Tag Archives: habilidades

Dicas para se concentrar ao interpretar!

5 formas de se concentrar para interpretar

Quem nunca viu pessoas cometendo erros na hora de interpretar? Isso é muito comum e tem ficado cada vez mais evidente com as redes sociais. Isso pode acontecer por várias razões que vão desde a falta de conhecimento de certas palavras a ausência de concentração.

Para que qualquer texto seja bem interpretado, antes de mais nada, é preciso que o leitor esteja bem concentrado. Mas como se concentrar e conseguir interpretar bem? É o que vamos ver a seguir!

Como se concentrar para interpretar

Para que a leitura e a interpretação de um texto não se torne algo difícil ou quase impossível é preciso que o leitor se concentre. A falta de interpretação pode gerar diversas dificuldades tanto na vida pessoal quanto na profissional. Por isso, conhecer algumas técnicas de concentração e aplica-las no dia a dia pode ajudar.

1 – Não leia quando estiver cansado ou com sono

Sabe o que acontece quando uma leitura é feita nessas condições? Ela se torna enfadonha, desanimada e as chances de abandonar aquele texto ou le-lo de qualquer forma se tornam enormes. Além do mais, a concentração passa longe e com isso a interpretação se torna quase impossível.

Por esse motivo, o melhor é evitar a leitura naqueles horários que está mais cansado ou com sono. Procurar ler quando se sente com mais energia ajuda a se concentrar.

2 – Celular? Desligue-o

Quem nunca abandonou tudo o que estava fazendo quando receber uma notificação no celular? Isso acontece com frequência e para que a leitura não seja interrompida o ideal é desliga-lo ou deixe-o em outro cômodo.

Quando a leitura é interrompida por qualquer motivo ao ser retomada é preciso se concentrar novamente. O problema é que nem sempre a pessoa se lembra corretamente o que estava lendo e a capacidade de concentração também pode ser abalada.

3 – Busque por um local confortável e tranquilo

Para interpretar bem é preciso estar bem concentrado. Para isso é preciso que o local escolhido para a leitura seja confortável e não tenha confusão ou barulhos. Assim será possível entender cada parte do texto bem como as ideias que estão sendo apresentadas.

4 – Releia quantas vezes forem necessárias

Existem diferentes gêneros literários assim como estruturas textuais. Algumas são mais fáceis de serem compreendidas que outras. Por isso, se o gênero ou estrutura for algo desconhecido não custa nada reler o texto mais uma vez ou quantas forem necessárias para a sua perfeita compreensão.

Ao fim da primeira leitura o ideal é dar uma pausa de alguns minutos para tentar resumir mentalmente aquilo que foi lido. Se ficar alguma dúvida o melhor é voltara leitura desde o início. Isso deve ser feito até que seja capaz de explicar com as próprias palavras as ideias que foram apresentadas no texto.

5 – Teste o quanto aprendeu

Ao fim da leitura uma ótima forma de conseguir interpretar bem é estar o quanto que foi compreendido. Existem algumas formas de fazer isso e que são bem simples:

  • Checar se as hipóteses foram recusadas ou confirmadas
  • Procurar resumos ou resenhas críticas e fazer comparações com as próprias interpretações
  • Discutir com outros leitores as ideias do texto
  • Fazer uma análise dos tópicos de maior relevância para saber se elas possuem conexões válidas entre elas
Conhecimentos que te ajudam a ser um bom ator/profissional

Conhecimentos que te ajudam a ser um bom ator/profissional

Para se tornar um bom ator profissional é preciso adquirir certos conhecimentos. Afinal, ninguém consegue se sair bem em uma profissão sem saber certos detalhes. Por esse motivo separamos algumas dicas dos conhecimentos que não são necessários para ser um bom ator.

Conhecimentos que um bom ator profissional precisa ter

Um ator precisa ter alguns conhecimentos que são necessários para se sair bem nessa profissão. Ao fazer um curso técnico ou universitário na área alguns pontos são muito bem trabalhados. Mas existem os atores amadores que possuem talento e que não cursaram um curso técnico ou universitário. Por esse motivo, saber o que é preciso para se sair bem nessa profissão é essencial para seu estrelato.

Versatilidade

Um bom ator é aquele que é versátil. Uma forma de conseguir isso é lendo, em voz alta, um trecho de algo modificando a voz e até o sotaque. Para isso vale muito a pena assistir vídeos de pessoas que falem o dialeto que está sendo ensaiado. É necessário prestar atenção a forma como a boca mexida, as palavras são articuladas entre outros pontos.

Caso seja possível conversar com algum nativo daquele dialeto melhor ainda, pois fica mais fácil prestar atenção a detalhes que possam ter passado despercebidos. Outra forma de conseguir isso é contratando um preparador especializado ou um professor.

Projetar a voz

Isso é essencial principalmente para o ator que gosta de atuar no teatro, pois alguns membros da plateia ficam mais distantes do palco. Saber falar alto e em um bom tom é essencial e para isso é recomendado não fumar, beber ou tomar alguma medida que deixe as cordas vocais desidratadas.

Já para o ator de cinema é importante que tenha atenção com o clima da cena. Se os demais atores estão tristes é preciso transparecer esse mesmo sentimento.

Mas atenção, uma voz projetada não significa gritar e por isso há uma técnica. Para que ela seja projetada é preciso respirar pelo diafragma para que tenha mais profundidade e o volume da voz seja aumentado.

Atenção com o estado emocional em cena

O personagem deve transparecer a emoção do momento. Isso quer dizer que se ele se sente feliz o ator deve deixar que esse sentimento surja de forma convincente. Uma forma de conseguir isso é lendo alguns roteiros e determinando as principais emoções em cena. Além do mais, o estado emocional que a cena possui ajuda o ator a não esquecer suas falas, pois elas podem ser associadas as emoções.

Habilidades de palco

Os gestos com as mãos fazem parte de um bom ator profissional, mas não é apenas isso que o torna bom. Afinal, as emoções também devem transparecer em seu rosto para que a plateia saiba o que ele está sentindo.

