Tag Archives: profissão

Como trabalhar em um teatro?

Como trabalhar em um teatro?

A princípio, engana-se quem pensa que trabalhar em teatro é apenas atuar. O ensino da arte vai muito além das disciplinas e atividades de interpretação. As dinâmicas desenvolvem as habilidades cognitivas, físicas emocionais e sociais dos alunos. E além disso as disciplinas teóricas dão um panorama sobre a história do teatro e as atuações nos bastidores.

Você quer trabalhar em teatro? Então vem conhecer as diferentes frentes de atuação e confira algumas dicas importantes para se tornar um profissional de sucesso!

O Perfil de um profissional de Teatro

Ouve-se muito falar que a timidez é uma característica que não pode existir em cima dos palcos. Mas isso não é totalmente verdade. Pois muitos atores declaram ser tímidos e reservados

Então, um ator pode sim ser tímido!

Pois, tudo na vida é uma questão de aprendizado, e também se expressar com o corpo e com as palavras em cena.

Com as atividades das aulas de teatro, o aluno vai aprendendo a ser mais espontâneo, bem como a se desprender das amarras do julgamento. E, dessa forma, consegue aos poucos driblar a sua timidez.

Outra característica do trabalho em teatro é a capacidade de realizar tarefas em equipe. Um espetáculo não acontece sozinho, nem mesmo com uma pessoa só. Por trás, nos bastidores, existe uma equipe, e cada profissional tem as suas responsabilidades. Portanto, é extremamente importante aprender a trabalhar em conjunto.

A rotina de um profissional do teatro

A interpretação é apenas uma das muitas atribuições que um profissional de teatro pode ter.

A princípio, uma vez formado em teatro, o profissional pode escolher diferentes áreas de atuação. Essa escolha vai determinar a rotina de trabalho do profissional.

Nos palcos ou nas coxias, a profissão inclui:

Interpretação;

Cenografia (construção de cenários);

Direção;

Dramaturgia (escrever peças de teatro);

Dublagem;

Figurino e indumentária;

Iluminação;

Sonoplastia;

Produção;

Aulas em instituições privadas;

Ensino e pesquisa.

A rotina de um profissional de teatro, portanto, varia bastante, de acordo com a área que ele escolhe para atuar.

Dicas para quem quer trabalhar em teatro

Para trabalhar com teatro é preciso estudar. Além disso, é importante passar por todos os estágios da formação acadêmica ou técnica, enriquecendo a bagagem cultural e cultivando novos conhecimentos.

Para se profissionalizar, existem cursos técnicos ou escolas profissionalizantes de teatro e cursos superiores em universidades.

Nas universidades, o curso de artes cênicas pode ser tanto o bacharelado quanto a licenciatura, ambos com duração de quatro anos e ensino que vai além da atuação. Assim, os cursos universitários exploram aprendizados de direção, de espetáculos, dramaturgia e crítica teatral. 

Dessa maneira, algumas escolas técnicas de teatro também oferecem formação que vai além da interpretação, preparando profissionais para trabalhar com iluminação ou produção teatral.

Dependendo da área que você pretende trabalhar, apenas um curso universitário não é o suficiente. Portanto, pode ser necessário realizar uma pós-graduação ou uma especialização.

Dicas para atuar na área

Dessa maneira, para seguir carreira artística é preciso um pouco mais do que formação na área. Também é preciso mais do que paixão e dedicação.

O que mais é preciso então? Viver a arte como um todo e em seu dia a dia! Veja cinco dicas para quem sonha em trabalhar com teatro:

Frequente o teatro

Além disso, para ser um bom profissional de artes cênicas, um dos principais pilares é mergulhar no universo. Ir bastante ao teatro e ver peças de tipos variados, com diferentes trabalhos de composição.. Quanto mais referências visuais e sonoras você tiver, mais vai estimular a sua criatividade.

Atualize-se

Como já dissemos, estudar e pesquisar faz a diferença! Além de fazer um bom curso profissionalizante ou universitário, é importante acompanhar os cadernos de artes dos jornais, ler romances e assistir a filmes. O profissional de teatro é, a todo o momento, desafiado a se manter atualizado e usar a sua imaginação. Portanto, é fundamental saber o que acontece no mundo e, principalmente, no universo artístico.

Arrisque-se

Acredite, o erro, no teatro, não existe. Por se tratar de um processo de criação e expressão humana, toda experiência leva ao aprendizado e ao crescimento. Por isso, não tenha medo de se arriscar e de se entregar às descobertas.

Observe

A observação é uma habilidade importante para os atores, porque sua imaginação precisa sempre ser estimulada. Suas próprias experiências de vida também são essenciais para se evitar os padrões de atuação ou clichês. Tenha sempre os olhos bem abertos e busque novas e significativas experiências.

Não desanime

Assim como em outras profissões, a carreira no teatro exige estudo e empenho. Mesmo diante das adversidades, não desanime. Com persistência, você vai alcançar seus objetivos.

Agora que sabemos como trabalhar em teatro. O que acha de começar suas aulas o quanto antes? Entenda aqui como funciona o curso iniciante de teatro.

Separamos os detalhes de como se tornar um dos melhores aqui! Vamos lá?

Dicas para ser um ator profissional

Quem nunca se imaginou atuando numa cena, vivendo um super-herói, salvado diversas pessoas de um desastre causado por um grande vilão, que atire a primeira pedra. Talvez a frase tenha ficado com um teor muito masculino, então, que mulher nunca sonhou em ser beijada pelo galã do momento?

