Tag Archives: saúde

Um quadro clínico de depressão necessita de acompanhamento médico e psicológico, mas existem diversas outras atividades que podem auxiliar no tratamento.

Veja como a atividade teatral auxilia no combate à depressão

O grande mal do século XXI é a depressão, uma doença psíquica que acomete um grande número de pessoas e está crescendo especialmente entre jovens. Essa grave condição afeta níveis emocionais, químicos e físicos do corpo e tem levado a saúde mental da nova geração a um estado debilitante.

De acordo com um estudo preocupante conduzido pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o índice de depressão subiu 37% nas pessoas de ambos os gêneros de idade entre 12 e 25 anos entre os anos 2005 e 2014. Observou-se que um dos principais responsáveis foi o cyberbullying e a hiperconectividade dessa geração.

No entanto, não há uma causa única e específica para a depressão. Ela pode acometer pessoas de qualquer idade, classe social, etnia ou gênero. Seus sintomas podem ser bem nítidos ou quase imperceptíveis, mas em geral são: apatia, desapego pelas pessoas próximas, irritabilidade, perda de apetite ou exagero na hora de comer, ficar trancado em casa, aumento de consumo de álcool e, até mesmo, outras drogas.

Um quadro clínico de depressão necessita de acompanhamento médico e psicológico, mas existem diversas outras atividades e atitudes que podem auxiliar no tratamento. Um exemplo é a atividade teatral.

Para descobrir como a atividade teatral pode ajudar no combate à depressão, continue lendo o nosso artigo!

Ajuda a expressar os sentimentos

O teatro é uma atividade que trabalha muito o emocional e a alegria. Ao interpretar personagens variadas, é possível se conectar com outros sentimentos e expressá-los. Ademais, para uma boa atuação, o espírito alegre como de uma criança é muito exercitado.

Por isso, muitos exercícios das atividades teatrais são dirigidos a lidar com o emocional e saber canalizá-lo. Um dos sintomas graves da depressão é justamente a dificuldade de lidar com os sentimentos e externalizá-los para outras pessoas, mesmo as mais próximas. Por isso, cursos como os oferecidos pelo Teatro Macunaíma ajudam nesse processo.

Estimula o autoconhecimento

O teatro, muitas vezes, tem roteiros profundos, que fazem emergir o próprio eu e entrar em contato com partes de si que estavam inconscientes, trazendo essa exploração íntima e importante à tona na interpretação. É um processo prazeroso, capaz de despertar emoções e auxiliar nessa busca interior ao conectar-se consigo mesmo.

Esse estímulo ao autoconhecimento é importante para ajudar no combate à depressão especialmente por permitir compreender e lidar com os próprios sentimentos conflitantes assim como a visão de mundo.

Promove a prática de atividade física

Um dos conselhos dos psiquiatras e psicólogos para o combate à depressão é a prática de atividade física, por motivos de equilíbrio hormonal e liberação de endorfina, por exemplo. Além disso, a prática de uma atividade física ajuda a estabelecer rotinas, que é muito relevante para quem está travando essa luta.

A atividade teatral, embora não pareça à primeira vista, traz enorme e profunda consciência corporal para melhor expressão.

Melhora a capacidade de se comunicar

O teatro é, em sua essência, sobre a comunicação. É transmitir de um ator ao outro uma verdade, aqui e agora, dentro da encenação e ao público a verossimilhança daquela cena. Ao interpretar, a pessoa se comunica por meio de “outra voz” que, em algum nível, também é dela. Isso ajuda a melhorar a capacidade de se comunicar.

Um dos grandes efeitos da depressão é a dificuldade de estabelecer elos e laços com o outro. Por isso, a atividade teatral pode ser de grande auxílio nessa árdua batalha, permitindo que, mesmo pela voz de uma personagem, a pessoa consiga dar os primeiros passos no sentido de reestabelecer esse vínculo de entendimento mútuo.

Permite buscar soluções para conflitos internos

O teatro, quase sempre, lida com questões profundas da psique humana ou de como a estrutura social atinge as pessoas. Os roteiros, quase sempre, são grandes metáforas para problemas e conflitos da humanidade. Essas lições ajudam a pensar nos próprios conflitos internos e nas formas de lidar com eles.

Isso auxilia muito no processo de identificar os gatilhos depressivos e os problemas da própria vida, questões essenciais para quem está combatendo a depressão. O reconhecimento dessas questões internas e a busca por soluções é um passo essencial para quem sofre de depressão.

Eleva a autoestima

A depressão ataca diretamente o senso de valor e a autoestima da pessoa. Realizar uma atividade como o teatro, em que é possível desenvolver-se e perceber-se na história e no mundo, ajuda a recuperar o amor-próprio, elevando a autoestima da pessoa.