Mas nada impede que outras técnicas sejam desenvolvidas como é o caso da coreografia, canto e dança. Isso o torna um profissional muito versátil e completo. O ator também pode fazer aulas de combate para que possa aprender a simular lutas, por exemplo. Os diretores de elenco com certeza ficarão impressionados.

O ator profissional ainda pode fazer aulas de dança para se tornar mais versáti. Caso queira fazer algo extraordinário pode ter habilidades que não são comuns, mas que podem ajuda-lo a conseguir papeis mais impressionantes.

Será que dançar e cantar é fundamental para a carreira de ator?

Dançar e cantar é fundamental para a minha carreira?

Atuar é usar seu corpo para passar uma mensagem. É entrar em outras vidas, emprestando sua pele para caracterizar personagens, conhecer novas culturas, vivenciar outras realidades.

Para isso, o ator precisa explorar todas as competências. Precisa saber mover seu corpo muito bem, e usar sua voz para dar vida aos personagens que interpreta. Daí a necessidade de aprender novas habilidades.

Quando assistimos filmes, séries e peças de teatro costumamos ver atores passeando por diversos gêneros. O mesmo ator que faz um faz um filme de ação hoje, pode estar cantando e dançando em outro espetáculo amanhã.

Esse dinamismo levanta a seguinte questão: afinal, é preciso saber dançar e cantar para se destacar como ator? A resposta para isso é sim, e vamos lhe contar por que.

Dançar e cantar é fundamental para a minha carreira?

Multitarefa

Não são apenas as outras profissionais, mais, digamos, tradicionais, que pedem profissionais multitarefas, capazes de executar muito bem inúmeras tarefas. No mundo das artes não é diferente.

Um bom ator não deve somente saber interpretar. Ele precisa saber cantar, dançar, se movimentar com desenvoltura no palco. Afinal, ele pode se deparar com um papel que peça tais competências, como em um musical ou até mesmo em novelas.

Afinal, quantos personagens já apareceram cantando ou dançando apenas para mostrar que estavam participando de uma festa?

Expandir sua área de atuação

As artes cênicas são dinâmicas. Elas envolvem várias áreas. Existem produtos voltados para o drama, para ação, para o terror e também os musicais. Um bom ator precisa saber cantar e dançar para ser capaz de passear por esses diferentes gêneros.

Um ator que não domina essas habilidades fica limitado, preso apenas a um gênero, ou não encontra espaço em nenhum. Afinal, até mesmo em filmes de terror encontramos personagens que podem cantar ou dançar, não é mesmo?

Expressão corporal e composição do personagem

Atuar é vida, é movimento. É usar seu corpo para se expressar. A dança e a música são elementos fundamentais nessa expressão, pois elas ajudam uma pessoa a demonstrar o que pensa, o que sente.

Nas artes, o ator precisa saber expressar os sentimentos. Mas não os seus, e sim do personagem para quem está dando vida.

Daí, é fundamental saber cantar e dançar, para ajudar na composição do personagem, já que essas habilidades permitem que você se mova melhor, se expresse melhor e aprofunde suas emoções.

Como posso aperfeiçoar minhas habilidades em canto e dança?

Antigamente, costumava-se dizer que o canto e a dança eram dons. Ou você nascia com eles, ou jamais conseguiria cantar ou dançar. Atualmente, é possível passar alguns conhecimentos sobre essas habilidades.

As melhores escolas de interpretação estimulam seus alunos a dominar o canto e a dança, usando das habilidades que todos nós possuímos.

Sim, você não leu errado. É possível aprender a cantar, mesmo para os desafinados, e aprender a dançar, mesmo para aquelas pessoas que se sentem, digamos, descoordenados.

Fazer cursos especializados em canto e dança, mesmo fora de sua escola de atuação, podem lhe ajudar a desenvolver esses talentos.

Mas, afinal, quais são as habilidades ensinadas no teatro que auxiliam, desde cedo, no futuro sucesso profissional de crianças e adolescentes?

Descubra 9 habilidades desenvolvidas pelo seu filho no teatro

Além de benéficas para indivíduos de todas as faixas etárias, desenvolvendo características essenciais para as relações pessoais, as aulas de teatro são também indicadas para quem quer ser bom profissional. Isso inclui, obviamente, as crianças, que têm seu desenvolvimento potencializado de maneira positiva com a atividade.

As artes cênicas mexem diretamente com as emoções daqueles que a estudam, ensinando o praticante a lidar de forma mais inteligente com as próprias emoções e abordando os preceitos da empatia, por exemplo. Por isso, as aulas de teatro são indicadas até mesmo para quem não aspira uma carreira na área.

Mas, afinal, quais são as habilidades ensinadas no teatro que auxiliam, desde cedo, no futuro sucesso profissional de crianças e adolescentes? Como a educação lúdica pode contribuir para esse fim? Continue a leitura e descubra por que essas aulas podem mudar a vida de seu filho para a melhor!

1. Estímulo da inteligência

Em primeiro lugar, falaremos sobre o papel do teatro no estímulo da inteligência. Não é incomum encontrar pessoas que acreditam que as aulas dessa arte envolvam apenas fantasias e o mundo de faz-de-contas.

Embora a imaginação e a criatividade sejam fortemente incentivadas durante as aulas, outras capacidades cognitivas (como a memorização, o raciocínio lógico e a resolução de problemas) também são trabalhadas por meio da leitura, interpretação e debates sobre as obras estudadas.

2. Desenvolvimento da autoestima

Quando falamos na palavra autoestima, é muito comum que o nosso primeiro pensamento seja mais voltado para o senso estético. No entanto, estar em dia com essa característica vai muito além de se sentir bem com a sua imagem no espelho (ainda que isso conte bastante).

De forma resumida, a autoestima pode ser definida como o carinho por si mesmo. Em um ambiente profissional, essa é uma característica fundamental, já que o trabalhador precisa ter confiança em seu valor para conquistar oportunidades cada vez melhores no emprego.

