Tag Archives: relacionamentos

As aulas de teatro são, além de muito divertidas e dinâmicas, repletas de outras vantagens para aqueles que as praticam.

Será que chegou a hora de fazer teatro? 8 pistas para saber se sim ou se não…

Muitos de nós, quando pequenos, sonhamos em nos tornar grandes atores ou atrizes na vida adulta. Afinal, a profissão é comumente associada a um certo glamour que costuma nos encantar.

Felizmente, as aulas podem ser frequentadas por qualquer pessoa, independentemente de sua área de atuação ou de suas expectativas. Isso porque a atividade é comprovadamente eficaz para o desenvolvimento de diversas áreas de nossas vidas e melhora os desempenhos profissional e social dos indivíduos.

As aulas de teatro são, além de muito divertidas e dinâmicas, repletas de outras vantagens para aqueles que as praticam. Além disso, não são, exclusivas para quem busca uma carreira no ramo.

Então, vamos lá descobrir se chegou a sua hora?

1. Evolução Pessoal

Uma escola de teatro tem muito a ensinar para quem deseja potencializar sua evolução pessoal. As aulas são elaborado para trazer novas visões de mundo o que transcende o teatro, sai dos palcos e vai para a vida. Consciência na linguagem verbal e não verbal, expansão do conhecimento e amadurecimento, tanto pessoal, como profissional, são conquistas muito citadas por alunos te teatro. Mas, o que eles, definitivamente, elegeram como o maior benefício do curso, é que tudo isso acontece em um ambiente descontraído, com pessoas maravilhosas, profissionais com excelência e muita, mas muita diversão mesmo!

Continue a leitura e descubra vários outros benefícios trazidos pela prática das aulas de teatro e conheça os motivos para começá-las o quanto antes! Venha com a gente!

2. Lidar melhor com a timidez para falar em público

Embora muitas pessoas tratem a timidez como um problema a ser resolvido, essa característica não passa de um traço de personalidade. Tais traços fazem parte de quem somos e nos tornam seres únicos. E é essencial que essa individualidade seja sempre respeitada.

Por outro lado, a timidez excessiva pode, sim, ser um problema para as relações sociais, além de causar danos nos âmbitos acadêmico e profissional. Saber dosar essa peculiaridade é o melhor caminho para encontrar um equilíbrio entre personalidade e melhores oportunidades dentro da sociedade.

Uma coisa que poucas pessoas sabem é que, na verdade, muitos atores são extremamente tímidos e introspectivos. Isso não os impede, no entanto, de brilhar nos palcos várias vezes por semana. As aulas de teatro são capazes de melhorar a desenvoltura, equilibrar a timidez e ainda assim ensinar o aluno a respeitar sua própria individualidade, melhorando a confiança e a autoestima.

3. Favorece a concentração

As capacidades cognitivas, que englobam fatores como foco, atenção, concentração, memorização, dicção e percepção, são algumas das áreas mais beneficiadas pela prática de aulas de teatro e outras artes, como a dança e a música.

As aulas de teatro envolvem muito mais do que simplesmente atuar. Elas são um constante exercício de leitura, compreensão de textos e intensa atividade intelectual. Isso desenvolve diretamente diversas áreas do cérebro que podem melhorar — e muito! — o desempenho acadêmico e profissional dos alunos.

4. Desenvolve a capacidade de comunicação

Falar em público pode ser assustador para muitas pessoas. Na realidade, esse medo tem até um nome: é conhecido como glossofobia, que tem origem no grego e significa medo da língua, em tradução livre.

O teatro é famoso por desenvolver a capacidade de oratória, além de melhorar outros aspectos como a linguagem corporal, a dicção e a entonação vocal. Progressos na fala em público podem fazer toda a diferença em sua profissão ou vida acadêmica, já que melhoram a capacidade de apresentar projetos e, com o tempo, permitem até que mais clientes sejam conquistados.

Outro benefício desse aprendizado é a melhoria no âmbito pessoal. Afinal, relacionamentos são alimentados pelo diálogo e pela comunicação, certo? Por isso, saber falar e se expressar de forma correta pode fazer maravilhas nesse sentido.

 

5. Possibilita o surgimento de novas amizades super interessantes

Embora pareça ser simples para algumas pessoas, nem sempre é fácil fazer novos amigos. Conhecer gente nova e, mais importante, desenvolver uma conexão com tais indivíduos, pode ser um desafio para a maioria dos mortais. Nas aulas de teatro, novas amizades são estimuladas e mais facilmente criadas. Laços se formam com mais fluidez, graças aos interesses em comum que são partilhados pelos alunos.

Além disso, as artes cênicas são inclusivas, democráticas e incentivam o respeito às diferenças. Com isso, você poderá conhecer pessoas de diversas raças, gêneros e esferas sociais, trocar informações e aprender muitos conceitos de empatia.

6. Desenvolve o trabalho em equipe

Saber trabalhar em equipe e lidar com pessoas de personalidades completamente diferentes é um diferencial imenso, que faz toda a diferença em ambientes de trabalho ou de estudo. Afinal de contas, quem nunca se estressou um pouco demais durante um trabalho em grupo?

O teatro incentiva dinâmicas e atividades em grupo em todas as suas aulas. Com isso, ensina os estudantes a ouvirem o que os outros têm a dizer, bem como a expor suas opiniões de forma que elas possam ser ouvidas também. Assim, todos aprendem a lidar com as diferenças com maturidade e resolver todos os problemas com eficiência.

7. Fortalece a confiança

Se a insegurança é um problema presente em seu dia a dia, fazer teatro pode ser uma boa opção para combater essa dificuldade. Nas aulas, os alunos são incentivados todos os dias a desenvolverem a autoconfiança para que se tornem cada vez mais seguros de si. Isso é um grande benefício para a autoestima.

O desenvolvimento da autoconfiança ocorre gradualmente, por meio da exposição a situações um tanto inusitadas no palco. Você ficará surpreso com o quão mais fácil será lidar com pessoas e trabalhar criativamente no cotidiano após as vivências teatrais.

8. E o mais legal de tudo! Pode trazer uma nova profissão

Por mais que você já esteja encaminhado em alguma área, fazer teatro pode, sem dúvida, desenvolver em você uma grande paixão pelas artes cênicas e levá-lo a uma nova profissão. Aprender um novo ofício é sempre enriquecedor, além de manter vivo o sonho de muitas pessoas à se tornar realidade.

Fazer teatro é uma atividade que engrandece por inteiro. Além de poder se tornar uma profissão, essa linda arte é capaz de desenvolver inúmeras habilidades extremamente enriquecedoras para quem à pratica. Esses ensinamentos podem ser levados para a vida toda com enormes benefícios e quando colocados em prática traz novos horizontes e possibilidades em inúmeras áreas.

Então o que achou? Será que chegou a sua hora?

Uma vez que a pessoa inicia o seu trabalho como ator, ao longo da vida, ela vai desenvolvendo habilidades que são utilizadas até mesmo na vida real. Você sabe quais habilidades são essas?

Habilidades como ator? – Veja quais habilidades você irá desenvolver

Um ator não cai de paraquedas na profissão. Um ator não nasce pronto. Por mais que você tenha facilidade para se comunicar, é engraçado e causa boa impressão nas pessoas, atuar já requer atividades mais elaboradas, conhecimento, técnica para desenvolver os papéis que a você foram apresentados.

É por isso que muitas pessoas, antes mesmo de conseguirem um papel simples, sem fala, iniciam a sua carreira fazendo cursos de teatro, buscando aprendizado, desenvolver técnicas, para que possa estar preparado quando a grande chance aparecer.

Uma vez que a pessoa inicia o seu trabalho como ator, ao longo da vida, ela vai desenvolvendo habilidades que são utilizadas até mesmo na vida real. Você sabe quais habilidades são essas? Se não, fique por aqui que este texto tem o objetivo de apresentar as habilidades desenvolvidas ao longo da carreira.