O empoderamento que a atividade teatral fornece é um grande trunfo no combate à depressão. Ajuda a fortalecer a consciência de si mesmo, o que também auxilia a começar a retomar o controle sobre as ações do dia a dia.

Ajuda a desenvolver vínculos

Um dos maiores e mais preocupantes sintomas da depressão é o afrouxamento e o afastamento dos vínculos que a pessoa tem com entes queridos, amigos e colegas de trabalho. Isso, inclusive, gera um círculo vicioso difícil de ser quebrado, em que o depressivo se sente cada vez mais sozinho e o processo de solidão é intensificado por ele se sentir rejeitado.

O Teatro, em primeiro lugar, cria um grupo de amigos composto por pessoas usualmente empáticas e com interesses em comum. Segundo, permite que a aproximação seja gradual, inclusive com o intermédio da interpretação de papéis, o que ajuda no processo de combate à depressão. Além disso, é uma atividade interessante, complexa e que permite muitas conversas e discussões saudáveis.

Como vimos, a atividade teatral ajuda a tratar a depressão em diversos níveis. No entanto, é claro que os cuidados médicos, com o acompanhamento de psiquiatras e psicólogos durante todo o processo, são fundamentais, pois a depressão é um transtorno mental sério.

É importante lembrar sempre que procurar ajuda não é sinal de fraqueza, mas de coragem e determinação. Quanto mais cedo começar o tratamento adequado, melhor. Não é preciso ter vergonha de procurar um médico, um amigo ou uma atividade que possa ajudar.

A atividade teatral pode ser uma excelente forma de combater a depressão, além de oferecer muitos outros benefícios. Quer saber mais informações? Descubra aqui!

Quer entender melhor a importância de ser flexível nas suas relacoes e como isso impacta sua vida? Continue a leitura deste artigo!

Flexibilidade e relações humanas: a importância do jogo de cintura

As relações interpessoais são a base do desenvolvimento de qualquer pessoa, pois nós dependemos uns dos outros para realizar nossos sonhos e projetos profissionais. Portanto, é necessário ter flexibilidade e saber adaptar-se a diferentes tipos de situações para levar uma vida mais harmoniosa.

O jogo de cintura nos permite ser mais empáticos e encontrar soluções mais efetivas para os problemas que enfrentamos no dia a dia. Quer entender melhor a importância de ser flexível e como isso impacta sua vida? Continue a leitura deste artigo!

As relações humanas e suas ações positivas e negativas

Quando nos relacionamos com outras pessoas — seja no campo pessoal, seja no profissional —, encontramos diversos tipos de comportamento. Alguns indivíduos encaram as coisas de uma perspectiva negativa e se rendem a sentimentos como a irritação, o julgamento e a leviandade.

As pessoas que reagem de maneira positiva têm comportamentos que envolvem a paciência, a habilidade de ouvir, de aceitar e de interessar-se pelo outro, bem como a capacidade de elogiar as atitudes dignas de comentários favoráveis.

É claro que muitos fatores influenciam diretamente na maneira como reagimos a situações e às pessoas à nossa volta. Porém, ao agir com empatia e cuidado fica muito mais fácil reagir positivamente.

A flexibilidade comportamental

Com o passar do tempo, tendemos a desenvolver comportamentos estereotipados e repetitivos — o que pode nos levar à estagnação. Pare e pense em quantas vezes você já se deparou com conflitos e obstáculos em sua vida e sempre obteve o mesmo resultado — provavelmente negativo.

A flexibilidade é a capacidade que uma pessoa tem de se adaptar a diferentes realidades e ambientes, independentemente do perfil daqueles que a cercam ou da situação vivida. O indivíduo que tem jogo de cintura consegue mudar e ajustar suas ações e seus pensamentos de acordo com as exigências que surgem no dia a dia.

No mercado de trabalho, essa característica é vista como uma qualidade essencial para o sucesso — principalmente para que o profissional saiba lidar com as mudanças constantes que acontecem em qualquer ambiente corporativo.

A importância de ser flexível

O grau de flexibilidade de uma pessoa está diretamente relacionado à sua inteligência emocional — ou seja, à sua capacidade de reconhecer e gerenciar suas emoções. Quando você tem um pensamento rígido, dificilmente conseguirá alcançar seus objetivos, uma vez que você não se abrirá para o novo.

Ser flexível traz muitos benefícios para sua vida. Confira alguns deles a seguir:

  • maior criatividade;
  • melhor interação com o ambiente em que está inserido;
  • sabedoria para identificar situações e encontrar as soluções mais adequadas para cada uma delas;
  • clareza de objetivos;
  • facilidade para manter o foco;
  • mais empatia: você se torna capaz de ouvir as pessoas e de compreender suas dificuldades;
  • relações mais saudáveis — seja no trabalho, em casa ou com amigos.

Como é possível perceber, ter jogo de cintura é um processo que requer muito comprometimento e perseverança, já que é necessário realizar uma grande mudança de hábitos e sair totalmente de sua zona de conforto.