3. Promoção do autoconhecimento

Outra habilidade muito ligada à inteligência emocional é a que chamamos de autoconhecimento. Como o próprio nome já indica, essa capacidade diz respeito ao conhecimento que temos de nós mesmos.

Por mais que isso pareça simples, nem todas as pessoas sabem muito bem quem são ou o que desejam fazer de suas vidas. O teatro trabalha isso diariamente durante as aulas, ajudando o aluno a fazer escolhas mais sensatas e a saber exatamente quais são os seus pontos fortes e fracos.

4. Melhora das habilidades sociais

Em nosso dia a dia profissional, precisamos lidar com pessoas de diferentes culturas, criações, personalidades e características. Por isso, é fundamental dominar as habilidades sociais e ter jogo de cintura para evitar conflitos, inimizades e discussões desnecessárias no ambiente de trabalho.

Felizmente, as aulas de teatro auxiliam o aluno a lidar melhor com suas próprias emoções e a se socializar melhor com outros indivíduos, facilitando as relações pessoais nos mais variados ambientes.

5. Aprendizado do trabalho em equipe

Ainda falando sobre as habilidades sociais, podemos citar outra competência importante aprendida nas aulas de teatro que auxilia as crianças a se tornarem bons profissionais no futuro: o trabalho em equipe.

Como sabemos, nenhum homem é uma ilha — e precisamos nos relacionar com colegas e figuras de autoridade em nosso dia a dia. Por isso, trabalhar em equipe sem dificuldades e conseguir produzir com qualidade em grupos é essencial para qualquer funcionário de sucesso.

6. Redução da timidez

Antes de mais nada, é importante ressaltar que a timidez não é uma característica negativa e que precisa ser eliminada, mas um traço de personalidade como qualquer outro. No entanto, ser excessivamente tímido pode ser muito prejudicial em situações sociais ou no ambiente profissional.

Por conta disso, é importante aprender a controlá-la e mantê-la em um nível saudável, de modo em que ser tímido não traga prejuízos no desempenho do trabalho ou faça com que a voz do indivíduo não seja ouvida.

No teatro, a timidez é muito trabalhada e os alunos aprendem a lidar com essa característica, se tornando mais abertos e sociáveis.

7. Desenvolvimento da empatia

Em poucas palavras, a empatia pode ser definida como a habilidade de se colocar no lugar do próximo, pensando como ele e simpatizando com suas dores e alegrias. No dia a dia de um ator ou aluno de artes cênicas, essa capacidade é constantemente trabalhada por meio da interpretação e do contato com pessoas diferentes.

Para ser um bom profissional, é necessário ser empático com as necessidades de seu público, de seus clientes, de seus colegas e de seus superiores. Essa capacidade é ainda mais importante para pessoas que trabalham em posições de poder e que precisam liderar.

8. Aumento da capacidade de liderança

Complementando o tópico anterior, podemos mencionar o desenvolvimento da liderança. Até o presente momento, é muito provável que você já tenha compreendido como o teatro ajuda no fortalecimento dessa importante característica para o ambiente profissional.

Alunos que fazem teatro aprendem a trabalhar em equipe, desenvolvem sua autoestima e se tornam mais empáticos. Eles são, portanto, líderes bastante controlados e justos, que conseguem construir um ambiente de trabalho muito mais harmônico e produtivo.

9. Incentivo da criatividade

Por fim, falaremos sobre uma característica fundamental para qualquer emprego: a criatividade. Hoje em dia, muito se fala sobre a importância da inovação. No entanto, esse conceito não é nada novo, já que apenas chegamos onde estamos atualmente em nossa sociedade graças aos gênios criativos.

Embora crianças sejam naturalmente criativas, é indispensável que essa habilidade seja constantemente estimulada. As aulas de teatro, então, contam com o ambiente perfeito para dar asas à imaginação, e os alunos são encorajados a deixar aflorar o que há de mais criativo dentro deles.

Agora que você já sabe como o teatro pode ajudar no desenvolvimento do seu filho, não perca tempo e procure uma escola de teatro para iniciar os estudos das artes cênicas. Aqui vai a dica de uma excelente escola! Até a próxima!

Descubra exatamente como as aulas de teatro infantil podem fazer com que seu filho seja uma pessoa muito mais preparada para encarar o mundo que o espera!

Devo colocar meu filho no teatro infantil? Descubra aqui!

Por muito tempo, as aulas de artes cênicas foram vistas como uma ferramenta voltada exclusivamente para a formação de atores, atrizes ou outros profissionais da área teatral. No entanto, nos últimos anos o teatro infantil foi ganhando força e essa arte passou a ser vista como uma ótima atividade para o desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Além da ação profissionalizante, as aulas de teatro aplicadas na infância e adolescência são uma excelente maneira de incentivar o desenvolvimento de diversas habilidades fundamentais para a vida dos indivíduos. Por meio delas, o aluno passa a se conectar melhor com o mundo e até mesmo ter mais sucesso profissional no futuro.

Não está convencido? Continue a leitura e descubra exatamente como as aulas de teatro podem fazer com que seu filho seja uma pessoa bem-sucedida e muito mais preparada para encarar o mundo que o espera!

Como funciona o teatro infantil?

As aulas de teatro infantil fazem parte do que é conhecido como educação lúdica. Esse tipo de ensino é focado no aprendizado e conta com o auxílio de diferentes estímulos, como as artes cênicas, a música e o desenho. Assim, a criança consegue desenvolver diversas características e habilidades de modo diversificado e divertido.

Esse tipo de educação vem ganhando muito espaço ultimamente e tem se mostrado bastante eficaz. De fato, as habilidades desenvolvidas nas aulas de teatro são procuradas por diversos empregadores e fazem a diferença no dia a dia de quem as aprende, especialmente durante a infância.