 

Relacionamento com as pessoas

Uma das habilidades que o ator desenvolve com o tempo é a forma como se relaciona com as pessoas, com todas, de um modo geral. O ator aprende a importância de ter o outro ao lado e, com isso, ele entende, não só na atuação, mas na vida, a importância de ser bem relacionado, de ter pessoas com ele, que o estimulam e ajudam a crescer, assim como ele a elas.

Melhor comunicação oral

O ator, por estar sempre repleto de diversas falas, aprende a se comunicar melhor com as pessoas, isso porque o seu estudo e trabalho, faz com que ele esteja em contato direto com outras pessoas, fazendo a troca de ideias, conhecendo, falando e ouvindo, o que faz com que ele melhore o seu repertório e tenha uma fala melhor, consiga se comunicar de forma mais clara.

Por mais que a pessoa tenha ideias brilhantes, se ela não souber divulgá-la de forma eficaz, jamais conseguirá chegar a algum lugar. É por isso que uma boa comunicação se faz vital para quem quer trabalhar nessa área e, com isso, acaba desenvolvendo a comunicação.

Imaginação desenvolvida

Por atuar em diversas cenas e produções, o ator consegue observar e perceber um mundo que antes ele talvez não tivesse noção que existia. A arte o mostra um lado mais imaginário, com possibilidades de criações e imaginações que ele jamais havia visto. Com tanta história vivida, contada e falada, o ator consegue fazer parte de um mundo onde poucas pessoas conseguem alcançar: a imaginação.

Entender as suas limitações

Com o passar dos anos, o ator aprender a respeitar mais o seu corpo, as suas limitações. Se no começo da carreira ele topa assumir qualquer risco, qualquer papel, com a experiência adquirida com o tempo ele aprende a dizer não, ele conhece e sabe dizer se conseguirá realizar determinada atividade ou não. E mais, ele vai saber tirar proveito disso. O aprendizado que irá receber será maior do que qualquer valor que venha a ser transferido para a sua conta. O ator possui uma experiência rica nas mãos e só tende a se desenvolver e melhorar como pessoa.

Tem vontade de conhecer novas pessoas e ter mais habilidades sociais?

Como fazer novos amigos? Entenda como o teatro pode ajudar!

O teatro é uma fonte inesgotável de aprendizado. Com a prática da atuação, é possível nos redescobrirmos e mudar a forma como enxergamos o mundo. Um ganho evidente desse potencial se dá no meio social: o teatro é uma experiência artística que traz uma condição natural sobre “fazer novos amigos”.

Já é sabido que aqueles que têm um contato com a arte, mais especificamente o teatro, conseguem lidar melhor com os relacionamentos humanos e com a alteridade.

Tem vontade de conhecer novas pessoas e ter mais habilidades sociais? Através do teatro, é possível evoluir sua desenvoltura e, com isso, conquistar relações sólidas com novas pessoas super interessantes! Leia este texto e descubra novas possibilidades na sua vida! Vamos lá?

Perca a inibição com essa prática

Muitas pessoas sentem-se inibidas em interagir socialmente. Isso é bastante comum, mas é possível melhorar por meio do teatro. Isso porque a atuação coloca você em diferentes situações e traz perspectivas diversas sobre o mundo e as pessoas. Essa característica única do teatro é uma ótima forma de trabalhar a inibição.

Nas aulas, você aprenderá que acabamos por nos limitar com a rotina e as imposições sociais, e somos muito mais mutáveis do que imaginamos.

O teatro o fará entrar em contato com novos aspectos de si mesmo. Assim, você poderá aperfeiçoar-se em pontos importantes de sua personalidade — principalmente no que diz respeito a comunicação e o contato com o outro.

É comum que pessoas muito inibidas tenham também certo receio ou vergonha de frequentar aulas de teatro. Isso é normal e pode ser contornado facilmente. Uma dica é a de buscar lugares que oferecem curso para Iniciantes. Com um momento assim, você terá uma aproximação segura de uma aula de teatro e, assim, poderá perceber como ela é útil para o crescimento e desenvolvimento pessoal.

De uma forma ou de outra, um curso Iniciante de teatro é um espaço que serve também para isso: perder a inibição e ser mais desenvolto nas interações com o outro. Mas saiba que nada disso será feito de maneira forçada ou inconveniente. Muitos indivíduos buscam nessa arte uma forma de lidar melhor com suas questões, portanto os professores estarão atentos às necessidades e os limites de cada um.

O que prometemos aqui não é uma cura milagrosa da noite para o dia. Com o teatro, você se transformará em você mesmo, num novo patamar, num processo contínuo e sólido. Abra seu coração para o novo, é possível movimentar-se e dar novos sentidos à sua identidade. E tenha certeza que todo este movimento acontece de forma segura e orgânica.

Trabalhe o controle de sua timidez

Atuar é expandir suas capacidades sociais. Consequentemente, através dessa prática você acaba perdendo sua timidez. Afinal, no teatro, trabalhamos na relação com outro, mas de uma maneira lúdica e acessível.

Tímidos são aqueles conhecidos por terem dificuldades de se expressar — algo que será praticado o tempo inteiro em sua vivência no teatro de uma maneira divertida e super interessante! Saber se comunicar, mais do que um dom, é algo que deve ser praticado o tempo inteiro para nos desenvolvermos nesse sentido. O primeiro passo é entender que a timidez não é algo fixo em você, mas que pode ser modificado a partir de novas vivências.

Atuar é se arriscar, de maneira segura, com o outro e se fortalecer com esses atos. Pergunte para qualquer pessoa que faz ou já fez teatro. Ela provavelmente dirá como cresceu a partir dessa experiência.

Aprenda com a interação social constante

Trabalhar com teatro é interagir. Nas aulas, você será colocado diante de jogos lúdicos, numa magia que só o teatro tem. É a sua chance de expressar-se de de maneira livre e dar asas a emoções que nem sabia que possuía.

O teatro é um lugar de experimentação. Ali você poderá recriar a si mesmo a partir do contato e do conflito com outras subjetividades. Nem sempre é fácil conversar e se relacionar com o outro, mas aqueles que se lançam nesse caminho de experimentação conseguem ser muito mais desenvoltos e maduros nas relações.

Mais do que atuar em si, os cursos costumam oferecer todo tipo de exercício de expressão individual e coletiva. Você será convocado a dar voz a aspectos próprios que nunca vivenciaria se não fosse por esse viés artístico.

Quando convivemos apenas com as pessoas que conhecemos e temos familiaridade, fica mais difícil se abrir para o novo e conhecer novas pessoas. Por isso, a proposta do teatro pode ser realmente útil para você que quer fazer novos amigos.

Encontre um novo ciclo de pessoas

Além de tudo isso, na própria experiência de uma classe de teatro você conhecerá pessoas novas, dispostas a interagir e provavelmente com os mesmos interesses que você! Ou seja, só de frequentar essas aulas você estará em um espaço propício para fazer novas amizades. E costumeiramente, laços de amizades são feitos para vida toda!

Mesmo que não pretenda seguir o teatro como profissão, isso não impede de aproveitar dessa experiência e expandir seu círculo social e cultural. Em uma aula, você encontrará todo tipo de indivíduo, que vai estar com a mesma intenção de descobrimento que você.

Muitas vezes, nos mantemos restringidos aos mesmos locais de convivência e interação, e ainda reclamamos de não conhecer pessoas novas! Sair um pouco da rotina e frequentar qualquer tipo de formação em conjunto é bastante prazeroso. No caso do teatro, isso se torna ainda mais atrativo, justamente por ser um espaço propício para a formação de vínculos e troca de vivências.