Essas ações são possíveis apenas na imaginação de alguns, porque outros já gostam de torná-las realidade, mas eles só conseguem isso porque correm atrás e se tornam atores, capazes de atuar em peças, filmes, séries, novelas, fazendo papéis que percorrem os mais variados tipos de gênero.

Se esse é o seu caso, se você sonha em ser um ator profissional, atuar em grandes produções, mas não sabe como fazer isso, fique tranquilo, pois o objetivo deste texto é poder ajudá-lo a realizar o seu sonho.

Fique por aqui e veja o que fazer para se tornar um ator profissional.

Como se tornar um ator profissional?

Para se tornar um ator profissional, é preciso que você tenha um registro de ator profissional, fazendo um curso técnico ou superior. A profissão de ator é regulamentada desde o ano de 1978. Após realizar os cursos, você deverá obter um registro na Delegacia Regional do Trabalho (DRT), da região onde você mora.

Caso queira, a pessoa também pode tentar ser ator, fazer o teste, de forma amadora, mas isso se dará pela sua própria conta em risco, pois o mercado se mostra cada vez mais competitivo e a preferência se dá pelos atores que tenham registro, que tenham estudado para desempenhar a função.

O conselho deste texto é estudar. Com o estudo você irá aprender as técnicas, irá praticar a sua arte, além de entender melhor o caminho que irá percorrer na profissão. No curso, você terá contato com outros atores, professores, e diretores de cinema. É por isso que, além de estudar para a profissão, você terá que escolher uma boa escola, onde as suas oportunidades irão aumentar.

Fazer participações em filmes curtos de estudantes, filmes de baixo orçamento, é uma excelente forma de ganhar experiência, além de aumentar o seu portfólio.

Você pode optar por um curso técnico ou um curso superior para virar ator. A diferença entre eles se dá no tempo de duração, onde o curso técnico leva em média 1 ano para ser finalizado, enquanto a faculdade é finalizada em 4 anos. Além disso, a faculdade possui mais assuntos relacionados à profissão, como é percebida no tempo de duração do curso.

Como obter o registro profissional de ator na DRT?

Existem duas formas de se obter o registro profissional de ator na Delegacia Regional do Trabalho: apresentando o diploma de um curso técnico ou superior ou comprovando a experiência profissional na área.

É preciso ter mais de 16 ano para solicitar o registro.

Apresentando o diploma, você irá até a DRT e o apresentará, junto com o RG, CPF e o comprovante de residência. Dependendo do seu estado, a lista de documentos pode variar.

Já comprovando a experiência, você precisa comprovar a sua participação em algum trabalho como ator. Com isso, tentará obter o seu registro através da avaliação da banca examinadora do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (SATED).  A banca irá receber e avaliar o material encaminhado pela pessoa que deseja obter o registro. Sendo aprovado, o candidato irá receber o Atestado de Capacitação Profissional de Ator, documento necessário para a liberação do registro de ator.

Vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar técnicas de teatro. Confira mais aqui.

8 técnicas de teatro que vão te impulsionar no trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige habilidades pessoais diferenciadas que normalmente não são obtidas na formação acadêmica. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que as técnicas de teatro podem ajudar e muito nesse sentido.

Não, você não leu errado! As aulas de teatro extrapolam os limites da atuação em palco. As mesmas técnicas ensinadas aos aspirantes à arte cênica são altamente eficazes para o desenvolvimento das competências pessoais.

Neste artigo vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir de forma eficaz para o desenvolvimento das capacidades essenciais.

Habilidades e competências exigidas

Há algum tempo, cursos e qualificações acadêmicas eram o principal diferencial para competir por vagas de trabalho e promoções. Dessa forma, os profissionais graduados e especializados em suas respectivas áreas conseguiam as melhores colocações, oportunidades e salários.

Embora o conhecimento técnico ainda seja imprescindível, cada vez mais os recrutadores buscam habilidades diferenciadas, que valorizam o profissional e os ajudam a lidar melhor com a clientela e o público-alvo das empresas.

Além dos conhecimentos específicos exigidos na área de atuação, o profissional também precisa ter uma série de outras competências para se diferenciar ainda mais no competitivo mundo corporativo. Veja a seguir, algumas das principais habilidades valorizadas:

  • empatia;
  • comunicação;
  • argumentação;
  • proatividade;
  • trabalho em equipe;
  • criatividade;
  • senso crítico;
  • liderança.

As empresas consideram que os profissionais que dominam tais habilidades são mais produtivos e fáceis de lidar, contribuindo para um ambiente de trabalho harmonioso.

Como é possível observar, as habilidades requeridas estão diretamente ligadas aos aspectos pessoais e emocionais — são traços de personalidade e competências que dependem em sua maioria, das vivências individuais e educação que são obtidas no âmbito familiar.

As técnicas de teatro trabalham todos esses aspectos, sendo possível desenvolvê-los e incorporá-los na atuação profissional.

Técnicas de teatro para o desenvolvimento pessoal

O teatro é uma das artes que mais desenvolve as capacidades humanas. Logo, é um dos melhores ambiente para desenvolver a si próprio.

Veja a seguir as principais técnicas de teatro que podem ajudar nos relacionamentos interpessoais e proporcionar um diferencial para os profissionais.

1. Empatia

A empatia é uma das competências sociais mais valorizadas pelo mercado de trabalho. É a capacidade que um indivíduo tem de se colocar no lugar do outro, ouvindo-o com interesse verdadeiro e compreendendo as suas necessidades.

