelo menos duas horas diárias para os estudos). Considere também o tempo de deslocamento entre casa e trabalho: isso faz toda a diferença no cálculo das horas disponíveis.

Lembre-se de incluir, nesta planilha e na sua vida, o tempo de descanso. Os fins de semana (ou pelo menos um dos dias dele) devem ser usados para relaxar. Se a arte que você se dedica for muito relaxante, aproveite o fim de semana para se dedicar ainda mais. Com esse cronograma feito, você terá mais chances de acertar na conciliação entre arte e trabalho.

Comprometa-se com o trabalho e estudo

Chegar em casa com trabalho acumulado não é uma coisa boa — e deixar para estudar no trabalho também não é seguro, pois aquele tempo que você separou no cronograma para se dedicar aos estudos ou trabalho vai ser comprometido. No fim das contas, você vai ficar atrapalhado e compensar seu tempo nas horas que você gostaria de dedicar à arte.

Para evitar isso, comprometa-se com o trabalho e estudos. Evite distrações durante os estudos para dar conta do conteúdo. Também mantenha o foco no trabalho e procure formas de ser mais produtivo. Por exemplo, tente delegar tarefas a seus colegas, trabalhe mais em grupo e tenha uma agenda organizada. Assim, você não deixa que suas atividades se acumulem ao longo da semana

Aproveite seu tempo ao máximo

Por acaso você usa transporte público? Tem ao menos quinze minutos livres dentro do seu horário de almoço? Já imaginou aproveitar esse tempo para realizar algumas atividades? Acredite: mesmo com apenas alguns minutos diários você consegue otimizar a sua dedicação ao seu trabalho, estudo ou à sua arte.

Nesses pequenos intervalos, aproveite para fazer uma leitura obrigatória do curso ou responder àquele e-mail do trabalho. Se quiser deixar esses intervalos prazerosos, aproveite para ler um texto ou assistir àquele vídeo que fala sobre teatro. Juntando minuto por minuto, você consegue reunir uma boa bagagem de conteúdo ao fim do mês.

Use a tecnologia a seu favor

Para organizar a rotina de trabalho e estudos não basta ter dedicação e boa vontade: hoje em dia, é preciso recorrer à tecnologia. Há uma série de aplicativos exclusivamente voltados para otimizar os estudos e o trabalho. Eles geralmente são gratuitos e podem ser baixados no seu celular.

É o caso do MyStudyLife. Esse aplicativo ajuda a fazer o planejamento de seus estudos. Com ele você pode cadastrar trabalhos, provas e compromissos, tudo organizado no dia e horário que você achar melhor. Ele também salva todas as informações na nuvem, não consumindo a memória do seu dispositivo e fazendo com que você consiga acessá-las de qualquer lugar. Baixe esse e outros aplicativos e se beneficie dessas tecnologias!

Conte com a colaboração da família e amigos

Mesmo com toda tecnologia disponível e um excelente cronograma semanal, pode ficar difícil conciliar trabalho e estudos se você não tiver uma ajudinha da família e amigos. Esses podem ser essenciais para manter você no foco e também oferecer apoio emocional.

Converse com seus familiares e amigos que você possui uma rotina tripla: quer se dedicar ao trabalho, estudos e também ao teatro. Peça para eles ajudarem você no cumprimento de algumas demandas vindas tanto do trabalho ou dos estudos quanto na vida em geral. Por exemplo, solicite a ajuda de um amigo para arrumar o seu quarto ou para consertar aquele computador que você precisa tanto.

Também conte com a ajuda deles para se sentir motivado. Compartilhe suas preocupações com eles e não se esqueça de desabafar quando as coisas apertarem. Assim, você se sente mais acolhido e terá mais energia para tocar a rotina.

Ainda convide-os para assistir peças de teatro e até mesmo acompanhar você no teste de elenco. Isso te auxiliará a ter mais otimismo e receber um feedback sobre a arte na qual você se dedica.

Procure escolas de arte com horários adaptáveis

Talvez fique difícil de mudar os horários do seu emprego e das suas aulas na faculdade. Então, a saída para poder conciliar estudos, arte e trabalho é recorrer a escolas de arte com horários adaptáveis. Existem, por exemplo, escolas de teatro que oferecem cursos nos três turnos, o que pode contemplar as suas necessidades.

Além disso, nessas mesmas escolas os encontros são uma vez por semana e têm duração de poucos meses. Assim, você consegue dar conta de outras obrigações, frequentar e se formar no curso de arte que agrada a você.

Essas foram algumas dicas para harmonizar a relação entre estudos, arte e trabalho. É importante destacar que a arte não serve apenas para nos dar uma sensação de relaxamento, mas também para nos possibilitar adquirir experiências diversas. Com o teatro, por exemplo, é possível melhorar a capacidade de expressão e criatividade, reduzindo a dificuldade de argumentar e se comunicar.

Por falar em teatro, já pensou em conhecer uma escola de teatro que oferece cursos para diversos níveis? Entre em contato com a gente e se surpreenda-se!