Para além da prática da atuação em si, existe toda uma teoria que envolve esse campo. O teatro é uma arte milenar, que acompanha o ser humano e se mantém presente em nossa sociedade, desde que o mundo é mundo. De certa forma, é possível dizer que seu surgimento coincide com o nascimento de nossa civilização, na medida em que formas de expressão artísticas como essa sempre estiveram acompanhando as mais diversas sociedades.

Agora você compreende que fazer novos amigos com no teatro é um fato! Em apenas um semestre, num bom curso de teatro, pessoas ao seu redor já irão sentir uma enorme diferença!

A vida cotidiana, do trabalho e da rotina trazem consigo uma repetição exaustiva dos mesmos atos. Matricular-se em um curso de teatro é escapar desse ciclo vicioso e abrir portas para outras experiências.

O que achou dessas dicas? Legal né! 😉

Discutiremos os principais aspectos da timidez infantil e mostraremos como ela pode ser trabalhada com a criançada.

Timidez Infantil: Entenda Como o Teatro Pode Ajudar

Quando falamos sobre timidez infantil, é comum pensarmos nessa característica como um defeito. Para muitos, ser tímido representa uma desvantagem em relação aos outros, especialmente na infância, e pode fazer com que as crianças se desenvolvam “inadequadamente”.

No entanto, todos temos personalidades e características diversas, que nos tornam pessoas completamente únicas. Elas podem incluir traços como a alegria, criatividade, a honestidade, a bravura e, claro, a timidez. Essas particularidades podem ser negativas ou positivas, dependendo do contexto e do ponto de vista.

Pensando nisso, criamos um artigo especial para debater as particularidades da timidez infantil. Ao longo de nossa conversa, discutiremos os principais aspectos dessa característica e mostraremos como ela pode ser trabalhada com a criançada. Além disso, falaremos sobre como trabalhá-la da forma correta, para que não traga prejuízos para o desenvolvimento. Boa leitura!

O que é a timidez?

A timidez é um traço de personalidade caracterizado pelo acanhamento, especialmente em público. Por isso, os tímidos têm mais dificuldade de realizar tarefas que envolvam trazer o foco para si e evitam situações em que estão no centro das atenções.

A palavra vem do latim e significa ‘ter medo’. Por isso, temer momentos mais sociais é comum para os tímidos, além do receio de ouvir opiniões negativas ou até mesmo a dificuldade em ouvir a palavra ‘não’.

Como a timidez infantil pode ser benéfica?

Vista por muitos como um grande defeito, a timidez pode ser uma das características de personalidade mais benéficas.

Na grande maioria das vezes, os tímidos são mestres na arte da observação e participam das situações de modo mais intimista, as vivenciando a partir de outra perspectiva. Por isso, não é incomum que eles notem coisas que outros deixaram passar. Além disso, boa parte das pessoas tímidas é extremamente prestativa e empática, se colocando muito mais no lugar de outras pessoas.

Isso faz com que a timidez seja uma vantagem em muitos ambientes, como o acadêmico e o profissional, desde que bem trabalhada. Muitos recrutadores buscam justamente as características que os tímidos possuem.

Quando devo me preocupar com a timidez infantil?

Infelizmente, nem tudo são flores. Assim como qualquer outra característica, a timidez pode ser bastante prejudicial em alguns casos e contextos. Um dos maiores exemplos de efeitos negativos causados por esse traço é o isolamento social.

Por medo de julgamentos, também é muito comum que crianças tímidas desenvolvam problemas na autoestima e se tornem inseguras, guardando suas opiniões para si e deixando de se expressar da maneira desejada.

Por isso, ao notar problemas no relacionamento de seu filho com os amiguinhos, insegurança excessiva, isolamento ou até mesmo perceber sentimentos de autodepreciação (bastante caracterizado por frases como ‘eu não consigo’), é hora de procurar auxílio e estimular a criança para evitar problemas.

Quais são os melhores métodos para trabalhar a timidez?

Para garantir o desenvolvimento adequado das crianças e evitar problemas no futuro, é necessário realizar estímulos positivos para trabalhar essa característica da melhor forma, respeitando as particularidades, o tempo e o limite de cada criança. Para tal, investir em educação artística pode ser uma boa alternativa.

Aulas de música, dança ou teatro são ótimas opções para garantir que a expressão e a criatividade das crianças sejam sempre estimuladas. Além disso, as aulas teatrais são conhecidas por trabalhar diversas habilidades essenciais para os ajudar os mais tímidos, como:

  • Expressividade;
  • autoconfiança;
  • autoestima;
  • autoconhecimento;
  • oratória;
  • expressão corporal;
  • trabalho em equipe.

Com isso, as crianças tímidas aprendem a conviver melhor com essa característica e conseguem se inserir no contexto social, participando de atividades de modo natural, se divertindo e fazendo novos amigos.

A longo prazo, isso é extremamente benéfico, pois ajuda no desenvolvimento sem prejuízos e possibilita a criação de um adulto mais forte, confiante e sociável, independentemente de ser ou não tímido ao atingir a idade adulta.

Como podemos perceber, a timidez infantil pode ser um traço de personalidade bastante vantajoso para o desenvolvimento das crianças, desde que ela seja trabalhada da maneira correta. Por isso, não se preocupe e estimule a individualidade de seu filho, sempre respeitando seus limites!

Gostou deste artigo? Então, fica aqui a dica de uma escola de teatro para quem quer ajudar o desenvolvimento dos pequeninos. Assine nossa newsletter! Para acessá-la, basta acessar a página inicial e, assim, você receberá todos nossos conteúdos diretamente em seu e-mail!

Descubra exatamente como as aulas de teatro infantil podem fazer com que seu filho seja uma pessoa muito mais preparada para encarar o mundo que o espera!

Devo colocar meu filho no teatro infantil? Descubra aqui!

Por muito tempo, as aulas de artes cênicas foram vistas como uma ferramenta voltada exclusivamente para a formação de atores, atrizes ou outros profissionais da área teatral. No entanto, nos últimos anos o teatro infantil foi ganhando força e essa arte passou a ser vista como uma ótima atividade para o desenvolvimento de crianças e adolescentes.

Além da ação profissionalizante, as aulas de teatro aplicadas na infância e adolescência são uma excelente maneira de incentivar o desenvolvimento de diversas habilidades fundamentais para a vida dos indivíduos. Por meio delas, o aluno passa a se conectar melhor com o mundo e até mesmo ter mais sucesso profissional no futuro.

Não está convencido? Continue a leitura e descubra exatamente como as aulas de teatro podem fazer com que seu filho seja uma pessoa bem-sucedida e muito mais preparada para encarar o mundo que o espera!

Como funciona o teatro infantil?

As aulas de teatro infantil fazem parte do que é conhecido como educação lúdica. Esse tipo de ensino é focado no aprendizado e conta com o auxílio de diferentes estímulos, como as artes cênicas, a música e o desenho. Assim, a criança consegue desenvolver diversas características e habilidades de modo diversificado e divertido.

Esse tipo de educação vem ganhando muito espaço ultimamente e tem se mostrado bastante eficaz. De fato, as habilidades desenvolvidas nas aulas de teatro são procuradas por diversos empregadores e fazem a diferença no dia a dia de quem as aprende, especialmente durante a infância.

As aulas seguem mais ou menos o mesmo ritmo do teatro para adultos, respeitando, obviamente, as limitações e particularidades dos alunos. Os temas tratados são condizentes com a faixa etária, assim como as atividades propostas.

Quais as principais vantagens das aulas de teatro infantil?

Agora que você já conhece um pouco sobre o funcionamento das aulas de teatro infantil, que tal saber quais são as principais vantagens trazidas por essa arte para o desenvolvimento dos pequenos?