É por meio dessa habilidade que os profissionais conseguem absorver a cultura da empresa e adequar-se aos valores estabelecidos, mantendo boas relações interpessoais. Por esse motivo, é uma das qualidades que mais atrai e retém talentos.

O profissional que apresenta essa habilidade consegue desempenhar atividades essenciais que agregam valor à empresa. Por meio do autoconhecimento e controle emocional é possível:

  • compreender as dificuldades dos colegas de trabalho;
  • valorizar a diversidade;
  • ser flexível;
  • identificar os pontos fracos e reforçar as aptidões dos subordinados;
  • perceber e atender as necessidades dos clientes.

As aulas de teatro desenvolvem a empatia de maneira muito interessante. Pois para interpretar um personagem é necessário conseguir entender o outro, saber se colocar no lugar do outro, compreender e respeitar a diversidade.

O teatro também impulsiona o indivíduo perceber a si e o outro, como agentes de mudanças sociais.

2. Comunicação

O domínio da comunicação é de fundamental importância, tanto para lidar com clientes quanto com os superiores e colegas de trabalho. Essa habilidade também é exigida para proferir palestras e apresentar produtos ou serviços.

Dessa forma, um profissional de sucesso necessita se expressar de forma clara, com um tom de voz adequado, ter um bom vocabulário e saber ouvir com interesse.

Nas aulas de teatro, esses aspectos são desenvolvidos o tempo todo! De maneira lúdica e divertida. Exercícios de voz, expressão corporal, leitura de textos e interação com os demais alunos na representação de personagens. Veja seguir os principais aspectos desenvolvidos:

  • melhora da autoestima — conscientização corporal;
  • dicção — permite que a fala seja transmitida ao público com mais clareza;
  • criatividade — por meio da linguagem cênica ensina a ultrapassar situações desafiadoras;
  • comunicação não verbal — trabalha a postura correta (o corpo fala) e o olhar assertivo, objetivando convencer os ouvintes;
  • projeção da voz — ensina como projetar sem comprometer a saúde vocal;
  • redução da timidez e medo de falar em público — exercita a expressão e a improvisação;
  • respiração — estratégias para manter o fôlego e melhorar o condicionamento físico e a articulação da fala.

3. Argumentação

A argumentação é uma habilidade fundamental não só para líderes como para qualquer profissional em situações que exigem um posicionamento forte para indicar a melhor forma de realizar um trabalho e obter bons resultados.

Em reuniões, é comum ocorrer colocações de ideias diferentes. Saber argumentar defendendo um ponto de vista é um diferencial que imprime competência profissional. As empresas valorizam funcionários que defendem o que acreditam de maneira sensata e racional, sabendo ouvir e se colocando no momento apropriado.

A importância das aulas de teatro para o desenvolvimento da argumentação já é reconhecida na área jurídica, tendo em vista que o ganho de uma causa depende intrinsecamente da arte de argumentar.

Utilizando exercícios teatrais você irá desenvolver enormemente seu poder de argumentação e pensamento analítico. Entender as questões de um ponto de vista critico construtivo. Para os mais tímidos estes são excelentes exercícios.

4. Proatividade

As empresas valorizam profissionais com iniciativa, que se adiantam em realizar trabalhos além dos exigidos. A proatividade é uma habilidade que está ligada diretamente à personalidade.

O indivíduo proativo desenvolve o trabalho que lhe cabe com uma visão geral, ou seja, tudo o que pode impactar para um melhor resultado da equipe. Ele analisa e interfere indicando correções de possíveis falhas no processo.

Pessoas tímidas e inseguras, mesmo tendo essa competência, apresentam dificuldades em expressá-la. Ficam com receio de serem mal interpretadas e terem suas opiniões refutadas.

As técnicas teatrais contribuem para o desenvolvimento dessa habilidade, com diversos exercícios.

Dessa forma, o teatro pode ajudar um profissional a ser proativo, confiante e assertivo conseguindo expressar as ideias de acordo com o perfil do ouvinte e ainda, compreender as formas de expressão do outro.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das principais características necessárias para as novas demandas corporativas. Mesmo que uma função seja extremamente individualizada, sempre é parte integrante de uma equipe.

Dessa forma, é importante interagir com os colegas de trabalho, oferecendo ajuda no que for necessário e solicitando auxílio quando houver alguma dificuldade.

Nas aulas de teatro, os jogos e as atividades são uma ponte para as relações interpessoais. A interação entre personagens de um texto, os momentos de vivencias lúdicas e a criação em conjunto estimulam esse aspecto.

Todas as atividades teatrais aprimoram as relações sociais, a partir do conhecimento de si e do outro. A atuação também auxilia a praticar o trabalho em equipe, com motivação e compromisso, já que esse é um aspecto de suma importância para um ator.

O trabalho em equipe pode ainda ser observado no empenho e envolvimento dos atores de uma peça teatral, como resultado de um esforço conjunto que requer muita determinação, disciplina e atividades direcionadas ao alcance de uma mesma meta.

6. Criatividade

O mundo tecnológico reduz cada vez mais as vagas de trabalho e é possível que dentro de alguns anos, muitas profissões sejam substituídas por máquinas. A criatividade é uma das mais importantes competências e com extremo valor para as empresas.

Os robôs não possuem ideias inovadoras. Portanto, um profissional criativo terá mais oportunidades no mercado de trabalho. A capacidade para encontrar soluções rápidas e originais, contribuindo para a elaboração de produtos e serviços diferenciados, agrega um grande valor às habilidades profissionais.

