Tag Archives: jogo de cintura

Para lidar com as dificuldades precisamos contar com jogo de cintura e uma boa argumentação.

Como o teatro pode ajudar você a desenvolver uma boa argumentação e jogo de cintura?

No nosso dia a dia, dificuldades surgem tanto no trabalho quanto na vida pessoal. E, para lidar com elas, precisamos contar com jogo de cintura e uma boa argumentação. Contudo, nem sempre sabemos como aprimorar tais habilidades e acabamos vivendo situações difíceis, embora elas pudessem ser evitadas.

No post de hoje, descubra como o teatro pode ajudá-lo nessa questão. Boa leitura!

Desenvolve a oratória

A oratória é, de forma resumida, a nossa capacidade de falar em público com clareza e objetividade. Ela também envolve a postura adequada, a entonação apropriada, a linguagem correta, a capacidade argumentativa e, claro, jogo de cintura para contornar momentos desconfortáveis e, até mesmo, embaraçosos.

No teatro, essa habilidade é exigida e trabalhada o tempo todo, já que o ator precisa convencer o público e isso seria impossível sem uma boa oratória. Por essa razão, exercícios de projeção vocal, vocalização e entonação, além de dinâmicas para trabalhar a com a timidez e incluem o entrosamento fazem parte desse universo.

Melhora a capacidade de lidar com pessoas

Seja no trabalho, seja ambiente familiar, é crescente a necessidade de se lidar com pessoas. É nessas horas que habilidades sociais como liderança, empatia, tolerância e até trabalho em equipe são extremamente requisitadas. E todas elas são essenciais para o gerenciamento de conflitos.

No ambiente teatral, os alunos estão sempre as colocando em prática de grupo e oposições durante jogos e exercícios. Assim, eles aprendem a lidar com os sentimentos alheios e tem mais jogo de cintura para solucionar situações diversas.

Ajuda no autoconhecimento

É simples: é impossível construir uma boa argumentação sem ter entendimento sobre si mesmo. Afinal, todos os nossos argumentos são pautados em nossos pontos de vista, crenças e experiências. Por isso, para aumentar o seu poder persuasivo, é essencial trabalhar o autoconhecimento.

As artes cênicas são ótimas para isso. Por meio delas, entramos em contato com histórias e ambientes totalmente novos, acumulando uma vasta experiência. Com isso, você consegue descobrir habilidades, crenças e gostos que, muitas vezes, nem sabia que tinha.

Qual é a importância disso? Todo conhecimento pode ser transformado em argumento!

Refina a consciência corporal

Não se engane, a nossa capacidade de argumentação não está ligada somente àquilo que expressamos em palavras. Na verdade, ela engloba também os nossos gestos, reações, sinais e expressões faciais ou corporais. Ou seja, ela envolve toda a nossa comunicação não verbal.

No teatro, trabalha-se muito com o corpo e com as expressões e, para isso, é preciso despertar a consciência corporal. Esse trabalho de “destravamento” leva o aluno a conhecer melhor seu corpo e suas limitações.

Dessa forma, é possível explorar novas possibilidades expressivas e construir a argumentação por meio de uma comunicação muito mais fluída e natural. E claro muito mais potente com a comunicação não verbal.

Traz mais felicidade

À primeira vista, isso pode parecer estranho e criar a seguinte dúvida: como a felicidade é capaz de influenciar na argumentação e no jogo de cintura? Simples: nossa comunicação transmite diversas sensações e tudo que é comunicado com alegria tem um alto poder de persuasão, além de ser contagiante.

Teatro é algo prazeroso de ser feito e, por nutrir a alma, encanta quem faz. Por isso, é comum vermos atores que estão em novelas e seriados reservar um tempo para o teatro. Afinal, essa atividade renova o espírito e traz vida interior, levando a comunicação a um novo patamar!

Se você leu até aqui, então já sabe como um curso de teatro ajuda a construir uma boa argumentação e a desenvolver jogo de cintura, na vida e nos palcos. Não se esqueça de que essa também é uma excelente atividade para melhorar o relacionamento interpessoal. Afinal, ajuda a entender melhor o outro, o que é a base de qualquer relação!

E aí, gostou do conteúdo? Então, aproveite a visita e leia também “Medo de falar em público é normal. Saiba como lidar com ele”!