Favorece a interação entre os alunos

Ainda que os laços de amizade criados na primeira infância não sejam, na maioria das vezes, para sempre, a interação entre os alunos é essencial. Durante a adolescência, então, essas relações se tornam ainda mais relevantes para a formação psicológica e para o desenvolvimento da autoestima dos estudantes.

No teatro, aprende-se diariamente a lidar cada vez melhor com todos os aspectos dos relacionamentos humanos, seja por meio do estudo de textos que nos conectam com as emoções, pelo desenvolvimento da empatia ou simplesmente por conta do incentivo da criação de amizades entre os participantes.

Trabalha e exercita a comunicação

Ainda falando sobre o papel do teatro no desenvolvimento da comunicação, é importante mencionar quais são exatamente os aspectos trabalhados durante as aulas. Um dos principais é a expressão corporal, que é largamente estimulada e tem grande importância no modo como nos comunicamos.

Além disso, podemos citar a redução da timidez excessiva, o aprendizado da arte da oratória (a capacidade de falar bem em público), a melhora da dicção e da colocação vocal e, até mesmo, a facilidade em lidar com as palavras. Essas características são fundamentais para o desenvolvimento de relacionamentos saudáveis e para o futuro profissional.

Estimula o amadurecimento emocional

O autoconhecimento é peça-chave para garantir o amadurecimento pessoal e o fortalecimento da inteligência emocional. Todas essas características estão interligadas e garantem muito mais estabilidade e segurança nas ações de quem as dominam.

No teatro, o aluno passa a conhecer a si mesmo por meio da leitura de textos e do desenvolvimento da empatia, além dos exercícios propostos durante as aulas e dos debates levantados. Assim, fica muito mais fácil conhecer seus pontos fortes e fracos e saber como enfrentar as mais diversas situações, sem jamais perder o jogo de cintura.

Aumenta a autoestima de crianças e adolescentes

Também conhecida como amor próprio, a autoestima é uma característica muito importante, especialmente nos dias de hoje. Com a supervalorização dos padrões de beleza impostos pela sociedade e a constante pressão, é muito comum observarmos crianças e adolescentes desconfortáveis e extremamente inseguros.

No dia a dia do teatro, os alunos aprendem a se respeitar e a valorizar seus pontos positivos. Ao gostarem de si mesmos, passam a ser mais seguros e menos tímidos, conquistando melhores oportunidades e explorando todo o potencial que possuem.

Melhora o desempenho acadêmico

Já deu para notar que todos esses pontos acabam sendo muito positivos para o desempenho na escola, não é mesmo? O desenvolvimento da responsabilidade, da autoestima, do autoconhecimento e da comunicação é crucial para que as crianças se deem bem no âmbito acadêmico e, futuramente, arrasem em suas profissões.

Além disso, o teatro trabalha as habilidades cognitivas, como memorização, concentração e coordenação motora. A criatividade e a imaginação também são largamente exploradas nas aulas e favorecem a rotina escolar das crianças.

Ensina um ofício desde cedo

Por fim, podemos citar o benefício de aprender um ofício antes do tempo considerado regular. Muitos atores, tanto nacionais quanto internacionais, iniciaram a carreira nos palcos ainda crianças e desenvolveram, desde então, um verdadeiro amor pelas artes cênicas.

Mesmo que esse não seja o principal objetivo, é possível que seu filho pegue gosto pela arte teatral e resolva seguir carreira nesse ramo. De qualquer modo, é interessante ter uma profissionalização para eventuais necessidades, ainda mais uma que desenvolve tantas características e abre tantas portas como o teatro.

Gostou de conhecer as principais habilidades desenvolvidas com as aulas de teatro infantil e os seus benefícios? Como vimos, essa prática é excelente até mesmo para as crianças e jovens que não querem seguir uma carreira na área.

Tenha em mente que o desenvolvimento emocional, psicológico e cognitivo é extremamente valorizado e prepara o aluno para a vida!

Tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto? Nossa equipe está sempre à disposição para bater um papo com você e nosso principal objetivo é responder todos os seus questionamentos. Entre em contato com a gente e vamos conversar!

Continue a leitura e confira como lidar com a timidez excessiva no meio profissional. Continue a leitura deste artigo aqui.

8 problemas que uma pessoa tem por demonstrar timidez no trabalho

Ser diferente é necessário. Afinal de contas, a sociedade não teria chegado onde estamos hoje se fôssemos todos iguais. No entanto, algumas características podem trazer mais dificuldades, como é o caso da timidez no trabalho.

Na verdade, a timidez, por si só, não deve ser vista como um problema. Ela é uma parte da personalidade de indivíduos que têm características especiais e muitas vantagens. As pessoas tímidas costumam ser, por exemplo, muito mais observadoras e detalhistas.

No ambiente profissional, no entanto, ser tímido pode gerar alguns obstáculos de comunicação com a chefia e outros colegas de profissão. Por isso, é essencial que ela seja trabalhada para que não gere prejuízos. Mas, então, como isso pode ser feito?

É justamente disso que trataremos neste post! Continue a leitura e confira como lidar com a timidez excessiva no meio profissional:

Quais problemas os tímidos enfrentam no ambiente profissional?

Nossa sociedade está, de certa forma, condicionada a amar os personagens extrovertidos. Por isso é que ser tímido é tido como uma desvantagem em um ambiente tão dominado por pessoas com características contrárias.

Vejamos, a seguir, alguns dos problemas enfrentados por esses indivíduos.

1. Dificuldade para ser proativo

No ambiente profissional, ser proativo é ainda mais difícil para os tímidos. Essa é uma das habilidades mais desejadas por empregadores e recrutadores — mas, infelizmente, fica a desejar no caso de muitos tímidos, que se retraem e deixam passar oportunidades por conta de sua vergonha.

Isso não quer dizer, de modo algum, que esses indivíduos sejam menos capazes ou qualificados. Na prática, quer dizer que o medo diante de situações sociais pode deixá-los menos propensos a agir e se destacar em um ambiente repleto de pessoas competitivas e ambiciosas.

2. Problemas para desenvolver relacionamentos

A timidez também pode não ser tão favorável para o desenvolvimento de relações entre os colegas de trabalho, essenciais em qualquer profissão. Isso dificulta até o networking — nome dado às redes de contatos criadas entre profissionais de uma mesma área.

Outro ponto importante é o prejuízo para os relacionamentos com os próprios chefes e superiores, prejudicando a comunicação entre essas partes. Por isso, muitas vezes, pedir um favor ou informar algum problema pode ser bem difícil para pessoas tímidas.

3. Dificuldade de conseguir novas oportunidades

Por fim, podemos citar como um problema os obstáculos colocados para a conquista de novas oportunidades, sejam novos empregos ou a promoção, por exemplo. Isso afeta diretamente a possibilidade de crescimento dentro do ramo de atuação.

Enfrentar entrevistas de emprego ou demonstrar as características necessárias para uma promoção e cair nas graças dos chefes é muito mais complicado para pessoas introspectivas e retraídas, o que pode prejudicar o avanço na carreira escolhida.

4. Dificuldade em expressar opiniões e ideias

A expressão de opiniões e ideias não só é uma capacidade muito valorizada nos dias atuais (especialmente em empresas que têm a cultura do feedback como um de seus valores), como também pode auxiliar qualquer colaborador a melhorar muito as suas habilidades e capacitação.

A comunicação é um ponto crucial para qualquer trabalho e, por isso, deve ser parte do dia a dia dos funcionários. Expressar as suas visões pode fazer com que não só você seja favorecido, mas toda a empresa. Além disso, esse tipo de prática também auxilia na criação de laços e otimiza o networking.

5. Redução da produtividade e bloqueio do potencial

Não conseguir se comunicar adequadamente é prejudicial também para a exploração de todo o potencial das pessoas tímidas. Por serem mais retraídas, elas tendem a se isolar e não experimentam novas situações, além de terem um receio maior de se arriscar por medo de represálias.