As aulas seguem mais ou menos o mesmo ritmo do teatro para adultos, respeitando, obviamente, as limitações e particularidades dos alunos. Os temas tratados são condizentes com a faixa etária, assim como as atividades propostas.

Quais as principais vantagens das aulas de teatro infantil?

Agora que você já conhece um pouco sobre o funcionamento das aulas de teatro infantil, que tal saber quais são as principais vantagens trazidas por essa arte para o desenvolvimento dos pequenos?

Favorece a interação entre os alunos

Ainda que os laços de amizade criados na primeira infância não sejam, na maioria das vezes, para sempre, a interação entre os alunos é essencial. Durante a adolescência, então, essas relações se tornam ainda mais relevantes para a formação psicológica e para o desenvolvimento da autoestima dos estudantes.

No teatro, aprende-se diariamente a lidar cada vez melhor com todos os aspectos dos relacionamentos humanos, seja por meio do estudo de textos que nos conectam com as emoções, pelo desenvolvimento da empatia ou simplesmente por conta do incentivo da criação de amizades entre os participantes.

Trabalha e exercita a comunicação

Ainda falando sobre o papel do teatro no desenvolvimento da comunicação, é importante mencionar quais são exatamente os aspectos trabalhados durante as aulas. Um dos principais é a expressão corporal, que é largamente estimulada e tem grande importância no modo como nos comunicamos.

Além disso, podemos citar a redução da timidez excessiva, o aprendizado da arte da oratória (a capacidade de falar bem em público), a melhora da dicção e da colocação vocal e, até mesmo, a facilidade em lidar com as palavras. Essas características são fundamentais para o desenvolvimento de relacionamentos saudáveis e para o futuro profissional.

Estimula o amadurecimento emocional

O autoconhecimento é peça-chave para garantir o amadurecimento pessoal e o fortalecimento da inteligência emocional. Todas essas características estão interligadas e garantem muito mais estabilidade e segurança nas ações de quem as dominam.

No teatro, o aluno passa a conhecer a si mesmo por meio da leitura de textos e do desenvolvimento da empatia, além dos exercícios propostos durante as aulas e dos debates levantados. Assim, fica muito mais fácil conhecer seus pontos fortes e fracos e saber como enfrentar as mais diversas situações, sem jamais perder o jogo de cintura.

Aumenta a autoestima de crianças e adolescentes

Também conhecida como amor próprio, a autoestima é uma característica muito importante, especialmente nos dias de hoje. Com a supervalorização dos padrões de beleza impostos pela sociedade e a constante pressão, é muito comum observarmos crianças e adolescentes desconfortáveis e extremamente inseguros.

No dia a dia do teatro, os alunos aprendem a se respeitar e a valorizar seus pontos positivos. Ao gostarem de si mesmos, passam a ser mais seguros e menos tímidos, conquistando melhores oportunidades e explorando todo o potencial que possuem.

Melhora o desempenho acadêmico

Já deu para notar que todos esses pontos acabam sendo muito positivos para o desempenho na escola, não é mesmo? O desenvolvimento da responsabilidade, da autoestima, do autoconhecimento e da comunicação é crucial para que as crianças se deem bem no âmbito acadêmico e, futuramente, arrasem em suas profissões.

Além disso, o teatro trabalha as habilidades cognitivas, como memorização, concentração e coordenação motora. A criatividade e a imaginação também são largamente exploradas nas aulas e favorecem a rotina escolar das crianças.

Ensina um ofício desde cedo

Por fim, podemos citar o benefício de aprender um ofício antes do tempo considerado regular. Muitos atores, tanto nacionais quanto internacionais, iniciaram a carreira nos palcos ainda crianças e desenvolveram, desde então, um verdadeiro amor pelas artes cênicas.

Mesmo que esse não seja o principal objetivo, é possível que seu filho pegue gosto pela arte teatral e resolva seguir carreira nesse ramo. De qualquer modo, é interessante ter uma profissionalização para eventuais necessidades, ainda mais uma que desenvolve tantas características e abre tantas portas como o teatro.

Gostou de conhecer as principais habilidades desenvolvidas com as aulas de teatro infantil e os seus benefícios? Como vimos, essa prática é excelente até mesmo para as crianças e jovens que não querem seguir uma carreira na área.

Tenha em mente que o desenvolvimento emocional, psicológico e cognitivo é extremamente valorizado e prepara o aluno para a vida!

Tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto? Nossa equipe está sempre à disposição para bater um papo com você e nosso principal objetivo é responder todos os seus questionamentos. Entre em contato com a gente e vamos conversar!

Teatro para nao autores. Mas, afinal, o que levaria uma pessoa que não possui aspirações artísticas a embarcar nas aulas teatrais? Continue a leitura aqui.

Teatro para não atores: saiba como funciona

Você já ouviu falar sobre teatro para não atores? É muito provável que a resposta seja negativa, o que, de certa forma, é bastante comum. Afinal, as artes cênicas estão naturalmente relacionadas às pessoas que as têm como um ofício.

No entanto, as aulas de teatro não são dedicadas exclusivamente àqueles que as utilizam para construir uma carreira como atores ou atrizes. Essa arte é extremamente democrática e qualquer um pode fazer teatro e se beneficiar de todas as suas vantagens e ensinamentos.

Mas, afinal, o que levaria uma pessoa que não possui aspirações artísticas a embarcar nas aulas teatrais? Quais são as vantagens trazidas por esse tipo de atividade? Como utilizar o teatro como um hobby pode contribuir para o desenvolvimento pessoal da sociedade? Confira a resposta para todas essas perguntas a seguir!

Melhora os relacionamentos

Uma das principais vantagens trazidas pelo teatro é a melhora nos relacionamentos, sejam eles de cunho pessoal ou profissional. Essa prática trabalha diretamente com as emoções humanas e é capaz de nos fazer entendê-las muito melhor.

A empatia é, portanto, um dos focos das aulas teatrais. Nelas, convivemos diariamente com o mais amplo espectro de emoções, partindo dos textos que expressam experiências diversas de pessoas completamente diferentes. Assim, nos colocamos no lugar do próximo e levamos os ensinamentos para nossos relacionamentos cotidianos.