A prática teatral é uma excelente opção para desenvolver todas essas características. As aulas de teatro envolvem atividades em grupo, nas quais você aprenderá a lidar com diferentes tipos de situações — sempre respeitando o seu ritmo e os seus limites.

Além disso, há a convivência com pessoas de personalidades distintas — uma excelente oportunidade para desenvolver sua empatia e suas habilidades sociais.

E então, curtiu saber mais sobre como a flexibilidade é importante para o seu sucesso? Aproveite para saber como o teatro pode ser um grande aliado para alavancar a sua carreira!

É importante pensar em formas de extravasar a pressão acumulada, já que o estresse pode afetar a saúde. Veja dicas de como aliviar o estresse!

Procurando como aliviar o estresse? Veja 6 dicas de atividades

Vivemos em um mundo extremamente acelerado e conectado. O fluxo intenso de informações, eventos, notícias e opiniões sobrecarrega a mente humana, exigindo cumprimento de prazos, opiniões sobre fatos e atualização sobre tudo o que está acontecendo. No fim do dia, só resta saber como aliviar o estresse, que é resultado direto de tanta pressão.

É importante pensar em formas de extravasar a pressão acumulada, já que o estresse pode afetar a saúde. Os problemas podem ser físicos, como hipertensão ou úlcera, e até mentais, como o desencadeamento de crises de ansiedade.

Por isso, é bom encontrar um hobby que ajude a aliviar o estresse. Confira seis sugestões!

1. Pratique uma dança

Dançar é ótimo para relaxar e se descontrair. Além de ajudar a tirar a tensão de um dia complicado, essa atividade fortalece os músculos e o preparo físico. Além de ser uma maneira para aliviar o estresse, você enriquece a sua bagagem cultural ao aprender ritmos de vários estilos e culturas.

2. Faça aulas de teatro

Fazer um curso de teatro é perfeito não só para as pessoas extrovertidas, mas para ajudar as tímidas a desenvolverem mecanismos para externar suas emoções, o que também ajuda a descarregar as frustrações. Com as atividades lúdicas em grupo, o teatro ajuda a fazer novos amigos e ainda a finalizar um dia cansado com um sorriso no rosto.

3. Seja voluntário

Muita gente quer saber como aliviar o estresse com um hobby que dê motivação. No trabalho voluntário em uma Organização Não Governamental (ONG), além de se esquecer dos próprios problemas em prol da empatia em relação às outras pessoas, você tem a satisfação de proporcionar alegria para elas e poder fazer a diferença para quem precisa.

4. Desenvolva trabalhos artísticos

A arte é terapêutica e libertadora, o que a torna uma ótima opção de hobby para relaxar. Não precisa ter grande conhecimento técnico para fazer disso uma ferramenta de como aliviar o estresse. Você pode pintar telas pela sensação renovadora das pinceladas ou fazer alguns trabalhos artesanais para desocupar a mente.

5. Aprenda a jardinagem

Uma das formas mais aconselhadas para combater sintomas da ansiedade, a jardinagem é um hobby que, além de tirar o peso do estresse, contribui para uma vida mais saudável. Ter contato com a natureza, acompanhar o crescimento das plantas e flores e até plantar os próprios temperos são atividades que melhoram o humor. Não tem quintal? Dá para fazer uma pequena horta vertical na sua varanda também!

6. Aventure-se na cozinha

Como aliviar o estresse e ainda se divertir com amigos? Prepare um prato especial para eles! Mas, se você gosta de testar novas receitas por si próprio, pode achar esse caminho muito divertido também. Misturar condimentos, criar sabores e inovar nos pratos ajuda a tirar as preocupações da cabeça, além de ser uma atividade deliciosa.

O mundo atual pode estar repleto de situações estressantes, mas a boa notícia é que ele também possui várias formas de relaxar. Existem hobbies dos mais variados tipos e gostos. Escolha uma atividade prazerosa, aproveite o momento e mantenha o seu bem-estar em dia.

Se você não tem ideia de como aliviar o estresse ou ainda não descobriu qual hobby mais combina com você, leia nosso outro post e saiba como encontrar o seu!

Como o teatro pode auxiliar na prática de atividades físicas? E quais são os benefícios trazidos por tais exercícios? Continue a leitura e descubra!

Exercício físico no teatro: veja os benefícios para o seu dia a dia

Por incrível que pareça, um dos maiores males do século não é uma enfermidade viral ou bacteriana. A obesidade é, atualmente, considerada como uma verdadeira epidemia e está causando a morte de milhares de pessoas ao redor do globo. Por isso, a prática de um exercício físico é de suma importância para a manutenção da saúde.