Outra consequência direta da timidez excessiva é a redução da produtividade. Por terem medo de serem repreendidos ou de levar broncas, especialmente em frente aos outros colegas, muitos tímidos acabam não se expondo o bastante e não tomando a frente em situações que podem gerar momentos muito produtivos.

6. Dificuldades para desenvolver novas habilidades

O medo mencionado no tópico anterior traz outra séria consequência para os tímidos: a dificuldade do aprendizado de novas habilidades, algumas delas cruciais para o aprimoramento e capacitação dentro da carreira.

Isso ocorre justamente pelo medo excessivo em arriscar e não obter êxito. Em alguns casos, os tímidos têm até mesmo receio de irem bem e serem elogiados em público, atraindo toda a atenção para si. Com isso, se isolam em suas funções, fazendo apenas o básico, sem ousar.

7. Diminuição da autoestima

Embora os tímidos sejam extremamente capazes e a timidez traga muitas vantagens (como a maior capacidade de observação e uma grande empatia), o excesso dessa característica pode ser prejudicial para a autoestima, fazendo com que o indivíduo não confie em seu potencial e se compare frequentemente com as outras pessoas, vendo a si mesmo como inferior.

Os problemas de autoestima podem ser prejudiciais, especialmente a longo prazo. Tudo isso faz com que a timidez excessiva se torne uma reação em cadeia, que afeta os mais variados âmbitos da vida de uma pessoa.

8. Desenvolvimento de problemas emocionais

Por fim, uma das consequências mais graves da timidez no trabalho é o possível desenvolvimento de problemas emocionais, acarretados por um conjunto de fatores que vão desde a queda no desempenho no emprego ou a falta de interação social com os colegas da empresa.

Doenças como a depressão, a ansiedade ou a fobia social são comumente associadas às pessoas tímidas, mesmo que não exclusivas desse grupo. Por isso, trabalhar a timidez para que ela se mantenha em um nível saudável é fundamental não só para a carreira, mas para a saúde mental dessas pessoas.

Como o teatro pode ajudar a vencer a timidez excessiva no trabalho?

Quando falamos sobre atividades capazes de trabalhar o emocional e melhorar o autoconhecimento, o teatro é uma das melhores alternativas. Por conta disso, estas aulas são altamente recomendadas para pessoas tímidas ou com dificuldades de encarar situações sociais.

A questão é: por que isso acontece? O que podemos dizer é que as aulas teatrais trabalham diversas habilidades essenciais para os relacionamentos humanos, como a empatia, a comunicação e a oratória.

Além de auxiliar as pessoas a se portarem diante de outras — tanto no palco quanto em situações do dia a dia —, o teatro trabalha o indivíduo de dentro para fora. Por isso, características como o autoconhecimento, a autoconfiança e a autoestima são exploradas todos os dias.

O aluno passa a se conhecer melhor e, ao mesmo tempo, pratica elementos fundamentais para o relacionamento com os outros. Dessa forma, a longo prazo, a atividade favorece imensamente o currículo e traz mais desenvoltura no ambiente profissional.

E aí, pronto para vencer a timidez no trabalho? Depois dessas dicas, considere as aulas de teatro como uma alternativa para lidar com essa situação! Com certeza, você achará um equilíbrio entre a sua personalidade e a vida profissional, de modo que uma não prejudique a outra.

Agora, se gostou deste post, que tal compartilhá-lo em suas redes sociais? Assim outras pessoas ficarão sabendo como o teatro pode ajudar na vida profissional!

Vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar técnicas de teatro. Confira mais aqui.

8 técnicas de teatro que vão te impulsionar no trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige habilidades pessoais diferenciadas que normalmente não são obtidas na formação acadêmica. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que as técnicas de teatro podem ajudar e muito nesse sentido.

Não, você não leu errado! As aulas de teatro extrapolam os limites da atuação em palco. As mesmas técnicas ensinadas aos aspirantes à arte cênica são altamente eficazes para o desenvolvimento das competências pessoais.

Neste artigo vamos abordar algumas das principais habilidades exigidas pelo mercado de trabalho e comentar sobre 8 técnicas de teatro que podem contribuir de forma eficaz para o desenvolvimento das capacidades essenciais.

Habilidades e competências exigidas

Há algum tempo, cursos e qualificações acadêmicas eram o principal diferencial para competir por vagas de trabalho e promoções. Dessa forma, os profissionais graduados e especializados em suas respectivas áreas conseguiam as melhores colocações, oportunidades e salários.

Embora o conhecimento técnico ainda seja imprescindível, cada vez mais os recrutadores buscam habilidades diferenciadas, que valorizam o profissional e os ajudam a lidar melhor com a clientela e o público-alvo das empresas.

Além dos conhecimentos específicos exigidos na área de atuação, o profissional também precisa ter uma série de outras competências para se diferenciar ainda mais no competitivo mundo corporativo. Veja a seguir, algumas das principais habilidades valorizadas:

  • empatia;
  • comunicação;
  • argumentação;
  • proatividade;
  • trabalho em equipe;
  • criatividade;
  • senso crítico;
  • liderança.

As empresas consideram que os profissionais que dominam tais habilidades são mais produtivos e fáceis de lidar, contribuindo para um ambiente de trabalho harmonioso.

Como é possível observar, as habilidades requeridas estão diretamente ligadas aos aspectos pessoais e emocionais — são traços de personalidade e competências que dependem em sua maioria, das vivências individuais e educação que são obtidas no âmbito familiar.

As técnicas de teatro trabalham todos esses aspectos, sendo possível desenvolvê-los e incorporá-los na atuação profissional.

Técnicas de teatro para o desenvolvimento pessoal

O teatro é uma das artes que mais desenvolve as capacidades humanas. Logo, é um dos melhores ambiente para desenvolver a si próprio.

Veja a seguir as principais técnicas de teatro que podem ajudar nos relacionamentos interpessoais e proporcionar um diferencial para os profissionais.

1. Empatia

A empatia é uma das competências sociais mais valorizadas pelo mercado de trabalho. É a capacidade que um indivíduo tem de se colocar no lugar do outro, ouvindo-o com interesse verdadeiro e compreendendo as suas necessidades.

É por meio dessa habilidade que os profissionais conseguem absorver a cultura da empresa e adequar-se aos valores estabelecidos, mantendo boas relações interpessoais. Por esse motivo, é uma das qualidades que mais atrai e retém talentos.

O profissional que apresenta essa habilidade consegue desempenhar atividades essenciais que agregam valor à empresa. Por meio do autoconhecimento e controle emocional é possível:

  • compreender as dificuldades dos colegas de trabalho;
  • valorizar a diversidade;
  • ser flexível;
  • identificar os pontos fracos e reforçar as aptidões dos subordinados;
  • perceber e atender as necessidades dos clientes.

As aulas de teatro desenvolvem a empatia de maneira muito interessante. Pois para interpretar um personagem é necessário conseguir entender o outro, saber se colocar no lugar do outro, compreender e respeitar a diversidade.

O teatro também impulsiona o indivíduo perceber a si e o outro, como agentes de mudanças sociais.

2. Comunicação

O domínio da comunicação é de fundamental importância, tanto para lidar com clientes quanto com os superiores e colegas de trabalho. Essa habilidade também é exigida para proferir palestras e apresentar produtos ou serviços.

Dessa forma, um profissional de sucesso necessita se expressar de forma clara, com um tom de voz adequado, ter um bom vocabulário e saber ouvir com interesse.