A autonomia para elaboração de uma peça teatral e a busca soluções criativas tiram o aluno dos pensamentos comuns e o transportam para soluções de problemas diferentes do cotidiano. Dessa forma, a criatividade é estimulada por novas vivências e necessidade de improvisações que exigem rapidez de raciocínio.

7. Pensamento crítico

Profissionais com senso crítico sempre se destacam no mercado de trabalho e a tendência é que essa competência seja cada vez mais exigida. Saber analisar situações e tomar decisões é um importante traço de liderança muito requisitado pelas empresas.

O curso de teatro desenvolve o senso crítico ao extremo! O contato com a diversidade cultural das peças teatrais permite novas conexões cerebrais e exercitam o pensamento analítico.

8. Liderança

A liderança deixou de ser uma denominação para identificar pessoas que mandavam em outras e passou a ser entendida como uma capacidade de trabalho em equipe. A nova visão é caracterizada pelo trabalho colaborativo para atingir um objetivo comum em atendimento às necessidades da empresa. Para tanto, é necessário envolver e motivar as pessoas com carisma e saber priorizar tarefas, com claras definições de expectativas quanto aos resultados.

No ambiente de teatro são trabalhadas importantes habilidades e competências requeridas pela liderança. As atividades envolvidas nos processos das aulas de teatro possibilitam exercitar os seguintes aspectos:

  • disposição para assumir riscos;
  • liberdade de expressão — desenvolvimento de talentos diversificados;
  • orçamento e cronograma — exercita o trabalho com limites;
  • unidade organizacional — coesão do elenco para atingir uma mesma meta.

Como pudemos observar, são muitas as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O preparo para atendimento às exigências vai muito além da formação acadêmica. As técnicas de teatro se apresentam como uma forma eficaz e prazerosa para o desenvolvimento das múltiplas inteligências e potencialidades do ser humano. O que possibilita o aprimoramento do indivíduo para ser um profissional crítico, sensível, flexível, confiante e com capacidade de se expressar corretamente.

Gostou de saber sobre as principais técnicas de teatro que podem auxiliar no desenvolvimento das competências e habilidades profissionais? Para saber mais sobre os benefícios das aulas veja aqui.

Abordaremos diversos aspectos da comunicação, explicando seus conceitos e sobre como o teatro tem papel importante no desenvolvimento dessa aptidão.

Utilização da comunicação para adquirir oportunidades profissionais

A comunicação é, sem sombra de dúvidas, um dos principais pilares da história da humanidade e da construção de nossa sociedade. De certo modo, é possível afirmar que chegamos ao ponto em que nos encontramos atualmente graças à capacidade humana de comunicar-se. É aí que entra a importância da oratória.

Essa capacidade (também considerada uma forma de arte) vem sendo estudada desde os primórdios, em civilizações como Roma e Grécia antigas. Sua importância abrange diversos campos, desde os âmbitos pessoais como os profissionais e acadêmicos.

No artigo de hoje nós abordaremos diversos aspectos da capacidade de falar em público, explicando melhor os seus conceitos e falando um pouco mais sobre como o teatro, além de auxiliar no desenvolvimento de diversas habilidades, tem papel importante no desenvolvimento dessa aptidão.

Boa leitura!

O que é oratória?

Ela é descrita como a capacidade de falar em público de forma adequada, envolvendo diversas técnicas e regras que têm como principal objetivo captar a atenção dos espectadores, cativando-os e passando a mensagem pretendida de maneira completa.

As habilidades linguísticas estão divididas em escrita, leitura, audição e fala. Todos esses mecanismos, em união, são os responsáveis pela nossa capacidade de comunicação com outros seres humanos. Esse campo, no entanto, é o responsável pelo estudo das habilidades de fala em público.

Nos dias atuais, com a diminuição do contato pessoal e o aumento das interações virtuais, as capacidades de oratória de maioria da população vêm diminuindo cada vez mais.

Em um sentido mais amplo, a oratória está intimamente ligada à retórica. Esta é tida como a argumentação utilizada para persuadir aquele com quem estamos falando, seja por meio de palavras, gestos ou imagens. Um bom orador é capaz de utilizar tais conceitos ao se dirigir a um público, fazendo com que ele acredite no que é dito.

No entanto, ter uma boa oratória vai muito além de simplesmente falar bem. A arte de comunicar-se em público envolve outros aspectos importantes, como:

  • apresentação pessoal;
  • postura;
  • dicção;
  • argumentação;
  • confiança.

Por conta disso, o desenvolvimento de todos esses atributos é crucial para aqueles que querem ser bons oradores.

Qual a importância de ter boa oratória?

Embora isso faça parte do senso comum, se engana quem acredita que apenas indivíduos que trabalham com a comunicação podem se beneficiar com o estudo da oratória.

Como vimos anteriormente, a comunicação envolve outros quesitos além da capacidade de falar bem. No entanto, todos os melhores comunicadores que já passaram pela história da humanidade eram excelentes oradores.

Afinal, a capacidade de juntar palavras de forma eficiente e transmitir opiniões, sentimentos e ideias por meio delas é uma grande vantagem. Entre os grandes mestres da oratória, podemos citar personalidades como:

  • Alexandre, o Grande;
  • Winston Churchill;
  • Adolf Hitler;
  • Martin Luther King;
  • Mahatma Gandhi;
  • Steve Jobs;
  • Nelson Mandela.

Como podemos perceber, essas pessoas mudaram o mundo de alguma forma (algumas, infelizmente, utilizaram o seu talento para atividades nada benéficas). Seus discursos ainda fazem história atualmente, dezenas ou centenas de anos após as palavras serem ditas. Assim, fica bem claro o poder da oratória.