Traz benefícios para os estudos

Estudantes de todas as idades e áreas podem se beneficiar grandemente com as aulas de teatro. Isso acontece porque os exercícios praticados estimulam diversas áreas do cérebro e contribuem positivamente para o seu desenvolvimento.

As artes cênicas trabalham pontos importantes, como a disciplina, a concentração, a memorização e a criatividade. Por isso, tanto crianças em idade pré-escolar quanto estudantes universitários veem vantagens nas aulas de teatro.

Contribui para o enriquecimento profissional

Muitos pessoas buscam o crescimento profissional, seja por meio da conquista de uma vaga há muito sonhada ou pela promoção para um posto melhor dentro da empresa em que já atua. Por incrível que pareça, fazer teatro pode ser exatamente a maneira de conseguir avançar na carreira.

Nas aulas, é possível trabalhar habilidades importantíssimas para qualquer profissional — trabalho em equipe, oratória, autoconfiança, autoconhecimento e criatividade, por exemplo. Por isso, essa atividade age como uma ferramenta criadora de diferenciais, enriquecendo qualquer currículo.

Ajuda no desenvolvimento pessoal

Felizmente, as artes cênicas não contribuem apenas para o crescimento profissional. Elas também são um ótimo aliado no desenvolvimento pessoal, fazendo com que o aluno desenvolva a inteligência emocional e passe a se relacionar melhor com o mundo a sua volta e consigo mesmo.

Pessoas tímidas também se beneficiam com as aulas, que auxilia no controle dessa característica, evidenciando apenas seus pontos positivos e fazendo com que ela deixe de atrapalhar em alguns âmbitos da vida. Além do mais, o teatro é uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas e fazer amizades.

Combate o estresse

Por fim, podemos citar a importância do teatro na melhoria da qualidade de vida de seus alunos e de todos os que interagem com eles diariamente. O estresse é consideravelmente reduzido por meio das aulas, que promovem a felicidade e divertem bastante os envolvidos.

Além disso, as técnicas ensinadas e as habilidades trabalhadas contribuem para que os alunos saibam lidar melhor com seus problemas e emoções, resolvendo eventuais imprevistos com muito mais maturidade e inteligência.

Viu como o teatro para não atores pode ser uma ótima alternativa de atividade a ser praticada no tempo livre? Essa arte é extremamente benéfica, sendo inclusive conhecida como “escola da vida” por algumas pessoas. Então, o que você está esperando? Faça uma aula experimental e embarque no mundo das artes cênicas!

Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho e ficar por dentro de todas as novidades publicadas? É fácil! Basta curtir nossa página do Facebook para conferir conteúdos fresquinhos.

Você conhece alguma das habilidades de teatro? Essa denominação se refere, de modo resumido, às competências trabalhadas durante as aulas de arte teatral?

9 habilidades de teatro fundamentais para a vida

Você conhece alguma das habilidades de teatro? Essa denominação se refere, de modo resumido, às competências trabalhadas durante as aulas de arte teatral. Esse tipo de prática auxilia no desenvolvimento de diversas características fundamentais para o sucesso profissional e pessoal de seus alunos.

Muitas pessoas acreditam que as aulas de teatro são destinadas apenas àqueles que buscam uma carreira na área quando, na realidade, qualquer pessoa pode participar dessa atividade e se beneficiar de todos os seus ensinamentos.

Mas, afinal, quais habilidades são essas e como elas podem ajudar no dia a dia? Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira quais características são exercitadas durante as aulas e exatamente como o teatro lida com esses pontos!

1. Fim da timidez excessiva

Um dos maiores desafios enfrentados pelas pessoas é o controle e equilíbrio da timidez. Os tímidos são, na maioria das vezes, discriminados em nossa sociedade, que valoriza indivíduos extrovertidos e expressivos. Por conta disso, a introspecção excessiva pode ser uma desvantagem.

As aulas de teatro trabalham diariamente essa questão, expondo o aluno a situações novas sem forçar a barra. Ou seja, a timidez é trabalhada de forma natural, respeitando o ritmo e os limites de cada indivíduo, que pouco a pouco consegue ‘’se soltar’’ e lidar melhor com situações sociais.

2. Melhora das habilidades de expressão

Além da timidez, a falta de habilidade para se expressar adequadamente pode ser um desafio na vida de muitas pessoas, prejudicando tanto os relacionamentos de cunho pessoal quanto o convívio profissional. Esse tipo de característica gera problemas de comunicação e dificulta as relações.

O teatro lida diretamente com habilidades ligadas à comunicação. Exemplos disso são as práticas de oratória (nome dado à capacidade de falar em público) e pontos como a expressão e consciência corporais. Outros pontos trabalhados são a organização de pensamentos e a empatia, que auxiliam nas relações humanas.

3. Redução dos problemas com a responsabilidade

Ter responsabilidade é essencial em todas as fases de nossas vidas, desde a infância até a terceira idade. Essa característica nos auxilia no trabalho, nos estudos e também em nossas vidas pessoais. Afinal de contas, ninguém gosta de se relacionar com alguém irresponsável, não é mesmo?

Nesse ponto, as artes cênicas podem ser bastante benéficas. Isso acontece porque durante as aulas são trabalhados pontos como a concentração, a memorização e o autoconhecimento. Aos poucos, isso ajuda na construção da responsabilidade e da consciência, formando cidadãos muito mais capacitados e inteligentes.

4. Melhora do desempenho acadêmico

Como podemos perceber, as habilidades cognitivas são largamente exercitadas durante as aulas de teatro. Elas incluem a memorização, a concentração e a coordenação motora, por exemplo. Tais pontos são essenciais para o sucesso acadêmico de indivíduos de todas as faixas etárias.

Por meio da leitura de textos e da representação de papéis, essas características são trabalhadas todos os dias nas aulas. Os resultados são refletidos no aumento não só das notas, como do desempenho geral nas escolas e universidades.