Nas aulas de teatro, esses aspectos são desenvolvidos o tempo todo! De maneira lúdica e divertida. Exercícios de voz, expressão corporal, leitura de textos e interação com os demais alunos na representação de personagens. Veja seguir os principais aspectos desenvolvidos:

  • melhora da autoestima — conscientização corporal;
  • dicção — permite que a fala seja transmitida ao público com mais clareza;
  • criatividade — por meio da linguagem cênica ensina a ultrapassar situações desafiadoras;
  • comunicação não verbal — trabalha a postura correta (o corpo fala) e o olhar assertivo, objetivando convencer os ouvintes;
  • projeção da voz — ensina como projetar sem comprometer a saúde vocal;
  • redução da timidez e medo de falar em público — exercita a expressão e a improvisação;
  • respiração — estratégias para manter o fôlego e melhorar o condicionamento físico e a articulação da fala.

3. Argumentação

A argumentação é uma habilidade fundamental não só para líderes como para qualquer profissional em situações que exigem um posicionamento forte para indicar a melhor forma de realizar um trabalho e obter bons resultados.

Em reuniões, é comum ocorrer colocações de ideias diferentes. Saber argumentar defendendo um ponto de vista é um diferencial que imprime competência profissional. As empresas valorizam funcionários que defendem o que acreditam de maneira sensata e racional, sabendo ouvir e se colocando no momento apropriado.

A importância das aulas de teatro para o desenvolvimento da argumentação já é reconhecida na área jurídica, tendo em vista que o ganho de uma causa depende intrinsecamente da arte de argumentar.

Utilizando exercícios teatrais você irá desenvolver enormemente seu poder de argumentação e pensamento analítico. Entender as questões de um ponto de vista critico construtivo. Para os mais tímidos estes são excelentes exercícios.

4. Proatividade

As empresas valorizam profissionais com iniciativa, que se adiantam em realizar trabalhos além dos exigidos. A proatividade é uma habilidade que está ligada diretamente à personalidade.

O indivíduo proativo desenvolve o trabalho que lhe cabe com uma visão geral, ou seja, tudo o que pode impactar para um melhor resultado da equipe. Ele analisa e interfere indicando correções de possíveis falhas no processo.

Pessoas tímidas e inseguras, mesmo tendo essa competência, apresentam dificuldades em expressá-la. Ficam com receio de serem mal interpretadas e terem suas opiniões refutadas.

As técnicas teatrais contribuem para o desenvolvimento dessa habilidade, com diversos exercícios.

Dessa forma, o teatro pode ajudar um profissional a ser proativo, confiante e assertivo conseguindo expressar as ideias de acordo com o perfil do ouvinte e ainda, compreender as formas de expressão do outro.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das principais características necessárias para as novas demandas corporativas. Mesmo que uma função seja extremamente individualizada, sempre é parte integrante de uma equipe.

Dessa forma, é importante interagir com os colegas de trabalho, oferecendo ajuda no que for necessário e solicitando auxílio quando houver alguma dificuldade.

Nas aulas de teatro, os jogos e as atividades são uma ponte para as relações interpessoais. A interação entre personagens de um texto, os momentos de vivencias lúdicas e a criação em conjunto estimulam esse aspecto.

Todas as atividades teatrais aprimoram as relações sociais, a partir do conhecimento de si e do outro. A atuação também auxilia a praticar o trabalho em equipe, com motivação e compromisso, já que esse é um aspecto de suma importância para um ator.

O trabalho em equipe pode ainda ser observado no empenho e envolvimento dos atores de uma peça teatral, como resultado de um esforço conjunto que requer muita determinação, disciplina e atividades direcionadas ao alcance de uma mesma meta.

6. Criatividade

O mundo tecnológico reduz cada vez mais as vagas de trabalho e é possível que dentro de alguns anos, muitas profissões sejam substituídas por máquinas. A criatividade é uma das mais importantes competências e com extremo valor para as empresas.

Os robôs não possuem ideias inovadoras. Portanto, um profissional criativo terá mais oportunidades no mercado de trabalho. A capacidade para encontrar soluções rápidas e originais, contribuindo para a elaboração de produtos e serviços diferenciados, agrega um grande valor às habilidades profissionais.

A autonomia para elaboração de uma peça teatral e a busca soluções criativas tiram o aluno dos pensamentos comuns e o transportam para soluções de problemas diferentes do cotidiano. Dessa forma, a criatividade é estimulada por novas vivências e necessidade de improvisações que exigem rapidez de raciocínio.

7. Pensamento crítico

Profissionais com senso crítico sempre se destacam no mercado de trabalho e a tendência é que essa competência seja cada vez mais exigida. Saber analisar situações e tomar decisões é um importante traço de liderança muito requisitado pelas empresas.

O curso de teatro desenvolve o senso crítico ao extremo! O contato com a diversidade cultural das peças teatrais permite novas conexões cerebrais e exercitam o pensamento analítico.

8. Liderança

A liderança deixou de ser uma denominação para identificar pessoas que mandavam em outras e passou a ser entendida como uma capacidade de trabalho em equipe. A nova visão é caracterizada pelo trabalho colaborativo para atingir um objetivo comum em atendimento às necessidades da empresa. Para tanto, é necessário envolver e motivar as pessoas com carisma e saber priorizar tarefas, com claras definições de expectativas quanto aos resultados.

No ambiente de teatro são trabalhadas importantes habilidades e competências requeridas pela liderança. As atividades envolvidas nos processos das aulas de teatro possibilitam exercitar os seguintes aspectos:

  • disposição para assumir riscos;
  • liberdade de expressão — desenvolvimento de talentos diversificados;
  • orçamento e cronograma — exercita o trabalho com limites;
  • unidade organizacional — coesão do elenco para atingir uma mesma meta.

Como pudemos observar, são muitas as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho. O preparo para atendimento às exigências vai muito além da formação acadêmica. As técnicas de teatro se apresentam como uma forma eficaz e prazerosa para o desenvolvimento das múltiplas inteligências e potencialidades do ser humano. O que possibilita o aprimoramento do indivíduo para ser um profissional crítico, sensível, flexível, confiante e com capacidade de se expressar corretamente.

Gostou de saber sobre as principais técnicas de teatro que podem auxiliar no desenvolvimento das competências e habilidades profissionais? Para saber mais sobre os benefícios das aulas veja aqui.

Teatro para nao autores. Mas, afinal, o que levaria uma pessoa que não possui aspirações artísticas a embarcar nas aulas teatrais? Continue a leitura aqui.

Teatro para não atores: saiba como funciona

Você já ouviu falar sobre teatro para não atores? É muito provável que a resposta seja negativa, o que, de certa forma, é bastante comum. Afinal, as artes cênicas estão naturalmente relacionadas às pessoas que as têm como um ofício.

No entanto, as aulas de teatro não são dedicadas exclusivamente àqueles que as utilizam para construir uma carreira como atores ou atrizes. Essa arte é extremamente democrática e qualquer um pode fazer teatro e se beneficiar de todas as suas vantagens e ensinamentos.

Mas, afinal, o que levaria uma pessoa que não possui aspirações artísticas a embarcar nas aulas teatrais? Quais são as vantagens trazidas por esse tipo de atividade? Como utilizar o teatro como um hobby pode contribuir para o desenvolvimento pessoal da sociedade? Confira a resposta para todas essas perguntas a seguir!

Melhora os relacionamentos

Uma das principais vantagens trazidas pelo teatro é a melhora nos relacionamentos, sejam eles de cunho pessoal ou profissional. Essa prática trabalha diretamente com as emoções humanas e é capaz de nos fazer entendê-las muito melhor.

A empatia é, portanto, um dos focos das aulas teatrais. Nelas, convivemos diariamente com o mais amplo espectro de emoções, partindo dos textos que expressam experiências diversas de pessoas completamente diferentes. Assim, nos colocamos no lugar do próximo e levamos os ensinamentos para nossos relacionamentos cotidianos.

Traz benefícios para os estudos

Estudantes de todas as idades e áreas podem se beneficiar grandemente com as aulas de teatro. Isso acontece porque os exercícios praticados estimulam diversas áreas do cérebro e contribuem positivamente para o seu desenvolvimento.