Falar bem, com clareza, objetividade e confiança é uma incrível ferramenta de persuasão e transmissão de informação. Um bom orador pode ser uma incrível adição a qualquer empresa, em absolutamente qualquer segmento.

No âmbito profissional, a capacidade de falar em público é uma habilidade vital para ter e aprimorar. Ela possibilita interações simples e cotidianas entre colegas de trabalho, chefes e funcionários, além de impactar positivamente o relacionamento e a experiência da empresa com os seus clientes.

Por conta disso, os empregadores buscam por funcionários que possuam a capacidade de se comunicar de forma eficiente. Infelizmente, algumas pessoas sofrem com um medo patológico de falar em público, o que pode causar prejuízos em diversos campos das vidas de tais indivíduos.

O que é o medo de falar em público?

Apesar da importância histórica da comunicação, poucas pessoas podem dizer que se sentem naturalmente confortáveis ao falar para públicos — sejam eles grandes ou pequenos. Esse é, na verdade, um medo bastante comum. Tão comum que possui até mesmo um termo médico para defini-lo: glossofobia.

Para o glossofóbico, enfrentar uma plateia pode ser o pior de todos os pesadelos. Os principais sintomas envolvem sinais físicos e psicológicos, que incluem:

  • suor excessivo (em todo o corpo, mas, principalmente, nas palmas das mãos);
  • tremores e sensação de pernas bambas;
  • rigidez ou dores musculares (especialmente nos ombros e pescoço);
  • secura na boca;
  • palpitações e aceleração cardíaca;
  • visão escurecida;
  • queda ou aumento da pressão arterial;
  • dores e desconfortos estomacais;
  • alterações na voz e na fala, como fraqueza, tremor ou gagueira;
  • dores de cabeça;
  • náuseas, enjoos e até mesmo vômitos;
  • ataques de pânico.

As causas para esse problema são desconhecidas, mas pesquisadores e especialistas em psicologia estimam que ele pode estar ligado a eventos traumáticos ou a outras questões emocionais, como baixa autoestima ou falta de confiança. O tratamento inclui a execução de terapias comportamentais e, às vezes, o uso de medicações de suporte.

Vale a pena salientar que apresentar alguns dos sintomas citados não quer dizer, de forma alguma, que você é glossofóbico. Na verdade, a maioria dos oradores (mesmo os mais experientes) afirma sentir um certo desconforto antes de uma apresentação em público.

Afinal, quem nunca sentiu um friozinho na barriga antes de apresentar um trabalho escolar, não é mesmo? O problema normalmente é definido pelo aparecimento frequente dos sintomas, além de levar outros fatores em consideração, como a ocorrência de incapacitação (quando não conseguimos efetuar tarefas simples devido ao medo).

Por conta disso, o diagnóstico deve ser feito por um profissional qualificado, que indicará o melhor tratamento de acordo com cada caso.

Como a oratória pode ser desenvolvida?

Como mencionado, nem sempre o medo de falar em público pode ser descrito como uma fobia e, portanto, o tratamento médico especializado não é necessário na maioria das vezes.

Isso não quer dizer, é claro, que devemos deixar o desconforto de falar para várias pessoas ‘’por isso mesmo’’, já que, além de prejudicar diversas relações em nossas vidas, esse receio pode nos fazer perder importantes oportunidades profissionais.

Felizmente, existem formas simples de melhorar nossa capacidade de oratória no dia a dia, com pequenas mudanças que fazem toda a diferença. Confira algumas dicas a seguir:

Prepare-se muito bem

Embora não garanta 100% de sucesso, a preparação é uma das chaves para que qualquer apresentação saia de acordo com o planejado. Por isso, separe um tempo considerável para deixar tudo pronto antes do grande momento.

Não tenha vergonha de praticar em voz alta em frente a um espelho ou de gravar a si mesmo e assistir em seguida. Outra dica importante é obter inspiração de várias fontes antes de começar os preparativos.

Veja discursos de grandes oradores, assista às suas palestras e leia as transcrições de suas palavras. Sentir-se preparado e inspirado ajudará você a mandar o nervosismo e a ansiedade para bem longe.

Destaque os seus pontos fortes

Além de trabalhar a confiança, para ser um bom orador é importante trabalhar também a autoestima. Aprender a reconhecer os pontos fortes (e, é claro, as fraquezas) é essencial para saber exatamente o que destacar no momento das falas em público.

O autoconhecimento também é uma ferramenta essencial, pois permite que o locutor não cometa o erro grave de tentar ser o que não é. Lembre-se de acreditar fortemente em suas opiniões e passar toda essa força para o público, que acreditará no que você tem a dizer.

Coloque-se no lugar de seu público

Ter empatia é fundamental para todos os seres humanos, certo? No entanto, essa qualidade se torna um diferencial ainda maior para os que buscam melhorar sua oratória. A capacidade de colocar-se no lugar do próximo pode, sem dúvidas, deixar você muito a frente quando se trata de agradar o seu público.

Ao ser empático, você consegue mensurar exatamente o que as pessoas querem ouvir e pode direcionar a mensagem para aquele grupo específico de indivíduos. Escolher a linguagem certa e falar exatamente sobre os temas que o público quer saber passará muito mais credibilidade aos espectadores.