5. Conquista da capacidade de liderança

Você provavelmente já parou para perceber que as pessoas mais poderosas do mundo são grandes líderes carismáticos, certo? Só com isso, já é possível perceber que dominar a habilidade da liderança é um talento necessário para quem deseja obter sucesso, independentemente da área de atuação.

No dia a dia dos alunos teatrais, essa habilidade é constantemente incentivada, seja por meio de exercícios práticos ou do desenvolvimento de características como a empatia, a desenvoltura, o jogo de cintura e até mesmo o trabalho em equipe, essenciais para líderes e pessoas em altas posições hierárquicas.

6. Auxílio nas relações pessoais

Você acha simples fazer novas amizades? Para muitos, conhecer gente nova e se conectar com esses indivíduos de modo mais íntimo é muito difícil, seja pela timidez ou pela dificuldade de encontrar pessoas com gostos e personalidades semelhantes.

No teatro, o trabalho em equipe é sempre incentivado e a grande diversidade de pessoas no local favorece a criação de laços novos. O mais legal é que ali estão indivíduos com uma paixão em comum, o teatro, mas com vivências e histórias completamente diferentes. Por isso, o teatro é também muito enriquecedor culturalmente.

7. Desenvolvimento da criatividade

Todos os gênios que já passaram pela nossa sociedade têm algo em comum: eram extremamente criativos. Embora esse termo seja quase sempre associado ao meio artístico, a criatividade engloba diversas áreas e pode vir a calhar para pessoas de qualquer profissão, servindo como um excelente diferencial.

Improvisar e lidar diariamente com textos que permitem o exercício da imaginação são fatores que auxiliam os alunos de teatro a se tornarem cada vez mais criativos. Além disso, você pode aprender a escrever suas próprias peças e expressar seus pensamentos e sentimentos por meio da arte.

8. Incentivo para pensar ‘’fora da caixa’’

O senso crítico é fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária e justa. Com o teatro, os alunos são incentivados a pensar por si mesmos e, principalmente, sair ‘’da caixa’’ e alçar voos com seus pensamentos.

Aqui, o debate faz parte do cotidiano e é incentivado. Por meio deles, novas ideias vão surgindo e os alunos entram em contato direto com novos pontos de vista, exercitando sua empatia e aprendendo perspectivas diferentes para um mesmo fato.

9. Resolução rápida de problemas

Além de auxiliar no desenvolvimento de um pensamento próprio e fora do senso comum, o teatro ajuda na resolução rápida de problemas e no fortalecimento do raciocínio lógico, sendo uma ótima ferramenta até mesmo para pessoas que trabalham em áreas investigativas e das ciências exatas.

Isso ocorre, na maior parte das vezes, por conta da improvisação requerida em muitas aulas. Além disso, o aluno entra em contato íntimo com as emoções humanas, observando situações por ópticas completamente novas e aprendendo a lidar com experiências que jamais viveria no mundo real.

Gostou de conhecer algumas das principais habilidades de teatro e seus benefícios para o dia a dia dos alunos que comparecem às aulas teatrais? Com o desenvolvimento dessas características, fica muito mais fácil se relacionar com outras pessoas e conseguir oportunidades profissionais cada vez melhores!

Quer aprender cada vez mais sobre comportamento, teatro e artes em geral? Então, assine nossa newsletter! Dessa forma, você ficará por dentro de todas as novidades e receberá os conteúdos publicados diretamente em seu e-mail. Até a próxima!

Se você está em dúvida se vale a pena investir no aprimoramento do seu trabalho em equipe, confira os diversos benefícios que a prática proporciona. Vamos conhecer alguns?

Entenda como o trabalho em equipe é desenvolvido no teatro

Desde muito cedo, percebemos que o trabalho em equipe sempre esteve presente em nossa vida. Nos primeiros anos da escola, por exemplo, os professores propõem tarefas ao lado dos colegas de classe e, mais adiante, trabalhos de pesquisa em grupo. A prática se torna mais frequente na medida em que vamos crescendo, principalmente quando entramos na faculdade e no mercado de trabalho.

Para muita gente, porém, ouvir que é preciso realizar alguma atividade em grupo já desencadeia o pânico. Mas não é preciso encarar esse momento com preocupação. Já que trabalhar em equipe é uma situação bastante comum em nossa vida, seria melhor estar preparado para ela, não acha?

A melhor solução é frequentar aulas de teatro, por exemplo. Nunca parou para pensar nisso? As práticas teatrais desenvolvem o poder da comunicação e tornam a convivência com a equipe muito mais fácil.

Se você está em dúvida se vale a pena investir no aprimoramento do seu trabalho em equipe, confira os diversos benefícios que a prática proporciona. Vamos conhecer alguns?

Facilidade para resolver problemas

Com o trabalho em equipe, a questão a ser resolvida certamente terá várias soluções. Mesmo que nem todas sejam viáveis, a exposição das ideias trará mais luz para resolver o assunto. Afinal, a probabilidade de aparecer uma solução em que você nunca pensou é muito maior em grupo do que sozinho.

No caso de uma tarefa mais complexa, as ideias podem ajudar a solucionar etapas diferentes, construindo uma saída em grupo. Uma pessoa pode complementar a solução de outra e assim por diante, até a equipe encontrar a resposta para o que está procurando.

Se você não consegue expor a sua opinião como os outros, as aulas de teatro são perfeitas para a desinibição. Ao praticar a sua expressividade, colaborar com as ideias não será tão difícil e você perceberá que é, na verdade, uma experiência muito rica.

Com a contribuição de todos, fica mais fácil pensar nas soluções de novos problemas e abrir espaço para que a reunião de equipe deixe de ser algo maçante e se torne um encontro verdadeiramente útil. Isso será importante para o seu crescimento profissional!