A tecnologia que proporciona tantos benefícios à sociedade é a mesma capaz de levá-la ao perigoso mundo do sedentarismo. Se antes éramos seres ativos, hoje a realidade é outra e passamos boa parte de nosso tempo sentados em frente a uma tela.

Mas, afinal, como o teatro pode auxiliar na prática de atividades físicas? E quais são os benefícios trazidos por tais exercícios? Continue a leitura e descubra!

Por que devemos praticar um exercício físico?

A importância da prática regular de exercícios físicos vai muito além de simples questões estéticas. Manter o corpo dentro de um peso saudável e se movimentar sempre que possível é essencial para que nosso organismo execute suas funções vitais da forma adequada.

Nosso metabolismo (nome dado ao conjunto de reações químicas e físicas executadas pelo corpo) está intimamente interligado ao modo como nos mexemos no dia a dia. Quando nos tornamos sedentários, o organismo automaticamente passa a acumular mais gordura, já que não há demanda para a queima calórica.

A longo prazo, o sobrepeso pode causar diversos problemas muito sérios, como o surgimento de diabetes, doenças cardiovasculares e enfermidades ósseas irreversíveis. Por outro lado, a prática frequente de exercícios traz vários benefícios. Os principais são:

  • prevenção de doenças cardíacas;
  • diminuição dos níveis de colesterol;
  • menores riscos de surgimento de diabetes;
  • aumento da sensação de bem-estar;
  • mais autoestima e autoconfiança;
  • menos chances de desenvolvimento de problemas psicológicos, como depressão e ansiedade.

Quais os benefícios dos exercícios físicos praticados no teatro?

O teatro é uma arte conhecida por desenvolver diversas habilidades, como a criatividade e o autoconhecimento. Seus benefícios para o corpo, no entanto, não se resumem ao amadurecimento emocional, já que a parte física também é trabalhada durante as aulas.

As artes cênicas são responsáveis pelo desenvolvimento de uma grande consciência corporal, aumentando a intimidade entre o indivíduo e o próprio corpo. As aulas contam com o trabalho de exercícios simples, como o alongamento e o aquecimento, muitas vezes negligenciados.

Tais atividades podem ser feitas no dia a dia e trazem inúmeros benefícios para os praticantes. Entre eles, podemos citar:

  • melhora a mobilidade;
  • estimula as articulações;
  • facilita a circulação sanguínea;
  • traz sensação de bem-estar, devido à liberação de substâncias químicas;
  • diminui as chances de lesões;
  • reduz as dores musculares e articulares;
  • confere uma melhora nos níveis de estresse;
  • ajuda na capacidade respiratória;
  • melhora a qualidade de vida de um modo geral.

A maioria dos profissionais de saúde recomenda a prática diária de atividades físicas — e o alongamento pode ser uma ótima alternativa para aqueles que estão parados há um bom tempo e pretendem retomar os exercícios físicos. Eles podem ser feitos todos os dias, ao acordar e antes de dormir, sempre respeitando os limites de cada indivíduo.

Viu como o teatro pode ajudar você a fazer um exercício físico extremamente benéfico? Não perca tempo e confira de perto todas as vantagens que as aulas teatrais podem trazer para sua vida!

Para ficar por dentro de todas as nossas novidades, assine a newsletter e receba todos os conteúdos diretamente em seu e-mail!

Como se desligar um pouco do estresse e levar a vida de forma mais leve e saudávell.

Como aliviar o estresse? 4 dicas para viver mais tranquilo

Batimentos cardíacos acelerados, insônia e uma ligeira sensação de mal-estar são sintomas que estão diretamente ligados à sobrecarga de tarefas e ao esgotamento emocional. Na correria do dia a dia, nem sempre é fácil saber como aliviar o estresse.

Quando sofremos com esse esgotamento, nosso corpo libera mais cortisol, o que inibe a produção de serotonina — hormônio responsável pela sensação de bem-estar.

Neste artigo, separamos 4 dicas básicas que podem ajudar você a se desligar um pouco das pressões diárias e a levar a vida de forma mais leve e saudável. Vamos lá?

1. Faça exercícios físicos

Essa é a recomendação mais ouvida, não é mesmo? A razão para isso está relacionada ao fato de que quando você sobrecarrega o seu corpo e os seus músculos, o estresse mental é aliviado.

Nesse momento, as endorfinas — substâncias que agem como analgésicos naturais e ajudam a melhorar o humor — também são liberadas.

Ao incluir uma atividade física em sua rotina, todos os benefícios serão rapidamente sentidos, inclusive a melhora considerável na qualidade do seu sono. Dessa maneira, você passará a dormir bem melhor e terá mais disposição para cumprir tarefas tanto em casa quanto no trabalho.

2. Pratique meditação

Acredite, meditar não é uma tarefa tão difícil quanto dizem ser — e, muito menos, significa não pensar em nada, até porque isso é para quem já pratica estágios bem avançados. O prática da meditação consiste em você sentar por alguns minutos por dia e apenas observar os seus pensamentos, sem fazer julgamentos ou analisá-los.