Cuide de sua aparência

Trabalhar a autoestima significa, indiretamente, cuidar da sua aparência. Afinal, ela é o modo como você se apresenta para o seu público. Para os espectadores, um locutor apresentável transmite credibilidade e demonstra respeito por aqueles que estão escutando. Lembre-se de que a primeira impressão é aquela que fica.

Além disso, tente manter sempre um sorriso em seu rosto. Certos sentimentos são contagiantes e um público que lida com um palestrante feliz e confiante certamente se sentirá da mesma forma, fazendo de sua fala um grande sucesso.

Aprenda a ouvir

Um bom falante deve, primeiramente, ser um bom ouvinte. Por incrível que pareça, a maioria esmagadora das pessoas tem dificuldades em compreender o que o próximo está tentando dizer. Um dos maiores erros cometidos pelos aspirantes a oradores é não questionar o público, dirigindo questões diretamente a ele.

Preparar falas interativas, que contem com a participação dos espectadores, é um ótimo meio de melhorar a sua oratória e trazer mais confiança. A interação com o público também garantirá uma maior compreensão de tudo aquilo que você está tentando passar, além de fazer com que as pessoas se sintam mais próximas.

Aprenda a lidar com todos os tipos de feedback

Todos nós sabemos como receber elogios pode ser incrível. Ter seu trabalho duro reconhecido é uma ótima sensação, capaz de melhorar o dia de qualquer mortal. Infelizmente, é impossível agradar a gregos e troianos e todos precisaremos lidar com feedbacks negativos de vez em quando.

Por isso, é importante tentar não se cobrar excessivamente quando o público não estiver tão receptivo. O nervosismo, além de não resolver o problema, pode causar ainda mais prejuízos. Mantenha-se firme até o final e avalie todas as questões posteriormente para não cometer os mesmos erros em sua próxima apresentação.

Além de todas essas opções, podemos citar o teatro como uma atividade de grande importância no desenvolvimento da oratória, mesmo para os que não buscam uma carreira na área. As aulas, nesse caso, podem ser até mesmo indicadas como um tratamento adicional à glossofobia.

Como o teatro ajuda no desenvolvimento da oratória?

Como conversamos no tópico anterior, o teatro pode ser um grande aliado na luta contra o medo de falar em público — além de auxiliar aqueles que já se sentem confortáveis com essa situação e buscam melhorar ainda mais suas capacidades e destacar-se em diversos ambientes.

Além de proporcionar diversos aprendizados ligados ao âmbito teatral e possibilitar a criação de novos laços de amizade, as artes cênicas são responsáveis pelo desenvolvimento de diversas habilidades importantes. Entre elas, podemos citar a oratória.

Embora a maioria das pessoas acredite que essa capacidade seja trabalhada diretamente durante as aulas, isso nem sempre é verdade. Existem, é claro, exercícios específicos para esse fim — afinal, falar bem é um requisito crucial para ser um bom ator ou atriz, não é mesmo?

No entanto, fazer aulas de teatro também auxilia oradores em potencial de forma indireta, trabalhando pontos interligados à arte da comunicação. Entre eles, podemos citar:

  • dicção;
  • postura;
  • consciência e controle corporais;
  • autoconhecimento;
  • confiança;
  • autoestima;
  • criatividade;
  • liderança;
  • presença de palco;
  • trabalho em grupo;
  • empatia;
  • argumentação.

Por se tratar de uma arte humana, inclusiva e poderosa, o teatro abrange os âmbitos físicos e psicológicos daqueles que o estudam. Os alunos que optam por essas aulas são agraciados com conhecimentos gerais, que auxiliam em diversas áreas de sua vida e melhoram as chances de conseguirem boas oportunidades de emprego.

Agora sabemos como o teatro ajuda na vida pessoal e a importância do desenvolvimento de uma boa oratória, fundamental para a melhoria de relações pessoais — além de servir como um incrível diferencial que potencializa as chances de você conseguir uma ótima oportunidade profissional.

Dê uma chance e veja por si mesmo todos os benefícios dessas aulas! Em caso de dúvidas ou sugestões, não hesite em entrar em contato com a gente! Nossa equipe está sempre à disposição para responder qualquer pergunta e atendê-lo da melhor forma possível.

Até a próxima!

Veja neste post os benefícios do teatro para a sua vida e como eles são importantes para que a sua carreira profissional seja bem-sucedida.

Entenda como a aula de teatro pode ajudar a sua carreira

Atualmente, muitas pessoas ainda não sabem, mas o teatro não é só para quem quer atuar. Fazer aula de teatro contribui em diversos aspectos da nossa vida, como saúde, profissão, relacionamento e muito mais!

Sendo assim, umas das grandes vantagens de fazer teatro é a forma como ele auxilia a nossa vida profissional, pois, por exemplo, ele pode nos ajudar a passar em uma entrevista de emprego, a lidar com clientes e, até mesmo, a ser um profissional multitarefas.

Dessa forma, veja neste post os benefícios do teatro para a sua vida e como eles são importantes para que a sua carreira profissional seja bem-sucedida. Confira conosco!

Benefícios do teatro para a vida

Veja abaixo alguns dos muitos benefícios que o teatro pode proporcionar para a nossa vida.

Melhora a autoestima

Um dos principais benefícios do teatro para a nossa vida é que ele eleva a nossa autoestima. Isso acontece porque usamos muito a imaginação e a criatividade na elaboração de cenas complexas.

Toda essa interatividade afeta a nossa maneira de pensar sobre o mundo, o que nos proporciona mais prazer e vontade de viver. Por exemplo, para uma pessoa que vive constantemente em crises de depressão, o teatro é um remédio incrível para ajudá-la.