Desenvolvimento de novas habilidades

Muitas vezes, um projeto precisa da ajuda de colaboradores de áreas diferentes, o que pode gerar até desconfiança dos demais. Mas, uma das vantagens mais empolgantes do trabalho em equipe é justamente poder aprender mais com a diversidade dos integrantes do grupo.

Ao entender mais sobre como funciona a rotina do outro colaborador, você já pode unir esse conhecimento com o que você já tem para apresentar uma solução mais viável. Com a participação de outras visões sobre o mesmo assunto, é possível enxergar o problema de uma maneira que você nunca percebeu antes.

Para que isso aconteça, é preciso estar aberto para ouvir a outra pessoa, por mais diferente que ela seja de você. Essa atitude pode ser, inclusive, amplamente trabalhada com o teatro, em que você aprende a lidar com as diferenças.

Absorvendo o que as outras pessoas têm a dizer, você também aprenderá a encontrar soluções com os métodos que elas utilizam. Essas novas habilidades vão poder ser úteis em novas situações que surgirem e tornarão você mais receptivo.

Convivência com pontos de vista diferentes

Conviver com pessoas diferentes torna possível entender novas habilidades e diferentes visões na hora de solucionar um problema.

Mas os pontos de vista não serão importantes somente para ganhar conhecimento sobre aquela nova área, mas para compreender como funciona um outro setor e como as pessoas de lá realmente pensam. Serve também para entender os próprios indivíduos em si.

Às vezes, não conhecemos o outro lado de uma questão e, por isso, podemos até sentir antipatia pelas pessoas que o defendem. Mas, ouvindo o ponto de vista delas ao trabalhar na mesma equipe, é mais fácil compreendermos o que pensam, facilitando até mesmo a nossa comunicação com elas.

Como já falamos, as práticas teatrais são ótimas para lidar com as diferenças, já que a turma é bem diversa. Os jogos e exercícios das aulas vão começar a eliminar as barreiras de medo, preconceito e desconfiança entre os alunos para que eles possam encarar uns aos outros como os seres humanos que são. O resultado é a melhor convivência com as pessoas, em geral.

Construção da empatia com a equipe

Com esse maior entendimento do ponto de vista dos outros integrantes, você começa a desenvolver a sua empatia. Com o passar do tempo, a convivência com vários trabalhos em equipe vai abrir seus horizontes. Logo, compreender as pessoas passará a se tornar algo cada vez mais fácil.

Ter empatia é se colocar no lugar do outro, dentro do seu contexto, tentando pensar como ele pensa. Com essa ideia, é possível terminar uma briga antes mesmo de iniciá-la, por exemplo. Por isso, os desentendimentos do grupo poderão se tornar menos frequentes e as ideias vão poder fluir com mais naturalidade.

O conhecimento da realidade e das dificuldades de cada um vai tornar a comunicação mais cordial. A empatia não é somente útil para a vida em sociedade, mas, também, para a sua construção e empenho em se tornar um ser humano melhor.

Acha difícil desenvolver essa atitude convivendo com pessoas complicadas em uma equipe? Isso não se consegue da noite para o dia, porém, é uma consequência da proposta de ouvir mais e compreender a diversidade das pessoas. Se você já realizou essa prática em aulas de teatro, vai observar que criar empatia é só o próximo passo.

Melhora do ambiente de trabalho

Com o desenvolvimento da empatia, da compreensão sobre novos pontos de vista e do aprendizado que várias habilidades combinadas podem trazer, o ambiente profissional (ou qualquer lugar em que esteja sendo realizado o trabalho em equipe) pode se tornar muito mais harmonioso e produtivo.

A afinação de colaboradores de setores diferentes é essencial para manter o trabalho mais fluído. Sem mencionar que isso traz benefícios até para a saúde mental, já que o nível de estresse pode diminuir.

Mas tudo isso não adianta nada se não existir comprometimento para o trabalho em grupo. É preciso que haja vontade de estabelecer a comunicação e a interação com o restante da equipe para que os benefícios possam ser colhidos.

Às vezes, mesmo com vontade, existe dificuldade para lidar com essas situações — e é por isso que as aulas de teatro são de grande valia! Essa arte derruba barreiras entre as pessoas há séculos, e não é à toa que as produções teatrais conseguem nos envolver nas narrativas dos palcos.

Além disso, com o autoconhecimento adquirido por meio das aulas, você ganhará mais confiança e a sua autoestima será renovada. Assim, interagir com as pessoas não se torna mais tão difícil! Com essa segurança, fica mais fácil conversar com quem é diferente de você, o que deixa a outra pessoa mais confortável para expressar o que realmente sente.

Entendeu por que as aulas de teatro são tão importantes para o desenvolvimento do trabalho em equipe? Como a chave de tudo é a comunicação, as práticas teatrais vão aprimorar os mecanismos que você precisa para se sentir confortável consigo mesmo e com os outros.

Se você gostou do texto e quer ficar de olho em outras dicas sobre autoconhecimento, qualidade de vida e bem-estar atrelado à arte, assine nossa newsletter!

Perder a timidez não é uma tarefa impossível. É por isso que vamos indicar agora quatro maneiras de vencer a timidez. Veja mais.

4 técnicas para perder a timidez

Só quem é uma pessoa tímida sabe a dificuldade que é expressar as próprias ideias em público ou até mesmo em relacionamentos. O medo do constrangimento e do julgamento alheio pode fazer com que as interações sociais se tornem um grande sacrifício, o que prejudica a vida profissional e pessoal.

Mas, calma! Perder a timidez não é uma tarefa impossível e pode ser mais libertador do que você pensa. Afinal, a comunicação é o que move o mundo e aprender a desenvolver essa habilidade vai fazer muita diferença. É por isso que vamos indicar agora quatro maneiras de vencer a timidez.

Acompanhe o texto!

1. Não se cobre exageradamente

Normalmente, quem é tímido enxerga os próprios erros como sendo muito maiores do que realmente são. Se você gaguejou durante uma apresentação da faculdade ou não conseguiu encontrar as palavras adequadas em uma entrevista de emprego, isso não é o fim do mundo.