As artes cênicas trabalham pontos importantes, como a disciplina, a concentração, a memorização e a criatividade. Por isso, tanto crianças em idade pré-escolar quanto estudantes universitários veem vantagens nas aulas de teatro.

Contribui para o enriquecimento profissional

Muitos pessoas buscam o crescimento profissional, seja por meio da conquista de uma vaga há muito sonhada ou pela promoção para um posto melhor dentro da empresa em que já atua. Por incrível que pareça, fazer teatro pode ser exatamente a maneira de conseguir avançar na carreira.

Nas aulas, é possível trabalhar habilidades importantíssimas para qualquer profissional — trabalho em equipe, oratória, autoconfiança, autoconhecimento e criatividade, por exemplo. Por isso, essa atividade age como uma ferramenta criadora de diferenciais, enriquecendo qualquer currículo.

Ajuda no desenvolvimento pessoal

Felizmente, as artes cênicas não contribuem apenas para o crescimento profissional. Elas também são um ótimo aliado no desenvolvimento pessoal, fazendo com que o aluno desenvolva a inteligência emocional e passe a se relacionar melhor com o mundo a sua volta e consigo mesmo.

Pessoas tímidas também se beneficiam com as aulas, que auxilia no controle dessa característica, evidenciando apenas seus pontos positivos e fazendo com que ela deixe de atrapalhar em alguns âmbitos da vida. Além do mais, o teatro é uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas e fazer amizades.

Combate o estresse

Por fim, podemos citar a importância do teatro na melhoria da qualidade de vida de seus alunos e de todos os que interagem com eles diariamente. O estresse é consideravelmente reduzido por meio das aulas, que promovem a felicidade e divertem bastante os envolvidos.

Além disso, as técnicas ensinadas e as habilidades trabalhadas contribuem para que os alunos saibam lidar melhor com seus problemas e emoções, resolvendo eventuais imprevistos com muito mais maturidade e inteligência.

Viu como o teatro para não atores pode ser uma ótima alternativa de atividade a ser praticada no tempo livre? Essa arte é extremamente benéfica, sendo inclusive conhecida como “escola da vida” por algumas pessoas. Então, o que você está esperando? Faça uma aula experimental e embarque no mundo das artes cênicas!

Quer conhecer mais sobre o nosso trabalho e ficar por dentro de todas as novidades publicadas? É fácil! Basta curtir nossa página do Facebook para conferir conteúdos fresquinhos.

Você conhece alguma das habilidades de teatro? Essa denominação se refere, de modo resumido, às competências trabalhadas durante as aulas de arte teatral?

9 habilidades de teatro fundamentais para a vida

Você conhece alguma das habilidades de teatro? Essa denominação se refere, de modo resumido, às competências trabalhadas durante as aulas de arte teatral. Esse tipo de prática auxilia no desenvolvimento de diversas características fundamentais para o sucesso profissional e pessoal de seus alunos.

Muitas pessoas acreditam que as aulas de teatro são destinadas apenas àqueles que buscam uma carreira na área quando, na realidade, qualquer pessoa pode participar dessa atividade e se beneficiar de todos os seus ensinamentos.

Mas, afinal, quais habilidades são essas e como elas podem ajudar no dia a dia? Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira quais características são exercitadas durante as aulas e exatamente como o teatro lida com esses pontos!

1. Fim da timidez excessiva

Um dos maiores desafios enfrentados pelas pessoas é o controle e equilíbrio da timidez. Os tímidos são, na maioria das vezes, discriminados em nossa sociedade, que valoriza indivíduos extrovertidos e expressivos. Por conta disso, a introspecção excessiva pode ser uma desvantagem.

As aulas de teatro trabalham diariamente essa questão, expondo o aluno a situações novas sem forçar a barra. Ou seja, a timidez é trabalhada de forma natural, respeitando o ritmo e os limites de cada indivíduo, que pouco a pouco consegue ‘’se soltar’’ e lidar melhor com situações sociais.

2. Melhora das habilidades de expressão

Além da timidez, a falta de habilidade para se expressar adequadamente pode ser um desafio na vida de muitas pessoas, prejudicando tanto os relacionamentos de cunho pessoal quanto o convívio profissional. Esse tipo de característica gera problemas de comunicação e dificulta as relações.

O teatro lida diretamente com habilidades ligadas à comunicação. Exemplos disso são as práticas de oratória (nome dado à capacidade de falar em público) e pontos como a expressão e consciência corporais. Outros pontos trabalhados são a organização de pensamentos e a empatia, que auxiliam nas relações humanas.

3. Redução dos problemas com a responsabilidade

Ter responsabilidade é essencial em todas as fases de nossas vidas, desde a infância até a terceira idade. Essa característica nos auxilia no trabalho, nos estudos e também em nossas vidas pessoais. Afinal de contas, ninguém gosta de se relacionar com alguém irresponsável, não é mesmo?

Nesse ponto, as artes cênicas podem ser bastante benéficas. Isso acontece porque durante as aulas são trabalhados pontos como a concentração, a memorização e o autoconhecimento. Aos poucos, isso ajuda na construção da responsabilidade e da consciência, formando cidadãos muito mais capacitados e inteligentes.

4. Melhora do desempenho acadêmico

Como podemos perceber, as habilidades cognitivas são largamente exercitadas durante as aulas de teatro. Elas incluem a memorização, a concentração e a coordenação motora, por exemplo. Tais pontos são essenciais para o sucesso acadêmico de indivíduos de todas as faixas etárias.

Por meio da leitura de textos e da representação de papéis, essas características são trabalhadas todos os dias nas aulas. Os resultados são refletidos no aumento não só das notas, como do desempenho geral nas escolas e universidades.

5. Conquista da capacidade de liderança

Você provavelmente já parou para perceber que as pessoas mais poderosas do mundo são grandes líderes carismáticos, certo? Só com isso, já é possível perceber que dominar a habilidade da liderança é um talento necessário para quem deseja obter sucesso, independentemente da área de atuação.

No dia a dia dos alunos teatrais, essa habilidade é constantemente incentivada, seja por meio de exercícios práticos ou do desenvolvimento de características como a empatia, a desenvoltura, o jogo de cintura e até mesmo o trabalho em equipe, essenciais para líderes e pessoas em altas posições hierárquicas.

6. Auxílio nas relações pessoais

Você acha simples fazer novas amizades? Para muitos, conhecer gente nova e se conectar com esses indivíduos de modo mais íntimo é muito difícil, seja pela timidez ou pela dificuldade de encontrar pessoas com gostos e personalidades semelhantes.

No teatro, o trabalho em equipe é sempre incentivado e a grande diversidade de pessoas no local favorece a criação de laços novos. O mais legal é que ali estão indivíduos com uma paixão em comum, o teatro, mas com vivências e histórias completamente diferentes. Por isso, o teatro é também muito enriquecedor culturalmente.

7. Desenvolvimento da criatividade

Todos os gênios que já passaram pela nossa sociedade têm algo em comum: eram extremamente criativos. Embora esse termo seja quase sempre associado ao meio artístico, a criatividade engloba diversas áreas e pode vir a calhar para pessoas de qualquer profissão, servindo como um excelente diferencial.

Improvisar e lidar diariamente com textos que permitem o exercício da imaginação são fatores que auxiliam os alunos de teatro a se tornarem cada vez mais criativos. Além disso, você pode aprender a escrever suas próprias peças e expressar seus pensamentos e sentimentos por meio da arte.

8. Incentivo para pensar ‘’fora da caixa’’

O senso crítico é fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade mais igualitária e justa. Com o teatro, os alunos são incentivados a pensar por si mesmos e, principalmente, sair ‘’da caixa’’ e alçar voos com seus pensamentos.