Além disso, o teatro nos faz conviver com muitas pessoas diferentes, indivíduos que nunca tivemos contato, mas que agora precisamos ter um relacionamento proveitoso. Isso tudo contribui para aumentar a nossa autoestima e termos mais alegria para viver.

Desenvolve a criatividade

Além de nos beneficiar com mais autoestima, o teatro também desenvolve muito a nossa criatividade. É preciso de muita imaginação para atuar nas peças teatrais, pois lidaremos com um mundo que está fora da nossa realidade.

Da mesma forma, é necessária muita improvisação para realizar determinadas formas teatrais, o que também contribui para desenvolver cada vez mais a nossa criatividade.

Ajuda na memorização

Uma das coisas que mais lidamos em uma aula de teatro é com a memorização das falas dos personagens. É necessário decorar o que será dito em cada atuação, por isso é preciso de muita disciplina para repetir o discurso, até que ele esteja gravado em nosso pensamento.

Isso é um benefício muito importante para a nossa vida, uma vez que no começo, geralmente, é mais trabalhoso realizar tantas repetições. Mas depois, quando nos acostumamos, isso passa a ser muito mais fácil para quem trabalha com isso.

Dessa forma, a nossa memória é expandida para gravarmos por muito mais tempo as informações que ouvimos e lemos. Por exemplo, lembramos de um determinado conteúdo lido em um e-mail por semana ou meses. Tudo isso é fruto de um treinamento árduo no começo, mas que depois será muito proveitoso.

Benefícios do teatro para a carreira profissional

Todos os benefícios do teatro para a vida pessoal também contribuem, de forma muito especial, para a nossa carreira profissional. Sendo assim, veja abaixo 4 importantes contribuições da prática do teatro para o desenvolvimento profissional.

Aumenta a autoconfiança

Passar segurança em um relacionamento profissional é algo fundamental para o sucesso da carreira de trabalho. Embora muitos profissionais até sejam competentes e dedicados nas tarefas que realizam, é comum as pessoas serem inseguras, prejudicando a imagem que passarão.

Por isso, participar das aulas ajudará muito, pois o teatro transforma as pessoas, deixando-as mais seguras e confiantes. É no treinamento que você vai poder lidar com as suas inseguranças e trabalhar para melhorá-las.

Por exemplo, em uma entrevista de emprego você se sentirá muito mais confortável para conversar com o diretor de uma empresa, uma vez que você já trabalhou as suas inseguranças por fazer teatro, fazendo daquele momento o mais natural possível.

Desenvolve a comunicação

Saber se comunicar é algo muito importante para ser bem-sucedido na carreira profissional. A maioria das pessoas não sabe se comunicar, e acaba perdendo muitas oportunidades.

Você pode ser uma empresária, por exemplo, que trabalha com a venda de algum produto de beleza. A maneira como você se comunicará com os seus clientes fará toda a diferença para que você consiga fazê-los adquirir a sua oferta.

Por isso, ao fazer aulas de teatro, você trabalhará a maneira de conversar para cada cena que realizará. Além disso, outra coisa que será trabalhada com você é a sua tonalidade de voz, o que permitirá que você saiba controlar o tom da sua fala para não se sentir cansada.

São inúmeros os benefícios, pois além de saber se comunicar, você também saberá ouvir o que as pessoas têm a dizer. Dessa forma, você também aprenderá sobre o tempo de falar e o tempo de ficar calado para escutar o que o outro tem a dizer. Tudo isso é muito proveitoso para o seu sucesso profissional.

Facilita lidar com novidades

Como dito nos benefícios em fazer teatro, a criatividade será algo muito presente na sua vida. Isso fará com que você tenha facilidade para lidar com o novo e, consequentemente, tenha muito sucesso em sua profissão.

O mercado de trabalho, atualmente, demanda profissionais que sejam resilientes. Por exemplo, você pode ser chamada para trabalhar em vários setores de uma empresa, isso exige muito jogo de cintura para poder lidar com várias tarefas diferentes.

Contribui para relacionamentos interpessoais

Por fim, outro benefício do teatro para a sua vida profissional será a forma como você tratará as pessoas, isto é, o seu relacionamento interpessoal.

O teatro proporcionará a você um bom relacionamento, pois antes de lidar com as pessoas no trabalho, você lidará com muitas pessoas em seu ambiente de curso. Isso faz parte de conhecer o ser humano, de saber como ele gosta de ser tratado e como ter uma boa conexão com indivíduos que pensam diferente.

Portanto, você aprendeu neste post sobre os principais benefícios de fazer teatro, além de como as aulas podem ajudar em sua carreira profissional. Desse modo, é útil que você se apresse para trazer isso para a sua vida e, dessa forma, conquistar lugares altos no mercado de trabalho.

Você gostou de saber sobre como a aula de teatro pode a ajudar a sua carreira profissional? Então ajude os seus amigos também a terem sucesso. Compartilhe esse post em suas redes sociais!

Descubra vários benefícios trazidos pela prática das aulas de teatro e conheça os motivos para começá-las o quanto antes! 

Fazer teatro: 7 motivos para começar as aulas o quanto antes

Muitos de nós, quando pequenos, sonhamos em nos tornar grandes atores ou atrizes na vida adulta. Afinal, a profissão é comumente associada a um certo glamour que costuma nos encantar.

Felizmente, as aulas podem ser frequentadas por qualquer pessoa, independentemente de sua área de atuação ou de suas expectativas. Isso porque a atividade é comprovadamente eficaz para o desenvolvimento de diversas áreas de nossas vidas e melhora os desempenhos profissional e social dos indivíduos.