Um grande diferencial dessa prática é que ela não só libera o estresse acumulado, mas também previne o estresse futuro. Meditar lhe ajuda a lidar melhor com as suas emoções, bem como a controlá-las, ou seja, ganha-se mais estabilidade e maturidade emocional.

Somado a isso, você exercita a expansão da sua consciência. Uma sincronização maior entre os seus pensamentos e acontecimentos do cotidiano – as chamadas “coincidências” passam a acontecer com mais frequência. Assim, será mais fácil encontrar soluções para os seus problemas e agir com mais criatividade em sua rotina.

3. Ouça músicas que lhe fazem bem

Apesar de ser uma dica óbvia, a música é algo que vai muito além do entretenimento por si só. Esse hobby auxilia no relaxamento — o que facilita a diminuição de dores pelo corpo causadas pela tensão — e estimula a memória, trazendo benefícios tanto para sua saúde física quanto mental.

A música também pode auxiliar na concentração e é uma ótima maneira de embalar os exercícios físicos, tornando-os mais fáceis e prazerosos, já que desviará sua atenção da dor, da fadiga e do cansaço.

Quando estiver mais irritado, procure ouvir canções mais calmas, como as instrumentais, para evitar que fique ainda mais agitado.

4. Desconecte-se

Esse é um ponto essencial entre todas as recomendações sobre como aliviar o estresse. Com o avanço da tecnologia, muitas vezes fica difícil colocar o celular de lado, não responder e-mails, além da tentação de estar disponível a qualquer momento ser ainda maior.

O ideal é utilizar a internet somente para o que for necessário, já que a longa exposição ao excesso de informações e a sobrecarga de trabalho estão diretamente ligadas ao estresse. Por isso, desligue os dispositivos eletrônicos, pelo menos, uma hora antes de se deitar e tenha um sono tranquilo.

Um grande benefício de se desconectar um pouco mais é poder aproveitar melhor o seu dia e as pessoas de seu convívio. O contato pessoal também é um fator que alivia bastante as pressões cotidianas, além de ser muito importante para a sua evolução, já que aprendemos, o tempo todo, com o próximo. Você também pode pensar em alternativas, como o teatro, que lhe proporcionem prazer e estimulem a sua criatividade.

E então, curtiu as dicas de como aliviar o estresse? Aproveite para acompanhar o nosso conteúdo também no Facebook!

Entenda a importância e saiba como escolher um hobby

Entenda a importância e saiba como escolher um hobby

Praticar atividades que são fonte de prazer é uma excelente maneira de ajudar a aliviar o estresse da correria do dia a dia. Porém, nem sempre uma pessoa sabe como escolher um hobby ou até identificar qual seria o seu.

Se esse é o seu caso, você veio ao lugar certo! Neste artigo, mostraremos a importância de um passatempo em sua vida, quais são seus benefícios e como descobrir quais são suas habilidades e paixões!

Vamos lá?!

Qual é a importância de ter um hobby?

Essa é uma atividade que é praticada com constância e que, normalmente, envolve muita dedicação. Às vezes, ouvimos casos de pessoas que conseguiram transformar suas paixões em trabalho e que conseguem ter uma boa renda mensal por meio delas.

No entanto, não é incomum que atividades que envolvam habilidades artísticas sejam socialmente desvalorizadas. Até a licenciatura é vista dessa maneira. Aliás, é por isso que é tão comum vermos a música ou as artes cênicas apenas como algo secundário — mas que, nem por isso, seja praticado com menos paixão.

Ainda mais importante que o fato de ganhar dinheiro, o hobby permite exercitar competências e talentos que não costumam estar em sua função principal. Você pode ser administrador, por exemplo, mas se dedicar à prática do teatro nos horários livres.

Dessa maneira, o hobby pode ser visto como uma válvula de escape e que pode até lhe auxiliar a lidar com as pressões do trabalho e também de sua vida pessoal.

Quais são seus benefícios?

Além de trazer mais felicidade e enriquecer sua vida, podemos destacar as seguintes vantagens de se ter um hobby:

  • alívio do estresse: ajuda a esvaziar a mente e a clarear suas ideias, possibilitando que trabalhe mais sua criatividade;
  • aumento do seu círculo social: esportes coletivos ou aulas de teatro são ótimas maneiras de conhecer novas pessoas e fazer amizades;
  • prevenção da procrastinação: com um bom passatempo, é mais difícil perder seu tempo com atividades desnecessárias ou até estressantes;
  • aumento da autoconfiança: ao praticar algo com frequência, atingirá bons resultados e terá uma boa autoestima, conseguindo confiar mais em seu potencial.

Mas afinal, como escolher um hobby?