A impressão que dá é que os interlocutores vão criticar você ou rir da sua cara, mas não é bem assim. Geralmente, as pessoas prestam mais atenção em si mesmas antes de olhar os outros. Ou seja, elas também erram em algum momento. Além disso, sempre existem novas oportunidades para começar de novo se você cometeu algum erro.

2. Não tente agradar a todo mundo

É impossível fazer com que todos gostem de você, nem mesmo sendo uma celebridade extremamente carismática. Quem é tímido valoriza demais as opiniões alheias e tenta agradar a todos para conseguir se enturmar. Mas sempre vão existir pessoas com opiniões diferentes sobre você.

Por isso, mesmo que alguém diga algo desagradável, outra pessoa poderá ter uma opinião favorável e assim por diante. Perder a timidez não é tentar se entrosar com todo mundo. Em vez disso, busque a amizade de quem lhe faz bem.

3. Pratique o convívio social

Que tal aumentar o seu círculo de amizades? Matricular-se em algum tipo de atividade é ideal para começar a perder a timidez. Fazer academia, aulas de teatro ou curso de inglês são oportunidades para aprimorar a sua comunicação.

Seja para tirar uma dúvida, apresentar um trabalho em público ou treinar a autoconfiança, é possível sair da zona de conforto aos poucos e começar a engatar conversas. A partir daí, buscar novas experiências vai se tornando cada vez mais fácil e mais oportunidades poderão aparecer na sua vida.

4. Seja mais otimista

Sabe aquele cenário desastroso que você imagina antes de enfrentar um desafio? Não é ruim estar preparado para imprevistos, desde que isso não faça você desistir. Perder a timidez não é enfrentar qualquer situação de maneira intempestiva, mas permitir espaço ao otimismo.

Se você imagina que falar em público pode ser horrível, por que não imaginar também que pode ser maravilhoso e que vai trazer uma sensação incrível de felicidade? Dessa forma, você não achará tão difícil embarcar em novos desafios.

É só por meio da prática que enfrentar a timidez se torna mais fácil. Não é que você precise se tornar uma pessoa extrovertida da noite para o dia, mas desenvolver habilidades sociais é muito útil. Seja em um curso ou para conseguir um emprego, falar em público pode ser necessário em muitas situações.

Gostou das nossas dicas para perder a timidez? Siga a gente no Facebook, Twitter e Instagram para receber mais conteúdos como este!

Neste artigo, separamos 6 costumes que fazem toda a diferença e tornarão a jornada para alcançar seu sucesso!

Veja 6 hábitos de sucesso que podemos aprender com os artistas

Artistas bem-sucedidos parecem carregar certa aura de mistério e passam a impressão de que nunca cometem erros, sempre fazendo as melhores escolhas. Porém, sabemos que isso não é verdade, pois deslizes e decisões ruins fazem parte da vida de qualquer um. O que existem são hábitos de sucesso que os mantêm motivados a seguir em frente.

Neste artigo, separamos 6 costumes que fazem toda a diferença e tornarão a jornada para alcançar seus sonhos mais gratificante. Vamos lá?

1. Ver o mundo de formas diferentes

No teatro, por exemplo, é necessário que o ator saiba se colocar no lugar do outro e entender como é viver uma realidade diferente para desenvolver bem sua personagem. Essa prática faz com que você se torne uma pessoa mais empática e saiba se deslocar muito bem em diversos ambientes.

2. Usar a criatividade em todas as tarefas

Um artista aproveita todo o potencial de sua criatividade para conseguir se expressar bem e criar, seja uma personagem, um livro ou um roteiro. Com o passar do tempo, ser criativo se torna um hábito — e você pode utilizar essas características em todos os aspectos de sua vida.

Dessa maneira, será possível encontrar soluções mais efetivas para seus problemas e se tornar, inclusive, um profissional melhor.

3. Repetir e aperfeiçoar

Para aprender ou desenvolver uma habilidade artística, é necessário ter muita paciência e dedicação. Um músico não se torna reconhecido por sua aptidão da noite para o dia: com certeza, ele passou horas e horas treinando e aperfeiçoando sua técnica.

Tendemos a olhar para casos de sucesso sem pensar muito na jornada que levou aquelas pessoas até ali e, na maioria das vezes, esquecemos que elas também falharam. É por meio do erro que percebemos o que precisa ser melhorado e quais caminhos seguir ou evitar.

4. Ter uma melhor postura para lidar com as adversidades

Ao aprender a ver o mundo por diversas perspectivas e ter contato com todo tipo de situação, é possível saber como lidar melhor com os percalços. Você se tornará uma pessoa mais flexível e tolerante, sabendo ouvir o que o outro tem a dizer com mais paciência — será mais maduro e não terá uma atitude defensiva que não permite um bom diálogo.

5. Respeitar todas as formas de expressão

Aceitar as diferenças significa respeitar formas de expressão e arte que não lhe são familiares. Em vez de temer o novo, se sentirá instigado e buscará aprender mais sobre esses métodos.

Assim, você conhecerá diversos processos de criação e poderá utilizar todo esse conhecimento a seu favor. Por fim, será mais fácil definir seu próprio estilo e encontrar o melhor caminho para a inspiração.

6. Entender a importância de manter uma rotina

O sucesso só chega por meio de muito esforço. E, para tanto, é essencial ter uma rotina bem definida e objetivos bastante claros. Você precisa saber onde quer chegar para conseguir traçar um bom plano de ação e a melhor maneira de colocá-lo em prática.

Ao ter uma rotina estipulada, é possível transformar pequenas atitudes em hábitos — e isso é essencial para atingir resultados efetivos e ter sucesso pessoal e profissional.

Percebeu como os hábitos de sucesso de grandes artistas podem ajudar a realizar seus sonhos? Não existe uma receita única para todos, pois tudo dependerá da força de vontade de cada um.

Você tem alguma sugestão de hábitos que tenham dado certo? Conte para a gente nos comentários!