As aulas de teatro são, além de muito divertidas e dinâmicas, repletas de outras vantagens para aqueles que as praticam. Além disso, não são, exclusivas para quem busca uma carreira no ramo. Então, chega de perder tempo!

Continue a leitura e descubra vários benefícios trazidos pela prática das aulas de teatro e conheça os motivos para começá-las o quanto antes! Venha com a gente!

1. Vencer a timidez

Embora muitas pessoas tratem a timidez como um problema a ser resolvido, essa característica não passa de um traço de personalidade. Tais traços fazem parte de quem somos e nos tornam seres únicos. E é essencial que essa individualidade seja sempre respeitada.

Por outro lado, a timidez excessiva pode, sim, ser um problema para as relações sociais, além de causar danos nos âmbitos acadêmico e profissional. Saber dosar essa peculiaridade é o melhor caminho para encontrar um equilíbrio entre personalidade e melhores oportunidades dentro da sociedade.

Uma coisa que poucas pessoas sabem é que, na verdade, muitos atores são extremamente tímidos e introspectivos. Isso não os impede, no entanto, de brilhar nos palcos várias vezes por semana. As aulas de teatro são capazes de melhorar a desenvoltura, equilibrar a timidez e ainda assim ensinar o aluno a respeitar sua própria individualidade, melhorando a confiança e a autoestima.

2. Favorece a concentração e a memória

As capacidades cognitivas, que englobam fatores como foco, atenção, concentração, memorização, dicção e percepção, são algumas das áreas mais beneficiadas pela prática de aulas de teatro e outras artes, como a dança e a música.

As aulas de teatro envolvem muito mais do que simplesmente atuar. Elas são um constante exercício de leitura, compreensão de textos e intensa atividade intelectual. Isso desenvolve diretamente diversas áreas do cérebro que podem melhorar — e muito! — o desempenho acadêmico e profissional dos alunos.

3. Desenvolve a capacidade de comunicação

Falar em público pode ser assustador para muitas pessoas. Na realidade, esse medo tem até um nome: é conhecido como glossofobia, que tem origem no grego e significa medo da língua, em tradução livre.

O teatro é famoso por desenvolver a capacidade de oratória, além de melhorar outros aspectos como a linguagem corporal, a dicção e a entonação vocal. Progressos na fala em público podem fazer toda a diferença em sua profissão ou vida acadêmica, já que melhoram a capacidade de apresentar projetos e, com o tempo, permitem até que mais clientes sejam conquistados.

Outro benefício desse aprendizado é a melhoria no âmbito pessoal. Afinal, relacionamentos são alimentados pelo diálogo e pela comunicação, certo? Por isso, saber falar e se expressar de forma correta pode fazer maravilhas nesse sentido.

4. Possibilita o surgimento de novas amizades super interessantes

Embora pareça ser simples para algumas pessoas, nem sempre é fácil fazer novos amigos. Conhecer gente nova e, mais importante, desenvolver uma conexão com tais indivíduos, pode ser um desafio para a maioria dos mortais. Nas aulas de teatro, novas amizades são estimuladas e mais facilmente criadas. Laços se formam com mais fluidez, graças aos interesses em comum que são partilhados pelos alunos.

Além disso, as artes cênicas são inclusivas, democráticas e incentivam o respeito às diferenças. Com isso, você poderá conhecer pessoas de diversas raças, gêneros e esferas sociais, trocar informações e aprender muitos conceitos de empatia.

5. Desenvolve o trabalho em equipe

Saber trabalhar em equipe e lidar com pessoas de personalidades completamente diferentes é um diferencial imenso, que faz toda a diferença em ambientes de trabalho ou de estudo. Afinal de contas, quem nunca se estressou um pouco demais durante um trabalho em grupo?

O teatro incentiva dinâmicas e atividades em grupo em todas as suas aulas. Com isso, ensina os estudantes a ouvirem o que os outros têm a dizer, bem como a expor suas opiniões de forma que elas possam ser ouvidas também. Assim, todos aprendem a lidar com as diferenças com maturidade e resolver todos os problemas com eficiência.

6. Fortalece a confiança

Se a insegurança é um problema presente em seu dia a dia, fazer teatro pode ser uma boa opção para combater essa dificuldade. Nas aulas, os alunos são incentivados todos os dias a desenvolverem a autoconfiança para que se tornem cada vez mais seguros de si. Isso é um grande benefício para a autoestima.

O desenvolvimento da autoconfiança ocorre gradualmente, por meio da exposição a situações um tanto inusitadas no palco. Você ficará surpreso com o quão mais fácil será lidar com pessoas e trabalhar criativamente no cotidiano após as vivências teatrais.

7. Leva a uma nova profissão

Por mais que você já esteja encaminhado em alguma área, fazer teatro pode, sem dúvida, desenvolver em você uma grande paixão pelas artes cênicas e levá-lo a uma nova profissão. Aprender um novo ofício é sempre enriquecedor, além de manter vivo o sonho de muitas pessoas à se tornar realidade.

Fazer teatro é uma atividade que engrandece por inteiro. Além de poder se tornar uma profissão, essa linda arte é capaz de desenvolver inúmeras habilidades extremamente enriquecedoras para quem à pratica. Esses ensinamentos podem ser levados para a vida toda com enormes benefícios e quando colocados em prática traz novos horizontes e possibilidades em inúmeras áreas.

Fique por dentro das nossas novidades e volte aqui no Blog para conferir as novidades!