Descobrir seus anseios e paixões não é fácil e é algo que demanda tempo, paciência, dedicação e autoconhecimento. Conhecer a si é a chave para qualquer tipo de evolução, seja ela pessoal ou profissional.

E o ideal não é descobrir apenas uma única paixão, e sim abrir seu leque de opções ao descobrir diversos interesses. Para tanto, você pode se fazer as algumas perguntas.

  • O que eu poderia fazer pelo resto da vida?
  • Se eu pudesse combinar todos os meus talentos em uma única coisa, o que seria?
  • Sobre o que estou sempre falando e até “enchendo o saco” de outras pessoas?
  • Quais são meus livros e séries favoritas?
  • Quem são as pessoas que mais admiro?

Ao conseguir parar e se questionar sobre os pontos citados acima, será mais fácil ter uma ideia de qual atividade se encaixa melhor com a sua personalidade. Lembre-se que um hobby é algo que deverá trazer mais prazer e leveza para sua vida — do contrário, pode ter um efeito negativo e só lhe trará frustração.

Não tenha medo de testar algo que saia um pouco de sua zona de conforto, pois essa atitude só lhe ajudará a ampliar sua visão sobre o mundo em que vive e facilitar muito a resolução de conflitos que fazem parte de seu dia a dia.

Agora que você já sabe como escolher um hobby e qual a sua importância, aproveite para seguir nosso conteúdo também no Facebook!

Confira 5 dicas para ser feliz e viver bem com você mesmo

Confira 5 dicas para ser feliz e viver bem com você mesmo

Nos tempos atuais, a felicidade parece ser algo inatingível. Estamos tão absortos em nossos problemas que é difícil avistar a luz ao fim do túnel em meio ao caos do dia a dia. No entanto, com algumas dicas para ser feliz é possível deixar a rotina mais leve e prazerosa.

Pessoas que cultivam a alegria tendem a ser muito mais saudáveis e bem-sucedidas, afinal, possuem mais energia e disposição para realizar os afazeres com qualidade, além de terem uma visão mais otimista e facilidade em resolver problemas.

Mas, afinal, o que é ser feliz e como podemos alcançar esse sentimento? É sobre isso que vamos falar adiante. Confira e entenda!

O que é ser feliz?

A definição de felicidade é algo pessoal que pode mudar de acordo com as experiências e a sensibilidade de cada um. Normalmente, uma pessoa é definida como feliz caso ela experimente frequentes emoções positivas, como a alegria e o interesse por atividades.

Ela também está relacionada com os sentimentos de satisfação e apreciação pela vida, nos quais os indivíduos vivenciam a ansiedade pelo que está por vir e costumam fazer planos.

O que fazer para ser feliz?

A conquista da felicidade não vem com um manual, contudo, algumas dicas podem ser realmente valiosas para essa busca. Conheça algumas delas.

1. Aceite emoções negativas

De acordo com Tal Ben-Shahar, professor na Universidade de Harvard e especialista em psicologia positiva, o primeiro passo para alcançar a felicidade é se abrir para as emoções dolorosas, que fazem parte do dia a dia de todas as pessoas.

Embora possa parecer um tanto quanto paradoxal, o ato de nos permitir a tristeza faz com que fiquemos mais abertos às emoções positivas, além de nos ensinar a lidar melhor com os problemas enfrentados ao longo da vida.

2. Pense positivo

Isso pode parecer clichê, mas o pensamento positivo ainda é uma das chaves para a conquista da felicidade. Não é a situação em si, mas sim a forma como respondemos à esta. Agir frente as “situações problema” de forma mais leve e com foco na resolução torna a solução menos complicada. Diferentemente, de quem tem por hábito tornar a situação ainda mais pesada. Provavelmente, se complicará ainda mais.

Outra forma de exercitar o otimismo é se lembrar de agradecer com mais frequência. Fazer da gratidão um hábito é um dos meios de inserir a positividade no dia a dia. Tente ser grato por pequenas coisas e, se necessário, mantenha um diário para anotar os pontos positivos de cada dia.

3. Faça algo que você ame

Encontrar atividades prazerosas é imprescindível para aqueles que querem ser felizes. Tais práticas ajudam a liberar hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, além de serem capazes de expandir o círculo social e o número de experiências agregadoras de conhecimento.

Entre as boas opções de hobbies produtivos podemos citar a prática de aulas de teatro, extremamente enriquecedoras para qualquer indivíduo, e os cursos de idiomas ou instrumentos musicais. Essas atividades nos auxiliam a melhorar como seres humanos, estimulando o conhecimento por novas culturas e ampliando o desenvolvimento emocional.

4. Passe um tempo com pessoas queridas

Nós somos seres extremamente sociais e precisamos de contato com outras pessoas para nos sentirmos mais plenos. Relacionamentos de qualquer natureza — familiares, românticos ou de amizade — devem ser cultivados com carinho e muito zelo.