Aqui, o debate faz parte do cotidiano e é incentivado. Por meio deles, novas ideias vão surgindo e os alunos entram em contato direto com novos pontos de vista, exercitando sua empatia e aprendendo perspectivas diferentes para um mesmo fato.

9. Resolução rápida de problemas

Além de auxiliar no desenvolvimento de um pensamento próprio e fora do senso comum, o teatro ajuda na resolução rápida de problemas e no fortalecimento do raciocínio lógico, sendo uma ótima ferramenta até mesmo para pessoas que trabalham em áreas investigativas e das ciências exatas.

Isso ocorre, na maior parte das vezes, por conta da improvisação requerida em muitas aulas. Além disso, o aluno entra em contato íntimo com as emoções humanas, observando situações por ópticas completamente novas e aprendendo a lidar com experiências que jamais viveria no mundo real.

Gostou de conhecer algumas das principais habilidades de teatro e seus benefícios para o dia a dia dos alunos que comparecem às aulas teatrais? Com o desenvolvimento dessas características, fica muito mais fácil se relacionar com outras pessoas e conseguir oportunidades profissionais cada vez melhores!

Quer aprender cada vez mais sobre comportamento, teatro e artes em geral? Então, assine nossa newsletter! Dessa forma, você ficará por dentro de todas as novidades e receberá os conteúdos publicados diretamente em seu e-mail. Até a próxima!

Vamos ajudar você a entender que demostrar sentimentos não é tão ruim assim, e que desenvolver maturidade emocional pode trazer diversos benefícios.

Demonstrar sentimentos: uma fraqueza ou maturidade emocional?

Quantas vezes já ouvimos para não demonstrarmos os nossos sentimentos? Emoções como paixão, raiva ou esperança são forçadas a permanecerem reprimidas. Isso acontece desde a infância, na tentativa de engolir o choro e ignorar a frustração. Essa postura surge, principalmente, diante do medo da vulnerabilidade e de parecer “fraco”.

As consequências disso não são pessoas mais maduras e “fortes” para a vida, mas um número cada vez maior de indivíduos que não conseguem desenvolver inteligência emocional.  Reprimir o que sente pode provocar um descontrole dos próprios sentimentos, comportamentos erráticos e até problemas com a saúde mental e física.

Neste post, vamos ajudar você a entender que demostrar sentimentos não é tão ruim assim, e que desenvolver maturidade emocional pode trazer diversos benefícios à sua vida. Acompanhe o texto!

Como desenvolver a maturidade emocional?

Qual é a solução? Chorar em todas as frustrações no trabalho? Explodir sempre que estiver irritado? Não, essas não são reações de uma pessoa com maturidade emocional.

Essa habilidade diz respeito a saber analisar, aceitar e compreender os próprios sentimentos para poder gerenciá-los na medida certa. Isso significa expressar quando se sentir injustiçado, mas não partir para a agressão.

Mas fique calmo caso você se enquadre nesse perfil e você não saiba como controlar suas emoções da melhor maneira. A maturidade emocional não é uma habilidade que nasce com a pessoa, é possível desenvolvê-la ao longo da vida por meio de alguns hábitos.

A seguir, confira três dicas para começar a praticá-la.

1. Aprenda com os erros e saiba se perdoar

A questão não é viver sem responsabilidade pelos próprios atos. Magoou alguém no passado? Disse alguma coisa que não devia na reunião com o chefe?

Assuma para si (ou até para os outros, se tiver a oportunidade) que errou e faça um compromisso de não repetir aquele comportamento. A partir disso, tente perdoar a si mesmo e procure viver sem o sentimento de culpa. Pode ser difícil, mas é preciso que você não fique apegado à dor do passado. Só assim é possível seguir em frente.

2. Conscientize-se dos sentimentos e fale sobre eles

Na tentativa de ignorar o que sentimos (seja por negação, convenção social ou culpa), tentamos enterrá-los o mais fundo que podemos, mas eles sempre aparecerão de outra forma. Seja em um ataque de raiva em um momento inoportuno, seja em uma tristeza que parece não ter causa aparente.

Permita-se aceitar as próprias emoções e tentar entender o porquê desses sentimentos. Quando organizar os próprios sentimentos, poderá falar racionalmente sobre eles. Esperar que desapareçam não é maduro.

Sendo assim, desabafe sobre tudo aquilo que está segurando, seja por meio da escrita, de trabalhos manuais ou conversando mesmo com quem está envolvido no assunto. Lembrando que é sempre bom ir ao psicólogo para ajudar a entender os próprios pensamentos.

3. Pratique mais a empatia sem se deixar abalar

A empatia é uma habilidade preciosa. Saber se colocar no lugar de outra pessoa e tentar enxergar o mundo por meio da realidade dela é extremamente útil na hora de buscar o diálogo. Isso previne brigas desnecessárias e nos ajuda a alcançar a maturidade emocional.

No entanto, por você se colocar no lugar da pessoa, não quer dizer que precise começar a misturar os seus próprios sentimentos com os dela. Cuidado para não absorver mais tristeza do que o necessário para compreender ou mais raiva do que consegue conter. É ótimo sentir junto com as pessoas, mas lembre-se da sua saúde mental também, certo?

Quais os benefícios da maturidade emocional?

Para começar, uma vida com mais leveza. Sem se apegar aos rancores dos próprios atos ou do passado, o indivíduo consegue resolver os problemas do dia a dia com mais foco e planeja o futuro com mais energia.

O crescimento é uma consequência inevitável. Aprender a lidar com os desafios que a vida vai mostrar e evoluir mais como ser humano são habilidades valiosas. Com isso, a relação com o trabalho, âmbito pessoal e com o mundo em geral só tende a melhorar.

Além disso, até mesmo o seu sistema imunológico vai agradecer! Um artigo da UNESP mostrou que várias pesquisas da Universidade relacionaram as condições emocionais com o aparecimento de doenças que afetavam o organismo, como o câncer. O equilíbrio da saúde física depende, também, da expressão de sentimentos.

Como demonstrar sentimentos pode ser uma força?

Quem esconde as emoções, acredita estar no controle delas. Na verdade, é somente ao lidar com elas que se pode gerenciar o que se passa dentro de nós. Expressar o que sentimos é a verdadeira força. De tanto medo de parecer vulnerável, é exatamente isso que você se torna.

Ao desabafar, você ganha mais saúde, foco e disposição para evitar as situações em que não se sente confortável. Mas, e se nem sempre for possível falar como queremos? De que outra forma podemos exprimir o que sentimos?

A Arte é uma das melhores maneiras. Pode ser pintura, música, artes cênicas e muito mais. Por exemplo, o teatro propõe a improvisação e a criação de personagens.

O ato de criar incentiva a criatividade e a autoconfiança. Encenar é expressar. As práticas teatrais trabalham o corpo e a comunicação, uma peça fundamental para transmitir o que realmente se sente. Além disso, é possível analisar o comportamento humano e compreendê-lo um pouco mais.

Como expressar sentimentos ajuda nas relações?

Quando você está em constante desenvolvimento da sua maturidade emocional, fica mais fácil se relacionar com as pessoas. Ao aprender a gerenciar suas próprias emoções, será possível entender as motivações para determinados comportamentos em relação a um tipo de indivíduo.

Assim, você poderá construir relacionamentos com mais confiança e respeito. Sabendo lidar com os próprios sentimentos, abrindo-se quando necessário e respeitando as opiniões dos outros, você vai conseguir desenvolver relações interpessoais tanto na vida privada quanto no trabalho, o que reserva mudanças positivas para o futuro.

Já deu para perceber o quanto é importante investir no seu amadurecimento emocional, não é? As consequências para a vida são inestimáveis e existem muitas formas de aprender a lidar com os sentimentos. Que tal começar um curso de teatro? Você vai desenvolver a sua autoconfiança, desinibição e criatividade. Venha conversar conosco!