Reserve um tempo para aqueles que você ama. Agende reuniões, almoços e passeios e una o útil ao agradável. E lembre-se: a distância não é desculpa. Hoje em dia, com a tecnologia, é possível manter laços estreitos mesmo quando não estamos geograficamente próximos.

5. Não se cobre tanto

Você costuma se sentir extremamente consciente de si mesmo? Acredita que todos estão lhe olhando e julgando o tempo todo? Esses são sintomas clássicos de cobrança excessiva e, na maior parte das vezes, quem mais nos cobra somos nós mesmos.

É importante ter em mente que é impossível alcançar a perfeição e que expectativas surreais podem minar o seu desempenho em diversas áreas. Relaxe e dê o seu melhor!

Embora seja difícil mensurar a felicidade, seguir as dicas para ser feliz é um modo prático de perceber que se sentir bem consigo não é impossível. Comece a mudar seus hábitos e dê o primeiro passo em direção a uma vida mais completa!

E você? O que lhe faz feliz? Compartilhe suas dicas com a gente deixando um comentário!

Cinco dicas importantes para melhorar a concentração.

5 dicas importantes para melhorar a concentração

Como anda a sua concentração? De modo geral, você acredita que consegue realmente se focar em suas atividades, ou acha que perde muito tempo divagando? Esses são problemas relativamente comuns. Melhorar a concentração é extremamente necessário para que possamos render mais em nosso dia a dia.

Com a presença cada vez mais dominante da tecnologia em nossas vidas, somos constantemente estimulados a perder o foco com muita facilidade. Vários campos, como os estudos, o trabalho e até mesmo os relacionamentos pessoais, são prejudicados por esse problema.

Então, fique atento! A partir de agora citaremos ótimas dicas para melhorar a sua concentração de uma vez por todas. Boa leitura!

1. Pratique a meditação

Embora a meditação cause estranheza em muitas pessoas, a prática é extremamente eficiente na melhoria da concentração. Ela é utilizada por diversas filosofias e pode beneficiar pessoas que buscam autoconhecimento e foco.

Ela trabalha estimulando a região cerebral responsável pelo aprendizado e concentração, ajudando na focalização da expansão da consciência, deixando-a mais apta ao aprendizado e em sincronicidade.

Além de melhorar o foco, a meditação é comprovadamente eficaz contra problemas como o estresse e a insônia. Vale a pena tentar!

2. Afaste-se de distrações

Como mencionamos no início do texto, somos constantemente bombardeados por informações que vêm de diversas fontes. Nossos smartphones jamais deixam de vibrar e a televisão pode ser bastante tentadora nos momentos em que mais precisamos de atenção.

Por isso, um ótimo modo de render mais nos estudos e no trabalho é afastar-se de todas as distrações possíveis. Desligar o televisor e se manter longe do celular são sinais de um bom início.

Outra maneira de se concentrar é utilizar músicas instrumentais ou os chamados ruídos brancos, sinais que contam com várias frequências de uma mesma potência e auxiliam na manutenção do foco.

3. Organize o ambiente

Algumas pessoas alegam conseguir se concentrar em meio ao caos. No entanto, elas são a minoria, certo?

Ambientes extremamente bagunçados colaboram muito para a dispersão do foco. Além disso, eles dificultam a fluidez das atividades, já que é muito mais fácil não encontrar aquilo que você necessita no meio da bagunça. Assim, a vida tende a ficar mais travada.

Antes de iniciar uma atividade, organize o ambiente, deixando-o limpo e silencioso. Priorize a localização dos objetos que você utilizará, deixando tudo o que será necessário à mão.

4. Cuide da saúde

O descuido com o estado de nosso corpo é um dos principais vilões da boa concentração. Lembre-se do ditado: “mente são, corpo são!”.

Devemos pensar em nosso organismo como uma máquina, que necessita de certos cuidados para funcionar adequadamente. A manutenção é feita diariamente com hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada, hidratação e quantidade suficiente de sono.

É importante ficarmos muito atentos aos sinais dados pelo nosso corpo. Quando estamos extremamente cansados, o funcionamento correto do cérebro torna-se inviável. A procrastinação é, inclusive, um mecanismo de defesa cerebral contra a estafa.

5. Invista em atividades estimulantes

Algumas atividades, especialmente aquelas ligadas às artes, são capazes de auxiliar na melhora da concentração e do foco. Aulas de música, escrita, desenho ou artes cênicas podem, comprovadamente, ser benéficas para as pessoas mais dispersas.

O teatro é uma das melhores opções, sendo responsável pelo desenvolvimento de diversas habilidades. Além da concentração, essa arte milenar ajuda no fortalecimento da memória e melhora a organização pessoal.

Não é tão difícil melhorar a concentração, certo? Seguindo as dicas dadas no texto, investindo em uma atividade que estimule o cérebro e mudando alguns hábitos, o aperfeiçoamento do foco é garantido!

Conhece alguém que sofre com a procrastinação e dispersão da atenção? Compartilhe este artigo nas redes sociais para que mais pessoas leiam as nossas dicas!

Conheça hábitos saudáveis de vida que vão além da alimentação

Conheça hábitos saudáveis de vida que vão além da alimentação

Quando falamos sobre hábitos sadios, é comum que o nosso primeiro pensamento varie entre os cuidados com a alimentação e a prática regular de exercícios físicos. No entanto, outros hábitos saudáveis de vida podem ser decisivos para a manutenção geral da saúde.

No geral, o conceito vai muito além de um bom estado físico. O velho ditado já diz: ‘’mente sã, corpo são’’. A importância do bem-estar psicológico é fundamental para que todo o organismo funcione em perfeita harmonia e que estejamos sempre cheios de energia, obtendo ótimos resultados em nossas atividades cotidianas.

Quer conhecer alguns hábitos saudáveis que são capazes de mudar vidas e descobrir como a positividade e o desenvolvimento pessoal podem lhe ajudar a conseguir sucesso? Continue a leitura!

Como cuidar da mente pode ajudar na saúde do corpo?

Você é o tipo de pessoa que vê o copo meio vazio ou meio cheio? A resposta dada a esta pergunta pode dizer muito sobre como alguém vê o mundo e quais são as perspectivas utilizadas ao enfrentar os problemas da vida.

De certa forma, pode-se dizer que o estresse é um dos males mais prejudiciais à saúde das pessoas. Este inimigo invisível costuma passar batido pela maioria das pessoas, mas pode causar muitos estragos. Por isso, uma resposta e visão otimista sobre as situações que a vida nos trás, pode combatê-lo e fazer com que tomemos atitudes que refletirão em um corpo mais saudável.

Alguns dos benefícios trazidos pelo gerenciamento do estresse e pela visão otimista:

  • mais qualidade de vida;
  • maior expectativa de vida;
  • diminuição dos riscos de depressão, ansiedade e outros distúrbios psicológicos;
  • melhoras na imunidade;
  • redução dos níveis de colesterol;
  • menos problemas metabólicos;
  • redução do risco de obesidade;
  • mais saúde do sistema cardiovascular.

Quais hábitos saudáveis de vida podem ajudar a ser mais saudável?

Muitas vezes, pode ser complicado olhar as coisas pelo lado positivo. No entanto, saber lidar com o estresse é um dos principais modos de preveni-lo, e alguns hábitos podem nos ajudar nessa batalha.

Procure atividades enriquecedoras

Na correria do dia a dia, é comum nos esquecermos da importância de tirar um tempo para a diversão. Pode parecer perda de tempo, mas distrações frequentes são imprescindíveis para que os trabalhos sejam bem-feitos.

Então, que tal encontrar um hobby que não seja só divertido, mas também enriquecedor? Atividades como o teatro, por exemplo, são uma ótima maneira de aprender novas habilidades, exercitar a inteligência emocional e se divertir ao mesmo tempo.

Cuide do lazer

Ainda falando sobre o tempo para distração, matar o tempo fazendo atividades consideradas ‘’supérfluas’’ também é importante. Estafar o cérebro com responsabilidades não é uma boa ideia e pode causar uma queda nos rendimentos escolares e profissionais.

Tire um cochilo, brinque com os animais de estimação ou, simplesmente, não faça nada. É preciso relaxar um pouco! Não se culpe tanto por perder algumas horas nas redes sociais ou assistindo o futebol e a novela: você merece.

Organize seu tempo

A maioria de nós tem a tendência de não encontrar um equilíbrio entre o prazer e a responsabilidade, priorizando um ou outro e pecando pelo excesso. É aí que entra a procrastinação, um dos principais motivos para o surgimento do estresse.

Para fugir dessa armadilha e também evitar o cansaço devido ao trabalho excessivo, é preciso organizar o tempo de forma eficiente. Estabeleça uma rotina com horários e tente encaixar todas as suas atividades. Uma dica é usar e abusar da tecnologia para ajudá-lo nessa tarefa!

Cultive relacionamentos pessoais

Nenhum homem é uma ilha e, por isso, devemos reservar um tempo para a manutenção de nossos relacionamentos pessoais. Passar um tempo com aqueles que amamos para conversar, desabafar e rir são ótimas maneiras de desestressar.

Por isso, quando estabelecer suas metas e horários, não deixe de encaixar os familiares e amigos mais queridos em sua tabela!

Agora que você conhece bons hábitos saudáveis de vida, coloque-os em prática para manter a sua saúde em dia! Os benefícios disso serão vistos a longo prazo e refletirão em muito sucesso nos âmbitos profissionais e pessoais.

Você tem algum hábito infalível para manter o estresse bem longe? Conte para a gente nos comentários!